McCutcheon deixa seleção dos EUA



Eu fiquei surpreso com a informação que está no título deste post.

Em um comunicado oficial, a Federação Americano de Vôlei, nesta terça-feira, confirmou a saída de Hugh McCutcheon do comando da seleção feminina, após o vice-campeonato olímpico em Londres.

O neo-zelandês é um baita técnico. Mostrou isso ao desbancar o Brasil no torneio olímpico masculino em Pequim e depois fez outro trabalho digno de elogios com o time feminino no ciclo olímpico londrino. Fora isso, tem uma história humana que merece um filme. Passar o que ele passou na China, há quatro anos, é para poucos,

Agora, o comando americano ficará com Karch Kiraly. O gênio das quadras e das praias, medalhista de ouro olimpíco nas duas modalidades, era assistente de McCutcheon desde 2009. Sabe tudo e um pouco mais de vôlei e terá um teste de fogo agora como treinador. Se repetir o sucesso da época de jogador, o Brasil terá problemas com os Estados Unidos no ciclo até o Rio-2016.



MaisRecentes

Dentil/Praia Clube confirma presença no Mundial



Continue Lendo

Seleções disputarão amistosos pelo país antes dos Mundiais



Continue Lendo

O adeus do genial genioso Ricardinho



Continue Lendo