FIVB se posiciona após acusação de manipulação de resultado no Pré-Olímpico (com vídeo)



Não quis escrever nada no blog, no domingo, sobre o Pré-Olímpico Mundial feminino para não ser leviano. Mas o resultado entre Sérvia e Japão, que classificou os dois países para a Olimpíada, foi bem estranho. Ambos sabiam o placar que precisavam e, coincidentemente, ele aconteceu.Vitória das europeias por 3 a 2, parciais de 18-25, 25-21, 19-25, 25-21 e 15-9.

Com o resultado,a Sérvia somou dois pontos e foi a 14. Com um somado pelo revés no tie-break, o Japão foi a 12, mesma pontuação da Tailândia, que havia vencido no mesmo dia Cuba por 3 a 1, mas levou a melhor no desempate por set average (1,36 / 1,20).

E a reclamação tailandesa foi imensa, acusando os dois rivais de terem feito um jogo de compadres, ou comadres, se achar melhor.

Nesta segunda-feira, a Federação Internacional divulgou uma nota oficial, dizendo ter investigado a possibilidade de manipulação de resultado. A entidade, porém, diz não ter encontrado indícios de irregularidades, após receber relatórios das delegações sérvia e japonesa, além de ter ouvido pessoas que viram o jogo em Tóquio.

Mesmo ratificando a classificação olímpica de Japão e Sérvia, a FIVB deixa claro que vai estudar mudanças na fórmula de disputa de algumas competições, para evitar novas “coincidências”. No Pré-Olímpico, oito seleções jogaram em turno único. Mas, como os jogos foram numa mesma sede, a Tailândia jogou antes e permitiu que os rivais soubessem o resultado que precisavam no duelo decisivo.

PS – Achei o vídeo no YouTube. Assistam e opinem!

 



MaisRecentes

Supercopa abre temporada masculina mais imprevisível no Brasil



Continue Lendo

Itália e Sérvia na primeira final europeia do Mundial feminino



Continue Lendo

Minas e Dentil/Praia Clube conhecem rivais no Mundial



Continue Lendo