Mais um passo atrás na Superliga



Acabei de ler o xará Daniel Ottoni, repórter do jornal O Tempo, de Belo Horizonte, usando seu Twitter para confirmar uma suspeita que já vinha se desenhando.

A Superliga masculina não deverá mais ter a final em melhor de três jogos, como os clubes haviam definido e a CBV anunciado, semanas atrás.

Segundo a entidade explicou em nota aos clubes, a nova posição foi tomada por a Rede Globo, detentora dos direitos, não ter planejado sua grade com mais espaço para as finais.

Muito ruim tudo isso estar acontecendo isso dias antes de o campeonato começar. Entra time, sai time, regulamento é divulgado e agora mudado… Nada disso faz bem para o esporte. A impressão que o vôlei vem passando recentemente é das piores.

 

 



MaisRecentes

Dinheiro chinês desequilibra a VNL



Continue Lendo

Coluna: O nível europeu está altíssimo



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com a base



Continue Lendo