Hooker no LANCE! de hoje



Pessoal, bom dia.

No LANCE! de hoje, uma entrevista exclusiva com a americana Hooker, do Sollys/Nestlé, uma das responsáveis pela boa fase do time no returno da Superliga. Aqui, um aperitivo da série bem legal sobre Londres-201, publicada pelo Diário.

http://www.lancenet.com.br/mais-esportes/Hooker-Londres-revolucionar-volei-americano_0_657534360.html

 



  • César Castro

    Daniel e galera do vôlei.

    Peço licença pra usar esse post para dizer que fiquei muito feliz ao assistir o jogo que as garotas do Mackenzie fizeram contra o Minas.
    Apesar de perderem, jogaram de igual pra igual com um adversário mais forte no papel.
    Ainda mais importante, muitas jogadoras jovens que parecem garantir o futuro do vôlei brasileiro.
    Pri Daroit, Letícia, Gabi e Ingrid, todas muito fortes tecnicamente.
    Sei que para muitos isso não é novidade, visto que eu mesmo já havia visto comentários elogiosos a elas (a Daroit até já frequentou a adulta e tal…), mas nunca havia assistido um jogo inteiro do Mack e gostei muito do que vi.
    E vocês, o que acham?
    Abração a todos!

  • Guga

    Sinceramente, nao entendi o que a Hoocker veio fazer aqi no Brasil,.. Pegar experiência? jogar na “Melhor Liga de Volei” como alguns falam?? ou Ser a Gringa da Vez..

    Axo q ta + pra terceira opção..

    Uma jogadora do nível dela, nunca mostrará seu 100% jogando numa equipe Brasileira, onde o passe geralmente não funciona, bolas super lentas, e levantadoras decadentes..

    • Fernando Adilio

      Tenho pena de vc pensar isso. Pena…

      Se ela não mostrar seu 100%, isso será porque ela não quer.
      Passe não funciona??? Bolas super lentas??? Levantadoras decadentes???
      Que mundo vc vive amigo?
      Ela joga no time que tem Jaquetoco e Brait que são perfeitas na defesa e no passe.
      Jogam com a Fabíola que está acelerando horrores as bolas de ponta e meio.
      A Pastora não é tão ruim assim, é a melhor das levantadoras que temos.

      Se tudo fosse tão ruim, não teríamos tantos jogadores e jogadoras de fora vindo para cá.

      Inclusive o Hugh Mccutcheon apoia que suas jogadoras venham para jogar e aprender aqui.

      “É a ignorância é que astravanca o progresso”

      • klaus

        Realmente é lamentável que existam pessoas que se dizem “torcedores”pensarem dessa forma de um voleibol tão vitorioso quanto o brasileiro, ou será que você já se esqueceu quem é a atual seleção campeã olímpica?Mais respeito com o voleibol brasileiro .

  • juliana

    vai mostrar aonde na italia jogando com a berg com bolas lentissimas nao ne respeita mais o voleibol brasileiro

  • carlos renato moraes

    Sensacional essa jogadora,sua presença aqui engrandece cada vez mais o nosso voleyball,sabendo que uma americana veio para um paiz pensando no seu crescimento proficional. Deveríamos garimpar talentos copiando toda excelencia que vejo nessa jogadora,altura velocidade,força e precisão,se buscarmos meninas com esse estereótipo dificilmente alguém ganhará de nossa seleção.

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo