Mexicali, dia 5: Levanta do sofá e parte para Tijuana



A classificação do Brasil para a segunda fase do Mundial sub-21 me fará deixar Mexicali, a capital da Baixa Califórnia, logo mais, rumo ao destino das oito melhores seleções: Tijuana.

E não poderia ir embora antes de escrever sobre uma curiosidade desta etapa inicial do campeonato no México.

A sala da sua casa? Não. O ginásio em Mexicali (Daniel Bortoletto)

A sala da sua casa? Não. O ginásio em Mexicali (Daniel Bortoletto)

Eu nunca tinha visto na vida nada parecido em nenhum ginásio. Atrás de um dos bancos de reservas, uma área reservada, um pouco mais alta do que o piso da quadra, com um confortável sofá e uma mesinha de centro.

Admito que ri ao ver tal mobiliário. Que diabos isso está fazendo ali?

Bom, vou lá tentar me acomodar durante o jogo Itália x Eslovênia. Sento, percebo que ele é mesmo confortável, bem mais do que a cadeira à beira da quadra que a imprensa tem direito. E nem a visão é das melhores, já que praticamente um time inteiro fica à frente. Mas minha felicidade dura pouco. Um funcionário da organização, educadamente, diz que minha credencial não permite o acesso à área reservada para representantes da Federação Internacional.

Vejam como o sofá fica perto dos reservas (Daniel Bortoletto)

Vejam como o sofá fica perto dos reservas (Daniel Bortoletto)

Ah, sim. Agora entendi e sei quem manda ali. É quase uma sala de estar, que até pode se transformar em sala de reuniões para os organizadores.

Sendo muito justo, não existe nenhum outro luxo para quem senta ali. Nada para comer, nada para beber. Apenas um sofazão que faz você sentir saudade da sala da sua casa.

 



  • Billy

    Diferente e engraçado ao mesmo tempo Daniel..Boa estadia prá você.

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo