Léia fala sobre dispensa da Seleção e, pelo jeito, não voltará mais



Em nota oficial divulgada nesta quarta-feira pelo Minas Tênis Clube, a líbero Léia falou sobre o pedido de dispensa da Seleção Brasileira, feito ontem.

Na explicação, a jogadora do Camponesa/Minas citou questões familiares e deu a entender que seu ciclo com a camisa verde-amarelo está encerrado.

– Neste momento, preciso estar mais perto da minha família e eu não conseguiria estar totalmente focada na Seleção Brasileira. Vivi momentos incríveis com a camisa do Brasil e só tenho que agradecer ao Zé Roberto e à comissão técnica pelas oportunidades. Neste ciclo olímpico é hora de dar oportunidades para outras jogadoras. Enquanto estive na Seleção me dediquei ao máximo e sempre foi um orgulho muito grande defender meu país. Vou seguir acompanhando a jornada da Seleção e estou na torcida para que o grupo consiga excelentes resultados – disse Léia, que disputou a Rio-2016 e já renovou o contrato com o Camponesa/Minas para a temporada 2018/2019.

Léia em ação pela Seleção Brasileira em duelo contra a Rússia (FIVB Divulgação)

Vale lembrar que a líbero do Minas já havia pedido dispensa em 2017, alegando também questões particulares.

Sem Léia, José Roberto Guimarães convocou a bicampeã olímpica Jaqueline para assumir uma nova função na Seleção. Após o fim da Superliga, a líbero Suelen, do Dentil/Praia Clube, deve ser a outra jogadora convocada para a disputa da Liga das Nações, competição preparatória para o Campeonato Mundial do Japão.

LEIA TAMBÉM

+ A nova função de Jaqueline na Seleção Brasileira



MaisRecentes

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo

As duas formas de ver o novo Sesi



Continue Lendo