Interesse por ingressos para a Rio-2016



Terminará amanhã o prazo para solicitação de ingressos para os Jogos Olímpicos de 2016. O site para quem tiver interesse em tentar garantir um bilhete: www.rio2016.com/ingressos

O vôlei segue como o esporte mais procurado pelo público, seguido por futebol, natação, basquete e atletismo. O vôlei de praia é o sétimo.

A partir dos dados divulgados pelo Comitê Rio-2016, levantei algumas curiosidades para vocês:

– Nos estados do Sul e Sudeste, apenas em Minas Gerais o vôlei não é o esporte mais procurado, perdendo para o futebol. E admito que, após morar quatro anos em BH, me surpreendo com o segundo lugar do vôlei entre os mineiros.

– No Centro-Oeste, empate entre vôlei e futebol. Distrito Federal e Goiás tiveram mais procura por ingressos de futebol, enquanto Mato Grosso e Mato Grosso do Sul buscaram mais bilhetes para o vôlei.

– Na Região Norte, vôlei 5 (Acre, Amapá, Pará, Rondônia e Tocantins) x 2 futebol (Amazonas e Roraima)

– No Nordeste, o vôlei perdeu para o futebol na Bahia e Sergipe.



  • Rafa

    Daniel, permita-me comentar. Sou de Bh e fanatico por volei. Mas o interessente vem dimimuindo, porque o Minas é o principal termometro de volei da cidade. Com a diminuição de investimento de volei por parte do Minas, o interesse vem caindo. A torcida do Cruuzeiro e a torcida do futebol. A torcidade que entende realmente de volei e a do Minas e esta esta já cansada de tantos anos de jejum de titulos. Quem lhe escreve é uma pessoa que acompanha volei sobretudo o do Minas de 1992

    • “Doidinha por vôlei”

      Assino embaixo tudo o que você disse Rafa. E assim como aqui em Minas, o interesse pelo vôlei está caindo no mundo todo. Caiu também a nível de Brasil e a nível internacional. O fenômeno vôlei em Olimpíadas dá-se 1º porque o futebol é disputado por jogadores sub 23 e o basquete tem o ouro principalmente no feminino ganho antecipadamente pelos USA. Agora e num Mundial qual o interesse se nos últimos, o feminino da Itália só tinha público quando esta jogava, do contrário, os ginásios ficavam completamente vazios e no masculino da Polônia, igual só quando jogavam os poloneses que enchia. Tivemos inclusive o famoso jogo entre Brasil e Rússia com um público bastante pequeno para a dimensão das equipes. É só pegar o vídeo deste jogo para constatar a VERDADE dos meus comentários. Vejam o público nos ginásios do vôlei: em Los Angeles 84 (8 e 3 mil pessoas), em Seul 88 (!2.000 lugares), em Barcelona 92 (6.500 e ridículos 1.500 lugares), em Atlanta 96 (6.000 lugares “foi demolido depois da Olimpíada” e 1.800 lugares), em Sydney 2000 (4.500 e 600 lugares, num GINÁSIO DE UMA FACULDADE, COM ARQUIBANCADA DE MADEIRA), em Atenas 2004 (14.000 lugares – não ficou lotado nem nas finais do vôlei), em Pequim 2008 (12.000 e 3.000) e em Londres 2012 (7.000 mil espectadores, também demolido após os Jogos). Maracanãzinho (capacidade atual de público = 11.800). Coloquem o futebol sem limite de idade nos Jogos Olímpicos e verão o público. Só para ilustrar. Caso o Brasil jogue a final da Rio 2016 no futebol, o público será de 79.000 pessoas ou mais. Caso o Brasil não jogue as finais do vôlei o Maracanãzinho terá “claros e mais claros” em suas cadeiras). E que fique claro: ninguém gosta mais de vôlei do que eu, certo? Mas esta é a pura realidade, o resto é puro marketing de alguns que nem de vôlei gostam e sim do DINHEIRO que ele põe em seus bolsos.

      • Marcelo

        Os ingressos são comprados as cegas, será que terá brasileiro jogando dinheiro fora dessa forma caso o país esteja fora da final? Duvido.

        • jose herbert arujo

          Tem nada a ver Doidinha. Exagerado e sem noção seu comentário. O vôlei está ganhando pq o povo agora está gostando tbm de vôlei, não importa se é em Minas, Acre ou Paraná, oras. Que mal há nisso? Devíamos é ficar felizes e não ficar fazendo contas de quem tá ganhando aqui ou acolá, pois tudo é Brasil. Poderia ser o basquete, o handebol. E daí? é o vôlei. Pelas conquistas que este esporte conseguiu, os títulos e alegrias que deu ao Brasil e ao povo brasileiro, já era mais que merecido a preferência do povo. O futebol é e sempre será o esporte nacional, pronto. Então viva, nós brasileiros ganhamos afinal outro esporte poderoso e com prestígio a nível internacional que nos orgulha e que podemos torcer pois sabemos que temos chances reais de sermos campeões. Será que todos essas conquistas nos últimos anos das duas seleções brasileiras de vôlei não serviram prá nada? claro que serviram. O povo reconheceu e agora gosta de volei tbm, e confia ue virá medalhas. Se não vier a medalha, que é que tem, ganha-se e perde-se. Mania que brasileiro tem de menosprezar um em detrimento do outro. Isso é baixa auto-estima que está enraigada em nosso povo. Incrível. Viva o volei, viva o futebol, o basquete, han debol, etc.

          • “Doidinha por vôlei”

            Se você não sabe ler ou não consegue entender todo o meu comentário só posso lamentar por isto, meu caro José Herbert Arujo (?). Em 1º lugar está bem claro em meu comentário: NINGUÉM GOSTA MAIS DE VÔLEI QUE EU (leia atentamente o meu comentário caro Hubert e verás que escrevi isto claramente). Depois eu não falo nada contra o vôlei e qualquer outro esporte brasileiro. Amo de paixão todos eles e cidadania é comigo mesma não tenho complexo de “vira latas” como muitos têm neste país. Agora o meu texto é acima de qualquer coisa INTELIGENTE, sem falsa modéstia, e assim como todos os comentários que aqui escrevo são verdadeiros e no caso do post do DANIEL sobre “interesse por ingressos da Rio 2016”, eu fiz apenas uma mostragem em cima do que o Rafa escreveu acima de mim. Que INFELIZMENTE (viu Hubert, eu disse INFELIZMENTE hein!), o INTERESSE pelo vôlei aqui em BH vem caindo SIM e muito. Depois que o Minas parou de investir e consequentemente amarga um jejum muito grande de títulos. Concluí fazendo uma abordagem, que o vôlei VERIDICAMENTE é um esporte de grande alcance de público somente em OLIMPÍADAS. E mesmo assim, veja quadro estatístico verdadeiro, de público em Jogos Olímpicos, é muito pequeno, talvez pelos ginásios serem construídos com pouco capacidade de público. E eu também sou fanática como você pelo vôlei e pelos esportes brasileiros de forma geral. Agora não sou alienada e vejo as as coisas que acontecem no nosso país seja no esporte ou em qualquer outra atividade do nosso cotidiano, de forma clara e sempre com o canal critíco aberto a discussões amplas, o que quer dizer caro Hubert, que não sou uma imbeciloide. O vôlei caiu sim em interesse aqui em BH. É só é fenômeno de público em Jogos Olímpicos, PONTO! Mesmo assim com esta quantidade de público que escrevi aí acima e na Wikipedia também.

  • Bernardo

    Isso demonstra que se a CBV fosse o mínimo organizada poderia ter uma superliga estilo NBA, pq o brasileiro é apaixonado por vôlei, mas quem tá no poder não entende nada do esporte.

    • icaro

      Concordo com vc, a SL tem potencial para ser a melhor do mundo, mas…temos a cbv.

      O volei sendo o mais procurado demonstra o amor do brasileiro pelo esporte, isso e um orgulho para nós fans do volei!

    • “Doidinha por vôlei”

      Caro Bernardo. Para termos uma Liga estilo NBA, em primeiríssimo lugar teríamos que ter os ginásios CONFORTÁVEIS PARA O PÚBLICO, que os USA possuem de montão. Sem isso não dá nem para começar. E sabe quando os “interesseiros pela grana” vão ter ginásios assim no Brasil? NUNCA! A imensa roubalheira não deixa.

  • jose herbert arujo

    O vôlei está ganhando pq o povo agora está gostando tbm de vôlei, não importa se é em Minas, Acre ou Paraná, oras. Que mal há nisso? Devíamos é ficar felizes e não ficar fazendo contas de quem tá ganhando aqui ou acolá, pois tudo é Brasil. Poderia ser o basquete, o handebol. E daí? é o vôlei. Pelas conquistas que este esporte conseguiu, os títulos e alegrias que deu ao Brasil e ao povo brasileiro, já era mais que merecido a preferência do povo. O futebol é e sempre será o esporte nacional, pronto. Então viva, nós brasileiros ganhamos afinal outro esporte poderoso e com prestígio a nível internacional que nos orgulha e que podemos torcer pois sabemos que temos chances reais de sermos campeões. Será que todos essas conquistas nos últimos anos das duas seleções brasileiras de vôlei não serviram prá nada? claro que serviram. O povo reconheceu e agora gosta de volei tbm, e confia ue virá medalhas. Se não vier a medalha, que é que tem, ganha-se e perde-se. Mania que brasileiro tem de menosprezar um em detrimento do outro. Isso é baixa auto-estima que está enraigada em nosso povo. Incrível. Viva o volei, viva o futebol, o basquete, han debol, etc.

    • “Doidinha por vôlei”

      Viva o vôlei sim Hubert. Mas viva também um vôlei com ginásio decentes para nós espectadores e veja que eu tenho talvez o único ginásio decente de clubes no Brasil, aqui em BH, o ginásio do Minas. Amplo, confortável, com cadeiras individuais e com ar refrigerado (além do Maracanãzinho, (quando funciona – a SASSÁ quase morre. Lembra-se? Só o Minas possui). E você Hubert quando assistie o jogo no ginásio, como é este ginásio em sua cidade? Desculpe mas com certeza, se tiver assentos individuais, não tem refrigeração, fica todo mundo morrendo de calor, eu vejo na TV as pessoas se abanando com pedaços de papelão, isto acontece por exemplo no ginásio do Canoas, arquibancadas de madeira (desculpe mas é um POLEIRO), calorão e as pessoas se abanando com pedaços de papelão. Viva o vôlei sem a Globo e o SPORTV e seus comentaristas “vacas de presépio” , sem personalidade para comentar. Viva o vôlei sem a corrupção que aconteceu na CBV. Viva o vôlei Hubert, mas sem alienação, certo? Você não gosta do vôlei mais do que eu Hubert, pode gostar igualmente, agora mais, NÃO! Uma pergunta Hubert, você não acha que nossas bi- campeãs olímpicas deveriam ser tratadas como tal? Duas vezes campeãs olímpicas e não têm o STATUS de ÍDOLOS que deveriam ter. Porque elas não têm? E é óbvio que deveriam ter. Mas por quê não têm Hubert?

MaisRecentes

As quartas de final do Paulista masculino



Continue Lendo

Bruninho e Renan analisam conquista



Continue Lendo

Brasil fatura a Copa dos Campeões



Continue Lendo