Londres, aí vamos nós!



Terminarão neste domingo os três torneios pré-olímpicos masculinos mundo afora.

Em Tóquio, no Japão, a Sérvia já carimbou o passaporte para Londres, com a campanha perfeita até aqui: seis vitórias, com apenas um set perdido.

As outras duas vagas serão disputadas por quatro seleções: Austrália (12 pontos), Irã, Japão e China (11). E o destino quis que a rodada final reunisse o quarteto, com dois confrontos diretos: China x Austrália e Japão x Irã.

Em Sófia, na Bulgária, a festa deverá ser mesmo dos donos da casa. Neste sábado, vitória por 3 a 1 sobre a França, o rival mais forte do quadrangular, parciais de 25-19, 26-28, 25-23 e 27-25. Na rodada final, resta bater o Egito e comemorar.

Já em Berlim, três times jogarão a última rodada com chances matemáticas. Alemanha (5 pontos), Cuba (4) e República Tcheca (3). Neste sábado, os alemães precisaram de cinco sets para vencer os caribenhos, com um 20 a 18 no quinto set.

Grozer marcou incríveis 35 pontos, sendo 25 no ataque, quatro no bloqueio e seis no saque. Leon, o fenômeno cubano, terminou com 19.

Na última rodada, Cuba certamente fará três pontos contra a Índia, subindo para sete. Assim, os tchecos estarão eliminados. Eles só jogarão contra a Alemanha com chances caso Cuba perca ou ganhe em cinco sets. Se isso acontecer, precisarão vencer os donos da casa por 3 a 0 e a decisão será nos critérios de desempate. Para a Alemanha, vitória por 3 a 0 ou 3 a 1 é vaga certa em Londres. Vencer no tie-break levará o time a sete pontos, número que Cuba pode alcançar.



MaisRecentes

Brasil larga bem na segunda fase do Mundial



Continue Lendo

Os prováveis participantes do Mundial masculino de clubes



Continue Lendo

Brasil “mapeia” os perigos para duelo com a Austrália



Continue Lendo