Mais uma rodada de tirar o fôlego



Mais uma rodada repleta de jogaços e com vários resultados surpreendentes na Superliga masculina.

Em BH, o líder Sesi foi derrotado pelo Vivo/Minas por 3 a 2, parciais de 21-25, 25-19, 21-25, 25-21 e 17-15. Os dois times agora possuem a mesma campanha (sete vitórias e duas derrotas), mas os paulistas somam três pontos a mais (21 a 18) por terem vencido mais vezes por 3 a 0 ou 3 a 1.

Como já escrevi aqui recentemente, a campanha mineira é de se tirar o chapéu. Ontem, o oposto tcheco Filip Rejlek foi o destaque, ao anotar 28 pontos. Gringo muito bom de bola.

A declaração do técnico Marcelo Fronckowiak é um bom resumo da empolgação que toma conta de BH:

– Mais uma vez tivemos a prova de que essa equipe pode muito. Estamos jogando com o coração e a emoção, e os resultados estão aí.

Outro resultado que chama muito a atenção foi a vitória do Volta Redonda, em Florianópolis, por 3 a 0 sobre a Cimed/Sky. O time carioca é o penúltimo e só havia vencido uma partida até então. Já os catarinenses flertavam com a liderança e agora caíram para o quinto lugar. Por enquanto, é a maior zebra da competição.

A rodada teve ainda mais dois tie-breaks, que comprovam a tese do equilíbrio: Medley/Campinas 2 x 3 BMG/São Bernardo (25-18, 20-25, 21-25, 25-23 e 20-22) e BMG/Montes Claros 3 x 2 UFJF (15-25, 23-25, 25-20, 25-23 e 15-12).



MaisRecentes

Brasil perde segunda para os Estados Unidos



Continue Lendo

Lucarelli oficialmente fora do Mundial



Continue Lendo

Rússia fatura torneio preparatório para o Mundial



Continue Lendo