Minas mostra maturidade para chegar à semi



O quarto e último semifinalista da Superliga feminina é o Camponesa/Minas. Nesta noite, vitória do time de BH, em Uberlândia, sobre o Dentil/Praia Clube por 3 a 0, fechando o playoff em 2 a 1. Por vaga na final, terá pelo frente o Rexona-Ades, equipe com a melhor campanha da temporada.

Para voltar a se colocar no “G4” após três temporadas, o Minas mostrou a maturidade que faltou no segundo jogo, em casa. Hoje, o time muito bem dirigido por Marco Queiroga diminuiu a quantidade de erros e soube ganhar. Não sentiu a pressão da torcida adversária, jogou à frente do placar em grande parte do tempo e, em alguns raros momentos de instabilidade, rapidamente controlou os nervos para pôr em prática os pedidos táticos do treinador. Também contou com uma boa ajuda do Praia, este sim refém dos nervos, sem conseguir colocar em prática em quase todo o duelo o seu melhor jogo.

Jaqueline, mais uma vez, liderou o Minas na pontuação (15 acertos). Chamo a atenção também ao altíssimo aproveitamento do bloqueio do time visitante, tanto para pontuar quanto para permitir contra-ataques. Foram 14 pontos diretos, com participação equilibrada de todas as titulares: Carol Gattaz, Walewska e Naiane – 3 pontos; Jaqueline e Mari Paraíba – 2; Carla – 1.

O Minas talvez já tenho cumprido sua meta nesta temporada. Teve um começo preocupante (leve em consideração a tabela, que colocou todos os grandes contra as mineiras neste início), mas se recuperou a partir da entrada da ponta da Seleção. Chega com menos responsabilidade à semi e isso pode ser um ingrediente importante para fazer o playoff com o Rexona seja mais equilibrado.

Ao Praia é preciso refletir sobre os erros da temporada. Montou um time no papel para ir mais longe do que as quartas de final, mas que em poucos momentos empolgou. Certamente a gravidez inesperada de duas titulares pesou muito e deve ser levada em consideração neste balanço final.



MaisRecentes

Coluna: O Brasil queria receber os Pré-Olímpicos de vôlei. Mas…



Continue Lendo

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo