Hooker explica ausência e agradece companheiras



O oposto americana Destinee Hooker usou as redes sociais para explicar a ausências no Campeonato Sul-Americano e agradecer o apoio das companheiras do Camponesa/Minas.

Fora das duas partidas da primeira fase, a principal jogadora do time se recupera de um problema na virilha. Ela teve uma infecção na região e precisou passar por uma drenagem no domingo. Quem já teve ou viu alguém próximo com um furúnculo deve saber melhor o que ela passou.

“Muitas pessoas têm perguntado “onde você está?”, “Por que você não está jogando?”. Eu tenho inchaço na minha área da virilha que precisava ser drenada na noite de domingo. Passei três horas no hospital para o procedimento. Agradeço @macriscarneiro por ir comigo. Essa dor é extremamente dolorosa. Me mantenha em suas orações. Eu amo todos vocês obrigado pelas suas mensagens e preocupações. Mara, @_sonjanewcombe, @karineguerra @kaoaneloch, @laizafigueiredo agradecimentos especiais para você por verificar em mim e perguntar se eu precisava de algo. A única coisa que eu preciso é que todos vocês ganhem”, escreveu a americana, agradecendo pela preocupação de várias companheiras de time.

Hooker em ação pelo Minas (Alexandre Loureiro)

Classificado para a semifinal, o Minas folga hoje, voltando a jogar no sábado as semifinais, com o Gimnasia Y Esgrima, da Argentina. Pelo desnível técnico, a cautela deverá fazer com que Hooker fique mais uma vez fora de ação, sendo preservada para a esperada final de sábado contra o Sesc.

 

 



MaisRecentes

Coluna: mercado já sente reflexos da crise mundial



Continue Lendo

Itambé/Minas planeja time “em volta” de Macris



Continue Lendo

Osasco Audax quer a volta de Tandara



Continue Lendo