Lucão estreia com título na Itália



Primeiro jogo oficial, primeiro título.

Lucão estreou com a camisa do Modena, neste sábado, ajudando bastante na conquista da Supercopa da Itália.

O central brasileiro marcou 17 pontos na vitória sobre o Trentino por 3 sets a 2, parciais de 35-37,25-23, 25-23, 23-25 e 15-11.

Modena fez a festa em casa (Divulgação)

Modena fez a festa em casa (Divulgação)

Bruninho, o capitão do Modena, colaborou com seis pontos. O oposto Vettori, com 30, foi o grande nome da conquista, faturando inclusive o prêmio de MVP da Supercopa. Os pontas Ngapeth e Nikic colaboraram com 16 cada.

Delírio para a fanática torcida de Modena, que não via sua equipe conquistar o torneio desde 1997.

– Tivemos pouco tempo de treinamento, mas considero bom o nosso desempenho. Queríamos dar aos nossos fãs uma grande alegria. E conseguimos – comentou o levantador brasileiro.

Pelo Trentino, o oposto Djuric teve 29 acertos.

O jogo marca o início da temporada na Itália. Amanhã começa o campeonato nacional. O Modena estreará na terça-feira contra o Molfetta. Um dia depois o Trentino vai encarar o Monza.



  • Manu_Floripa

    Achei o Lucão super apagado no jogo. Teve dificuldade para colocar a bola no chão. O saque foi muito mal, chegou ao ponto de não sacar mai viagem. O outro central Piano jogou bem melhor que ele. Acho o Modena mais time que o trentino, contra si o Modena tem um sério problema de se desconcentrar, da a impressão que entram com o jogo ganho e jogam com muita displicência. Acho esse o desafio da comissão técnica.

    • Juliano Castro

      Achei o contrário. Lucas fez td diferença. Ele foi bloqueado algumas vezes, mas fez o q deveria fazer. Com Bruno e Lucas em quadra, Trentino ficou perdidinho no bloqueio. O central ñ tinha outra solução senão queimar c o Lucas. Para piorar, Bruno forçou algumas bolas d meio c passe C. Aí o Trentino desandou nos bloqueios. Qual a consequência disso? Vettori, q joga nada, foi o grande destque porque ficou no simples o jogo inteiro praticamente.

      Ele simplesmente liberou as pontas do Modena. Tanto é verdade q os tocos nas pontas, qdo aconteciam, eram quase tds no simples. Demérito dos ponteiros, é claro.

      Lucas mudou o jogo do Modena e ainda trouxe uma esperança ao Vettori.

      Olha q Trentino enfrentou diversas vezes o Modena e sabe do jogo do Bruno, mas msm assim ficaram perdidos por causa ñ só do Bruno, mas também pelo Lucas.

  • tiago

    Parabéns Bruninho,agora “só” faltam 3 italianos,2 supercopas,2 copas italia,3 champions league e 4 mundiais para igualar ao que o Rapha ganhou na itália,sendo o brasileiro maior vencedor na europa da história!

    • Aline Mari

      O Rapha ficou 10 anos na Italia…comparacao sem sentido kkkkk

      • tiago

        ficou 6 anos na italia,3 na russia e 1 na turquia,sendo q no trentino ficou 4 anos e gnahou tudo isso que mencionei aí em cima!Não fica triste nao!So faltou aui akela emanuela rossini pra cornetar junto com vc como vcs fazem sempre nas páginas de volei!

        • fernanda santos

          quero ver ele ganhar tudo isso no taubaté.

    • Juliano Castro

      KKKKKKKKKK Rapha realmente foi um monstro na Itália, e a gente q perdeu por ñ tê-lo utilizado na melhor fase dele.

      Mas era uma época em q o vôlei italiano conseguia se impor. Chegar no final 4 já tá difícil p os clubes italianos (da Champions). É a realidade, infelizmente.

MaisRecentes

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo