Léia fala sobre dispensa da Seleção e, pelo jeito, não voltará mais



Em nota oficial divulgada nesta quarta-feira pelo Minas Tênis Clube, a líbero Léia falou sobre o pedido de dispensa da Seleção Brasileira, feito ontem.

Na explicação, a jogadora do Camponesa/Minas citou questões familiares e deu a entender que seu ciclo com a camisa verde-amarelo está encerrado.

– Neste momento, preciso estar mais perto da minha família e eu não conseguiria estar totalmente focada na Seleção Brasileira. Vivi momentos incríveis com a camisa do Brasil e só tenho que agradecer ao Zé Roberto e à comissão técnica pelas oportunidades. Neste ciclo olímpico é hora de dar oportunidades para outras jogadoras. Enquanto estive na Seleção me dediquei ao máximo e sempre foi um orgulho muito grande defender meu país. Vou seguir acompanhando a jornada da Seleção e estou na torcida para que o grupo consiga excelentes resultados – disse Léia, que disputou a Rio-2016 e já renovou o contrato com o Camponesa/Minas para a temporada 2018/2019.

Léia em ação pela Seleção Brasileira em duelo contra a Rússia (FIVB Divulgação)

Vale lembrar que a líbero do Minas já havia pedido dispensa em 2017, alegando também questões particulares.

Sem Léia, José Roberto Guimarães convocou a bicampeã olímpica Jaqueline para assumir uma nova função na Seleção. Após o fim da Superliga, a líbero Suelen, do Dentil/Praia Clube, deve ser a outra jogadora convocada para a disputa da Liga das Nações, competição preparatória para o Campeonato Mundial do Japão.

LEIA TAMBÉM

+ A nova função de Jaqueline na Seleção Brasileira



MaisRecentes

Dentil/Praia Clube conquista a Supercopa. Mas tem muito a evoluir



Continue Lendo

Dirigente morre ao jogar torneio master em Saquarema



Continue Lendo

Coluna: Uma Superliga 100% transmitida



Continue Lendo