Mercado feminino em baixa mundo afora explica desempregadas



Muita gente me pergunta sobre o futuro de Fofão, Érika, Carol Albuquerque, somente para citar três jogadoras com passagem pela Seleção Brasileira.

Parte da resposta está no momento complicado do vôlei italiano. Apenas 10 equipes estão inscritas para a Primeira Divisão e um novo fenômeno acontece com o campeonato que já foi o melhor do planeta: a saída do país de grandes jogadoras com passagem pela Azzurra.

A lista aumenta a cada dia. A levantadora Lo Bianco, xodó da Itália, é o maior símbolo, após trocar o Bergamo pelo Galatasaray, da Turquia. A central Gioli e a ponta Del Core, que já tinham passagem pelo exterior, confirmaram que seguirão longe do Campeonato Italiano. Elas farão dupla no Fakel Novy Urengoy, da Rússia.

Para a temporada 2011/2012, a diminuição no número de times de ponta na Itália faz com que estrangeiras também deixem o país. A holandesa Flier trocou o Pesaro pelo Toray Arrows, do Japão, enquanto a americana Hodge vai para o Atom Sopot, da Polônia. A busca tem sido por atletas baratas e pouco conhecidas, que atuam nas universidades americanas. A lista só aumenta: Klineman, J.Faucette, Lloyd… 

Some-se a isso a diminuição no número máximo de estrangeiros no Campeonato Turco, um mercado que paga muito (quando paga) e tenha a resposta para o futuro do trio do primeiro parágrafo deste texto praticamente respondido. Só fica faltando um ingrediente nacional: não houve aumento na quantidade de times de ponta para absorver a mão-de-obra.



  • Rodrigo

    Corretíssimo!

  • Vitor

    Enquanto a CBV tiver atitudes como essa de proibir as jogadoras de representarem seus clubes em uma competição de nível internacional por causa de um torneio do nível do Panamericano, é perfeitamente compreensível que muitas empresas ainda não queiram investir no volei. A Unilever montou um timaço visando o Mundial de Clubes e a CBV agora vem com essa. Uma tremenda palhaçada! Isso porque mesmo de o Unilever chegasse na final daria tempo das jogadoras selecionáveis se apresentarem antes da fase mais decisiva, pois a final do Mundial seria antes mesma até do dia da abertura.

    É difícil imaginar que isso aconteça até pela rivalidade, mas o Sollys e o Volei Futuro também poderiam abrir mão de disputar. Fazendo assim com que a vaga tivesse que ficar com o Pinheiros. Aí sim o Brasil estaria bem representado para a CBV: sem jogadoras de nível de seleção.

  • Luciano

    Quero ver quem vai ter coragem de fazer uma reportagem de alto nível sobre os acontecimentos que estão ocorrendo no agenciamento de jogadores por empresas que estão se envolvendo com o voleibol, nomes de jogadores de seleção, CBV e FIVB estão em comentários. Admirar um trabalho vencedor e batalhador é o que nos resta como eternos torcedores, porém quando as cartas são colocadas à mesa e percebemos irregularidades de todas as partes é como jogar um balde de água frio nesses dias de inverno rigoroso..
    O que fazer?

  • Mauricio

    Coincidentemente, ou não, as três jogadoras citadas não fazem mais parte da seleção brasileira, ou seja, deixaram de participar da principal vitrine do vôlei brasileiro. Será que o marketing esportivo é tão condescendente assim? Afinal, qual seria uma dos requisitos para se pagar um bom salário a um atleta? Infelizmente, a Fofão, por mais genial que seja, fez a sua escolha e o mercado responde da sua maneira. Muito triste!

  • toni guimaraes

    ATÉ O MOMENTO EU NÃO ENTENDI A SITUAÇÃO DE NOSSA CAMPEÃ OLIMPICA CAROL ALBUQUERQUE ATUALMENTE UMA DAS MELHORES LEVANTADORAS DO BRASIL. A SITUA
    ÇÃO DELA COM OSASCO FUI RUIM PELO FATO DA MESMA NÃO PODER RESOLVER TUDO
    SOZINHA. ATLETAS DO NÍVEL DA THAISA QUE RECEBIA A BOLA PERFEITA OU LEVAVA BLO
    QUIO E A BOLA IA PARA FORA DEPOIS PEDIA DESCULPAS NA CARA DE PAU O QUE VALEU MAIS
    OU MENOS FOI O SAQUE O RESTO DELA FICOU A DESEJAR. NATÁLIA DE NITIDA IMPRESSÃO
    QUE JÁ ESTAVA COM O PÉ NO RIO, DEFERENTIMENTE DA ULTIMA SL.
    ENFIM QUE LEVOU A PIOR FOI CAROL E FEZ O QUE PODE.
    PORTANTO SE ALGUÉM PUDER ME INFORMAR A SITUAÇÃO DESSA ESPECIAL LEVANTADORA
    FICAREI GRATO.

MaisRecentes

Dentil/Praia Clube e Sesc abrem vantagem



Continue Lendo

Corinthians faz melhor jogo na Superliga



Continue Lendo

Coluna: A imprevisível Superliga feminina



Continue Lendo