Mari ao vivo



Pessoal, fiquem ligados no LANCENET! hoje. A entrevista coletiva da Mari vai ser transmitida ao vivo pela TV L!, a partir das 14h.

Estarei lá também. É só acessar o site e acompanhar.

Para quem não conseguir ver, vou atualizando as novidades de lá via Twitter. Quem tiver conta no microblog, basta me seguir @danbortoletto



  • Bia Ferraz

    A comoção que a Mari causa mesmo sem querer é incrível, tá todo mundo esperando ela fazer a Venturini e dizer quem o Zé realmente é? hahaha

    Senti mais o corte dela pela história que tem na seleção, porque pelo momento era de se esperar…

  • mari diva

    Daniel, acho q todos os amantes do volei esperam dessa entrevista algo mais proximo da verdade, da realidade que existe dentro da selecao brasileira. Espero que os jornalistas tentem dessa forma “arrancar” ao maximo da Mari nessa entrevista, inclusive dando nome aos bois.
    A propria acha seu corte injusto, e disse que “ta tudo errado la dentro”.
    Que essa entrevista seja o mais clara possivel, e que trate com seriedade alguns tabus, assim como a relacao entre as atletas e principalmente a comissao tecnica.
    Nesse horario estarei trabalhando, mas espero que vc desponibilize em algum meio, o video da coletiva na integra.
    obrigada.

    • mari diva

      e quando digo tabus, leia-se claramente a homossexualidade (2012 e isso ainda é tabu. socorro!), e como ela é encarada nesse grupo e pela comissao tecnica.

      • Sergio

        Aham, até parece que falarão sobre isso! Ah tá. Não viaja. Sério.
        Por mais que isso possa ter acontecido ngm vai falar sobre isso.

  • Jailson

    Obrigado pela info.
    Meu desejo é que a Mari mantenha a classe, pois ela é uma grande jogadora e não precisa se “queimar”no mundo do vôlei.

  • Londres 2012

    Daniel, bom dia, se puder posta a coletiva na integra para nos trabalhadores do Brasil, infelizmente não poderei assistir em tempo real. Grato, em tempo, adoro a suas matérias.

  • newton.carvalho1979@gmail.com

    Na boa, ZRG lhe deu todas as chances possíveis. Já faz um tempinho que ela vem jogando abaixo do que rendeu em Pequim. Brigou com o Bernardo, esgotou a paciência do Zé Roberto, enfim, acho que é hora da Marianne rever seus conceitos, colocar a cabeça no devido lugar e seguir a vida. A Mari que gostamos e aprendemos a admirar é aquela de 2008, ou seja, uma atleta incrível, excepcional! Esta versão que vem se apresentando faz dois anos é sofrível, triste. Espero que ela faça uma boa temporada na Turquia e consiga ao menos se aproximar daquela Mari que todos gostamos, porque volta a ser a Mari de Pequim é impossível, simplesmente o corpo já não permite mais tal façanha. Vida de atleta é assim mesmo

  • Felipe

    Daniel vou ta na escola por favor coloque o video da entrevista quero muito ver, se não conseguir, coloque em texto o que ela disse por favooor !

  • Jorge

    Aqueles que dizem que a Mari teve todas as chances, não tem a mínima noção do que está acontecendo.
    Em primeiro lugar talento é jóia rara tem e deve ser respeitado, o que não acontece.
    Em segundo lugar não teve chance nenhuma, as poucas vezes que entrava, normalmente quando a vaca ia pro brejo, tinha que resolver. Bastava cometer um erro o técnico a tirava, enquanto outra abusam dos erros e continuam jogando.
    Nas pedidas de tempo o técnico parecia que ia morde-la, e ela se segurava para não meter a mão nele.
    Os técnicos no Brasil acompanha a nossa cultura, ou seja, basta ter fama que se julgam estrelas e deixam de ser técnicos.

    • Mauricio

      Jorge, vc disse TUDO. Com a Mari, o Zé e a comissão sempre foram intolerantes. Ela não pode cometer 1 erro, ou não estar bem em algum fundamento, que já sai de quadra sem chances de se reabilitar. Com as outras, a Tolerância é infinitamente maior.

    • CMA

      ela fez uma péssima superliga e foi convocada, isso é uma chance, não consegue passar e Zé inventou de ela jogar de oposta, mais uma chance. vocês queriam que ela fosso só pelo histórico.

      Eu acho que ela deveria estar lá, mas é ridículo esse comportamento da torcida de achar que a Mari é vitima.

      • renata reis

        Acho que vc não assistiu a superliga. Se não me engano ela ganhou só esse ano 4 trofeus melhor do volei. VC queria o que? que ela ganhasse todos? E na seleção todas podem errar menos Mari. Bastava um erro para o Zé tira-la. Acho que vc também não assistiu BrasilxItalia no Grand Prix a semana retrasada. Brasil perdia de 24×19 quem entra e faz a virada com quatro pontos? MARI. Mas parece que esquecem disso. Só gostaria que o técnico mandasse a real. Afinal nós torcedores e amantes do volei, merecemos respeito. Já que ele não respeita uma atleta de ponta como a Mari.

    • newton.carvalho1979@gmail.com

      Pois é Jorge, talento é como jóia rara sim! Até aí concordamos. O problema é quando a jóia se converte “grande medalha” e passa a reluzir menos….

  • Marco Aurélio

    O que ela tem para dizer? Eu fico abismado com o fato de certos jogadores acharem que são maiores que a seleção. Estes esquecem que estão num time nacional para representar um país,190 milhões de habitantes.
    Foi cortada? Tchau. Obrigado pelos serviços prestados.

  • Sergio

    qual o link?

  • Paulo

    Têm vários canais, tem como mandar o link?

  • Sergio

    Daniel, to perdido aqui no site da TV L cara. sao 14:10 e to procurando por tudo pra assistir ao vivo e nao acho em lugar nenhum link algum, tu me da uma ajuda?
    a entrevista ficará disponível?
    obrigado

  • Josie

    Espero que a Mari seja madura o suficiente para não sair atirando,
    nem queimando etapas. O melhor que ela fará é ser tão elegante
    quanto foi a Ortolani – que ao comentar o corte não queimou
    pontes.
    Até porque a vída é cíclica. ela estando no melhor da forma pode
    estar nas Olimpíadas do Rio.

  • Gisele

    Não vi nada da entrevista!!!Cadê???

  • lucas

    acordem né galera!! o corte da Mari nada teve a ver com sua capacidade técnica atual… se fosse por isso, ela estaria em Londres sem sobra de dúvidas. Seu corte foi com certeza causado por algo muito maior la dentro.

  • Airton

    Me desculpe os que pensam o contrário, mas seleção brasileiro é consequência do trabalho que as jogadores fazem em seus clubes. A Mari não jogou nada na última superliga, e só foi convocada pelo seu histórico dentro da seleção. Se fosse outra jogadora, sequer mereceria uma convocação. Depois o dia a dia dela na seleção não é medido somente pelos jogos em que ela entrou mas também nos treinamentos. Jogou bem um set e jogou mal como todo o time nas outras partidas. Seja como oposta ou como ponteira, temos jogadoras que hoje estão jogando melhor do que ela, então o corte foi justo sim. Claro que ela vem agora na TV dizer que foi injusto, que não concorda com o JRG, mas o fato é que ela não está jogando o suficiente para ser convocada e representar o Brasil em uma Olimpíada. Sei que muitos irão dizer que quase o time todo não está jogando bem, só que o caso da Mari é que ela não vem jogando bem sequer no seu clube. Ficamos triste pela pessoa, mas o JRG está certo: tem de agir com a razão e não com a emoção. Muita gente fica “atirando” inventando problemas de relacionamento no grupo para justificar o corte. Foi cortado porque está mal. Só isso.

  • ju

    mari foi divina na entrevista

  • Airton

    Queria saber uma coisa: O Zé Roberto vai aguardar até a última hora para decidir sobre a Natália e tudo indica que quem está brigando pela vaga com ela é a Tandara. Então queria saber: se a Tandara estiver jogando muito e a Natália ficar boa, ele vai tirar a Tandara ou levar a Natália, que será uma incógnita? Se levar a Natália então estará sendo incoerente com a Mari, já que mesmo ela não tendo jogado o que esperávamos dela, ao menos jogou, e se cortar a Natália vai estar sendo incoerente com ele mesmo, em esperar a menina ficar boa para corta-la. Fora que a pressão que ele está colocando agora na Tandara é totalmente desnecessária. Acho que nessa hora está faltando atitude para ele e decidir logo o grupo. Ou corta a Tandara ou a Natália. E pronto.

MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo