Lá vem o Vivo/Minas, quietinho, pelas beiradas…



É clichê usar um dos velhos ditados dos mineiros, mas ele explica muito bem a campanha do Vivo/Minas na Superliga Masculina.

Sem fazer alarde, sem estar na lista dos principais favoritos, mas fazendo uma campanha muito boa até a quinta rodada do returno.  Na quarta colocação, soma 30 pontos, com apenas quatro derrotas em 16 jogos, apenas uma a mais do que o líder RJX, por exemplo.

O trabalho do argentino Horacio Dileo merece aplausos. Ele chegou com a ingrata tarefa de substituir Marcelo Fronckowiak, que também surpreendeu na temporada passada e levou o time à semifinal da competição. Para piorar, o início de trabalho foi marcado pelas lesões do tcheco Filip e do argentino Quiroga, principal reforço minastenista no ano. Lucarelli assumiu a responsabilidade e lidera entre os maiores pontuadores. O central Mauricio ganhou espaço e tem se destacado no bloqueio. Foi assim no 3 a 0 de ontem sobre o São Bernardo.

Com dificuldades no início da Superliga, o Vivo/Minas foi se mantendo na metade da tabela e agora iniciou a arrancada. Já são oito vitórias consecutivas. Não fossem algumas delas decididas no tie-break, como sobre o Volta Redonda, em BH, e sobre o Super Imperatriz, em Floripa, os mineiros poderiam estar mais próximos do Sesi (35 pontos), terceiro colocado.

O próximo confronto, inclusive, será contra o Sesi, no domingo, às 12h30, em São Paulo. Na sequência, clássico contra o Sada/Cruzeiro, em Contagem, e encontro com o atual líder, o RJX, na Arena Vivo. Belos testes para um time que pode sonhar mais alto caso mantenha a atual fase positiva nesta sequência contra os três melhores da competição.



  • Neide

    O VIVOMINAS tem realmente um timaço, equlíbrio certo entre experiência e juventude, não foi muito bem no início da competição devido a problemas de contusão, mas depois que começou a jogar com time completo, tem muitas condições de disputar uma final de Superliga.
    Pela ala jovem destacam-se:
    1. Lukinha: excelente líbero, o melhor da nova geração, atua com a segurança de um veterano e dá tranqulidade para o Marcelinho trabalhar, tem atitude, técnica e garra suficientes para substituir o Serginho na seleção;
    2. Lucarelli: maior pontuador da Superliga, executa todos os fundamentos com excelência e inteligência, substituto do Giba na seleção;
    3. Maurício Souza: excelente tempo de bloqueio está entrosadíssimo com o Marcelinho pelo meio-de-rede;
    4. Lucas Loh: excelente ponteiro reserva, atuava como titular enquanto Quiroga se recuperava, sempre que entra contribui muito para o time;

    Pelos veteranos:
    1. Marcelinho: como vinho a idade lhe fez bem, mais experiência, mais tranquilidade e eficência, está fazendo um de seus melhores campeonatos nessa superliga;
    2. Henrique Randow: outra que traz para dentro de quadro muita bagagem e categoria no meio-de-rede.

    Pelos estrangeiros: Quiroga e Filip tem características distintas, o argentino é muito técnico, dá muito volume de jogo e consistência ao time, enquanto o checo é um matador nato. Depois que voltaram ao time, o VIVO MINAS que estava jogando com os novatos, ganhou muito em experiência.

  • Dacio

    A série de contusões graves atrapalharam muito o Minas. eles tem time pra estar brigando lá em cima desde o começo da liga. Mas com o elenco reduzido e sem tantas peças de reposição, isso atrapalhou muito. Mas mesmo assim o minas foi competente em se segurar na tabela e começar o crescimento imediato com o seu time titular voltando. E ainda tem muito a melhorar, Quiroga ainda sente o ritmo de jogo e falta de entrosamento, ainda não rende o seu melhor naquilo que foi contratado, que é um fundo de quadra. Se sem passe perfeito, Marcelinho anda fazendo a festa com os centrais, tem muito a crescer com o passe em evolução.

    Vale destacar a contínua evolução de Lucarelli, cada vez mais maduro, evoluindo no block e saque que nunca foram seus pontos fortes. É realmente um jogador especial e que ainda vai dar muitas alegrias ao Brasil.
    Outro destaque é Mauricio, ganhou a posição por uma contusão de Otavio (que vinha muito bem no campeonato) e não sai mais do time. Um verdadeiro paredão e se tornou bola de segurança de Marcelinho. Uma grata surpresa.

    Filip que está diretamente ligado a evolução do time. Oposto classico, mas inteligente e que voltou com fome de bola depois de tanto tempo parado. E tenho certeza que ainda tem muito crescer ate a proxima fase.

    E Marcelinho que novamente nessa temporada é o grande responsável por fazer esse time jogar. Com liderança, alegria, dá o tom da equipe. Marcelinho está para mim na melhor fase de seu volei. Ele sempre foi muito inteligente, mas essa rapidez e velocidade que está imprimindo, eu nunca vi. Realmente está em ótima fase.

    A briga do Vivo/Minas é com Campinas e Canoas e acho que vai ser uma disputa espetacular ate o fim do returno entre essas 3 equipes. Mas é muito bom acompanhar esse crescimento nítido do Minas, é notável jogo após jogo. Parabéns a toda comissão e jogadores pelo empenho de correr atrás.

  • Luiz

    Minas não passa da semi novamente, gente. E o pior de tudo é que este ano o Lucareli não está lá estas coisas. O título fica entre o Sesi, o Cruzeiro e RJX (este com uma larga ajuda dos árbitros).

    • Helena

      Nossa vc está passando bem querida? Por acaso vc está falando do mesmo Lucarelli que é o maior pontuador isolado da Superliga???

    • antonio

      não está lá essas coisas? desculpa amigo, mas vc COM TODA CERTEZA não está acompanhando os jogos do minas. Não só está lá essas coisas, como evoluiu muito. Basta acompanhar os jogos pra saber.

      Maior pontuador do campeonato, segundo melhor atacante e ainda entre os dez maiores sacadores. Se achar um ponteiro que esteja se destacando tanto assim, nos avise.

      • Geraldo m

        Gostei do que vc disse Antonio..

    • Luiz

      Fazer pontos contra times capengas é fácil. Contra o Sesi, RJX, Cruzeiro, ele tremeu bonito, passou vergonha no passe. É contra estes times que vale. Estes são aqueles que podem tirar o campeonato do Minas. Simples assim.

      • antonio

        Nao passou vergonha coisa nenhuma contra rjx e sesi. contra o sada foi o primeiro jogo do campeonato, ele inclusive fazendo primeiro jogo depois de um tempo parado de contusão. desde então só cresceu no campeonato. outra coisa que deve levar em contar, claro se a pessoa tiver a boa vontade de analisar o que nunca parece ser o seu caso em relação a qualquer assunto, é que até há poucas rodadas atrás o minas estava jogando sem especialista de passe, a dupla de passe era lucarelli e loh, dois garotos que ate ano passado formavam a dupla da seleção brasileira JUVENIL. por mais que seja um ótimo jogador, é novo e nenhum especialista de passe, lucarelli realmente não dá conta e nem é o cara que vai carregar o passe de um time.

        No mais, o campeonato é feito de diversos jogos, contra todos os times. é assim que se cresce como atleta, encarando jogo a jogo. nao é pq ele foi mal num jogo tal, que ele nao presta. é assim que se queima um jogador, analisando tão superficialmente assim.
        alias, lucarelli teve uma apresentação de gala contra o campinas na vitoria do minas e foi o responsavel na virada do tie do minas no jogo contra o canoas. contra esses times nao é válido tb? visão muito torta essa. jogador que se destaca, se destaca no geral, na continuidade e na regularidade. e falar que ele não está lá essas coisas esse ano é sim uma loucura.

      • Bil

        Creio que a vitória do Minas sobre o SESI encerra este questionamento, sim ou não ?

    • Direto da Lan House,Leblon,RJ.

      O fato é que pela primeira vez na história da Superliga um jogador juvenil figura como maior pontuador do torneio. Pela idade dele, Lucarelli está sendo muito mais eficiente q muitos ponteiros veteranos! Cuidado q inveja mata!

      • teresa

        exatamente! um menino que sai do juvenil já vai direto pro adulto e há duas superligas deixa ponteiros veteranos no bolso é digno apenas de elogios. não que nao se deva criticar, apenas não vejo motivos para críticas infundadas nesse caso. menino de cabeça boa, trabalhador, que evolui a cada jogo. novo, com bons fundamentos e cabeça fria pra decidir momentos importantes dos jogos, isso é bastante raro. não é um jogador pronto, tem muita caminhada pela frente, mas que trilha o caminho certo, isso não há dúvidas.
        sumir ou nao ir bem em alguns jogos, isso faz parte e vejo vários grandes jogadores passando por isso a superliga inteira. lucarelli vem como seu time, crescendo a cada jogo.

        e ponteiro maior pontuador do campeonato, ainda mais sobrecarregado no passe como lucarelli vem sendo nessa liga, isso não é pra qualquer um.

    • Geraldo m

      Muito engraçado vc Luiz, é só vc olhar as estatísticas e prestar bem atenção em quem é o maior pontuador da Liga, e ainda é o 2º no ataque, figura também entre os melhores no saque.. E ai o que vc me diz?

      • Luiz

        Continua capenga contra Sisi, Cruzeiro e RJX. Treme na base legal. Então, minha opinião continua a mesma.

        • andré L.

          uma coisa é tremer, outra é ser extremamente marcado num time que so tinha ele no ataque.

          • teresa

            isso. mas brasileiro ama uma expressao como “tremer” e “amarelar” e nao enxerga mais nada alem disso. mas fato é que lucarelli tá provando é em quadra e ajudando o minas

  • lucas kazan

    ate que em fim o morto minas ressucitou.

    • Geraldo m

      Lukas com tantas contusões no começo da Liga o Minas não ressucitou, e sim se superou de todas as dificuldades.. Parabéns para toda equipe..

      • lucas kazan

        bla bla bla kkkkkkkkkkkk.

  • Direto da Lan House,Leblon,RJ.

    Minha seleção da Superliga até agora seria:
    Feminina
    Levantadora: Fofão, UNILEVER e Juliana Carrijo, PRAIA;
    Opostos: Sheila Castro, SOLLYS e Monique Pavão, PRAIA;
    Líbero: Fabi, UNILEVER;
    Ponteiras: Tandara Caixeta, SESI ,Fernanda Garay, SOLLYS; Gabi Guimarães, UNILEVER e Michele Pavão, PRAIA;
    Meios-de-rede: Fabiana Claudino, SESI; Bia, SESI e Juciely, UNILEVER.
    Masculina:
    Levantador: Bruno Resende, RJX e William Arjona, Cruzeiro;
    Opostos: Rodrigo Pinto(RIVALDO),Medley e Wallace Souza, Cruzeiro;
    Líbero: Lukinha, VIVOMINAS;
    Ponteiros: Ricardo Lucarelli, VIVOMINAS; Murilo Endres, SESI, Diogo Silva,MEDLEY e Filipi Ferraz, Cruzeiro;
    Meios-de-rede: Lucão, RJX; Maurício Souza, VIVOMINAS e Giovanni Chagas, VOLTA REDONDA.

  • ana maria

    Interessante esse nível de comentários ofensivos ao trabalho sério que os atletas fazem. Sou apixonada pelo MInas sempre. Tem defeitos, tem. Mas a cada ano tem que recomeçar o trabalho e o faz lindamente. Sempre falo que é preciso conquistar e manter um elenco base, que troque pouco para dar continuidade e não é isso que vem acontecendo nos últimos anos, salvo um ou outro atleta. Então fica difícil mas como no ano passado esse ano a equipe – atletas e comissão técnica – está de parabéns. É lindo ver o crescimento do jovem Lucas Loh, do central Maurício. meninos sigam em frente que estamos aqui sempre na torcida.

    • teresa

      esse ano o minas manteve a base, fez o certo. mas não contava com a saída do marcelo e a série de contusões que acabou atrapalhando o trabalho e não deixando aproveitar a base montada. infelizmente perdeu-se um tempo grande com isso. mas se tiram coisas boas disso. horacio dileo é uma grata surpresa no comando do minas. quem acompanha de perto percebe que é um trabalhador, que tem o grupo nas mãos e que sabe comandar o time, dando informações e apontando caminhos durante os jogos.

      em meio as contusões, lucas loh tb foi uma grata surpresa. veio do sada onde nao tinha chance nem na reserva, por motivos óbvios, isso nao é uma crítica, e segurou muito bem a onda. olho nele, pode ser sim um ponteiro de futuro. uma pena sua contusão que deve o tirar da superliga esse ano.

      acredito que o elenco do minas seja ali pra pra realmente brigar pelo quarto lugar. mas o trabalho vem sendo bem feito e quem sabe possam sonhar ir mais longe. a superliga masculina sempre nos reserva surpresas. olho em minas, campinas e canoas.

    • ana maria

      corrigindo – apaixonada

  • Pingback: Sesi 0 x 3 Vivo/Minas: Comentem! | Saque - um blog de vôlei()

    • Geraldo m

      Pois é ! E ai Luiz, o que vc tem a dizer?

MaisRecentes

Vaivém: Jaqueline no Hinode/Barueri



Continue Lendo

Cai o primeiro técnico após UMA rodada da Superliga



Continue Lendo

Luizomar e Rizola não conseguem vaga no Mundial



Continue Lendo