Frases após a surpreendente semifinal



Wiliam

“Nada deu certo. Na verdade, não jogamos um bom torneio do início ao fim. Com certeza esse jogo com o Al-Rayyan foi o pior que fizemos no ano”

“Eles vieram sem responsabilidade. E nós jogamos com uma pressão enorme por a competição ser em casa, estarmos buscando o bicampeonato”

Igor Arbutina

“Estar na semifinal já era um sonho para este time. Sou um privilegiado por estar aqui com eles”

Rapha

“A amizade em que se criou em tão pouco tempo é incrível. Estou sem palavras para descrever o que os jogadores (cataris) estão sentindo. Mas estou me sentindo um deles hoje. É um feito inédito para o Qatar. Estamos recebendo ligações do sheik, do príncipe…”

Alan

“Estava em férias, em casa, me ligaram quase aos 48 minutos do segundo tempo. Nunca imaginava estar na final do Mundial. Já vivi isso (em 2010 com a Seleção Brasileira), mas estava entre os 14, não jogava. É um sonho que eu não esperava realizar agora”

“Já falei e repito: o Sada/Cruzeiro é o melhor time do mundo. Pior, mas ainda é o melhor”

“Se a FIVB deu brecha, por que não fazer? Para o espetáculo é bom”

Filipe

“A gente tentou, mas quase nada deu certo. O saque não entrou e eles jogaram de forma consistente. Essa é a palavra. Consistência. Eles erraram muito pouco. Mas essa derrota não apaga o brilho do que fizemos na temporada”

Simon

“Nosso time jogou sem pressão. Em quadra, podemos fazer o que quisermos, essa é a verdade”

“Será a primeira vez que enfrentarei o Muserskiy por clubes. E sem dúvida é uma motivação a mais para mim”

 

 

 

 



MaisRecentes

Conheça Kadu, a novidade da Seleção nos jogos pré-Mundial



Continue Lendo

Em dia de justa homenagem por ouro em Pequim, Brasil perde a quarta seguida



Continue Lendo

Coluna: Uma semana estranha para o vôlei brasileiro



Continue Lendo