Mauro Beting fala sobre futebol, mas…



O texto é de Mauro Beting e está publicado no blog no LANCE!NET.  O tema é futebol, mas cabe perfeitamente no cenário do vôlei. Vocês concordam com ele?

O dever jornalístico deveria estar acima da questão comercial do direito do nome.

Pelo que li, ouvi e vi em alguns meios de comunicação que sofrem para conseguir patrocinadores, o Palmeiras jogou duas vezes no domingo. Por mais que Alexandre Mattos tenha comprado 165.396 jogadores, ainda não é possível o mesmo clube atuar duas vezes ao mesmo tempo, em dois lugares distintos, com o mesmo elenco agora qualificado.

Mas foi isso, embora jamais possa ser: o Palmeiras venceu o Red Bull Brasil por 3 a 2, no Allianz Parque. Ao mesmo tempo em que o Palmeiras venceu o RB Brasil por 3 a 2, na Arena Palmeiras.

Red Bull e Allianz Seguros: parabéns pelos incentivos, investimentos e patrocínios em clubes e estádios.

Mas, da próxima vez, separem um pouco dessa dinheirama para investir em empresas de mídia. Essa é a real liberdade de empresa que dá asas à mídia e segurança aos departamentos comerciais dos veículos de comunicação.

Vergonha nossa não dizer o nome próprio das propriedades. Vergonha alienada que a mídia e quem trata de mídia nas diretorias das empresas de comunicação se submeta a outras fontes de dinheiro do mesmo modo que a ditaburra do Ibope desnorteia o conteúdo.

P.S.: Não tinha visto. Literalmente. Mas até o distintivo do clube chegou a ser modificado na televisão paga.

Cada vez mais paga.

Foram tiradas as letras do escudo. Não havia como ler, ver ou ouvir o nome Red Bull.



MaisRecentes

Vaivém: Site crava volta de Hooker ao Osasco



Continue Lendo

Brasil não toma conhecimento da Argentina



Continue Lendo

Termina a parceria campeã olímpica de Alison e Bruno Schmidt



Continue Lendo