Ingressos esgotados para decisão no Mineirinho



O Sada/Cruzeiro anunciou, na noite desta quinta-feira, o encerramento dos ingressos para a final da Superliga Cimed masculina, no domingo, às 9h, no Mineirinho, em Belo Horizonte, contra o Sesi.

Segundo o clube mineiro, responsável pela venda dos bilhetes como mandante deste confronto, a capacidade liberada do ginásio é de 14.800 pessoas.

Quem já esteve no Mineirinho lotado pode imaginar com mais precisão a atmosfera para a decisão. E isso é para qualquer fã de vôlei, não apenas para o torcedor cruzeirense, que estará em peso na partida.

Eu já tive o prazer de acompanhar final de Liga Mundial e de Superligas no local e garanto: é diferente. Pela amplitude, pelo tamanho, pela história…

Uma pena é ver o Mineirinho “vivo” tão raramente. E isso vale para o Maracanãzinho, fechado desde a Olimpíada de 2016, para o Ibirapuera, palco do primeiro jogo da final entre Sada/Cruzeiro e Sesi. Palcos históricos do esporte nacional e tão pouco aproveitados. Pior: alguns deles ficaram um bom tempo abandonados pelo poder público e a cada evento realizado precisam passar por retoques e maquiagens para não mostrar o desleixo com que foram tratados.

LEIA TAMBÉM

+ Montes Claros confirma pausa e vaga na Superliga fica com o Corinthians



MaisRecentes

Coluna: O Brasil queria receber os Pré-Olímpicos de vôlei. Mas…



Continue Lendo

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo