Ju Costa diz não ao Azerbaijão



A assessoria do Sollys/Nestlé confirmou nesta quinta-feira que a ponta Ju Costa não vai se transferir para o Azerbaijão.

A jogadora abriu mão do aumento salarial que teria para seguir na disputa da Superliga pelo time de Osasco.

– É um momento difícil para qualquer atleta que recebe uma proposta durante o campeonato. Uma Superliga onde estamos conquistando nosso espaço, procurando as primeiras posições na tabela para chegar à reta final. Claro, que a pessoa balança, mas pelo fato financeiramente apenas. Só que vou respeitar meu contrato com o Sollys/Nestlé até o final – disse Ju Costa.

Também pesou na decisão a possibilidade de ficar longe do namorado Willian Reffatti, que atua no BMG/Montes Claros, e da filha.



  • Diogo Márcio

    Caso ela fosse, Luizomar ia trazer a Papini de volta? #Oremos. Muito amor ao grupo e um aumentinho básico no sálario!

  • Ana

    Certa ela. Se ainda fosse Itália… Azerbaijão só tem uma equipe decente, e que NÃO tem lugar para ela.

    • Rafael B.

      Leio o q vc escreve e imagino uma pessoa que JÁ levou muitos NÃOS nesta vida!!!

    • Felipph

      Um ÚNICO time decente?
      Pode ser até uma liga mais fraca que a brasileira, mas é uma das que mais cresce no mundo. E mesmo assim é uma liga onde um time que não faz parte da nata do campeonato tem condições de pagar melhor uma jogadora do que um dos times mais importantes do nosso país.

      Aliás, o campeonato italiano está geral em baixa, olha só a situação de vários times que se despediram da liga… Não vai ser surpresa se estourar mais um escândalo de que jogadoras não são pagas há meses…

  • Simone Gomes

    Achei muito bacana a atitude dela.
    Ju Costa, vc é o máximo e não vai se arrepender de ter ficado no Brasil!

  • Graca

    Adoro a JU COSTA e depois dessa a admiro mais ainda… A proposta era MUITO TENTADORA, JU COSTA nao pensou so’ no dinheiro, colocou a FAMILIA em primeiro lugar, as pessoas nao sao maquinas, deixar a filha pequena e o namorado para tras pesou bastante na decisao, com certeza.
    o AZERBAIJAO hoje esta pagando um dos melhores salarios da EUROPA e atraindo estrelas de todos os cantos do mundo, e nao e’ so’ o RABITA BAKU que e’ estrelado, outras equipes da liga AZERI se reforcaram bastante… O investimento ja’ surtiu efeito, o RABITA BAKU e’ o BARCELONA do VOLEI FEMININO: faturou o CAMPEONATO MUNDIAL inclusive com vitoria sobre o time da JU COSTA, o SOLYS(bronze), e fechou o ano conquistando o titulo do TOP VOLLEY com vitoria tambem sobre o UNILEVER(bronze). O SUPER-TIME do RABITA BAKU venceu os 2 ultimos finalistas da SUPERLIGA: UNILEVER e SOLYS, deixando as equipes brasileiras com o BRASIL em duas competicoes internacionais com as melhores equipes do VOLEIBOL FEMININO da atualidade.
    Realmente e’ triste ver um time tao tradicional como o PINHEIROS com um investimento tao baixo… Mas acho que o WAGAO e sua teimosia e implicancia tbem contribuem muito para a mal desempenho do PINHEIROS, como ele pode deixar a MELHOR JOGADORA do time de fora por PIRRACA? CAMILA ADAO e’ uma jogadora TALENTOSA,INTELIGENTE,CRIATIVA e principalmente OUSADA, WAGAO castra a criatividade e a ousadia da CAMILA querendo cantar as jogadas do banco, fica querendo ROBOTIZAR a garota, nao se comanda uma levantadora como a CAMILA com controle remoto, ela tem muita personalidade e nao aceita isso… Quem perde com isso e’ a quipe do PINHEIROS. Num jogo que era para ser o mais equilibrado, o VOLEI FUTURO passou o ROLO COMPRESSOR sobre o ate entao INVICTO USIMINAS, contribuiu muito o fato de ANA CRISTINA ser a titular, o RITMO que ANA impos ao jogo do VOLEI FUTURO nao deu chance nenhuma de USIMINAS respirar e tentar se recuperar. PAULA tambem esteve impecavel, com sua lideranca habitual e com bom desempenho em todos os fundamentos PAULA faturou o MVP da sexta rodada.
    É realmente impressionante o que a dupla VENTURINI -JUCIELY está fazendo: o entrosamento está tão bom que JUCIELY se tornou a atacante mais eficiente do UNILEVER. Ver VENTURINI atuar é a mesma coisa que admirar uma OBRA DE ARTE… A classe, a leveza, a itneligência e a velocidade de raciocínio de VENTURINI faz de suas partidas um verdadeiro espetáculo. Na verdade VENTURINI não é simplesmente um jogadora, ela é uma ARTISTA DO ESPORTE. Difícil imaginar FERNANDA VENTURINI fora das OLIMPIADAS. Jogando como está ela faz o volei parecer mais fácil do que realmente é.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo