Final em dois jogos garante “paz” entre CBV e clubes



A CBV e os clubes masculinos deram um grande passo para a “pacificação” ontem. Em reunião na sede da entidade, no Rio de Janeiro, eles entraram em consenso sobre a fórmula de disputa da Superliga 2017/2018.

A decisão será disputada em dois jogos. Em caso de uma vitória para cada finalista, a definição do título acontecerá no golden set, uma parcial extra após o término do segundo confronto.

Foi um meio termo entre o que pediam os clubes (melhor de três ou até cinco partidas, correndo o risco de não ter transmissão pela maior emissora do país) e o que a CBV negociou com a Rede Globo, defensora da manutenção da decisão em jogo único.

Sada/Cruzeiro defenderá o título (Divulgação)

Sada/Cruzeiro defenderá o título (Divulgação)

Perder a exposição na Rede Globo era um temor enorme dos patrocinadores. Apesar do aumento das transmissões da RedeTV!, estudos de exposição de mídia comprovam ano após ano a diferença que o jogo único na Globo faz no resultado final, mesmo não citando o nome dos investidores em suas transmissões.

Não deixa então de ser um avanço em uma relação que se mostrava cada vez mais delicada entre os clubes e a entidade máxima do vôlei brasileiro. A Globo vai seguir com a final da Superliga em sua apertada grade, garantindo a transmissão do segundo jogo, mesmo que ele necessite do golden set.

Com a mudança, cada finalista passará a receber uma das partidas finais. Até a última temporada, a CBV era a detentora da sede da decisão em jogo único, escolhendo a cidade sem obrigatoriamente beneficiar o time de melhor campanha.

A reunião também confirmou o restante da fórmula de disputa da próxima Superliga. Os 12 times jogarão em dois turnos, com os oito melhores se classificando para as quartas de final. A primeira série de playoffs será disputada em melhor de três jogos. Já as semifinais acontecerão em melhor de cinco.



MaisRecentes

Mundial masculino agora só com peixe graúdo



Continue Lendo

Quatro classificados e seis na briga por duas vagas no Mundial



Continue Lendo

Seguro, Brasil vence zebra europeia e está na fase final do Mundial



Continue Lendo