Mais um capítulo do “largado” olímpico



“O jogo entre Rexona-Sesc e Fluminense precisou ser adiado após a disputa do primeiro set. O confronto, válido pela Copa Brasil, foi paralisado quando o Rexona-Sesc vencia por 1 set a 0 (25-18). Devido a forte chuva que castigou o Rio de Janeiro, o ginásio não teve mais condições de jogo, mesmo com os responsáveis aguardando por mais de duas horas. O duelo foi remarcado para terça-feira (17.01), às 19h30, no mesmo local, e os ingressos adquiridos para a partida poderão ser reutilizados”.

Segue o release enviado pela assessoria de comunicação do Rexona nesta noite de segunda-feira. Mais uma vez a chuva interrompe um jogo de vôlei. Enquanto isso, o Maracanãzinho apodrece sem um dono, as arenas do Parque Olímpico seguem fechadas e a ex-HSBC Arena não fecha acordo com a CBV para receber jogos.

Resume bem a falta do tal legado olímpico no Rio de Janeiro, cinco meses após os Jogos. Triste, para dizer pouco.

 



MaisRecentes

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com as chuvas no Brasil



Continue Lendo