Final em dois jogos garante “paz” entre CBV e clubes



A CBV e os clubes masculinos deram um grande passo para a “pacificação” ontem. Em reunião na sede da entidade, no Rio de Janeiro, eles entraram em consenso sobre a fórmula de disputa da Superliga 2017/2018.

A decisão será disputada em dois jogos. Em caso de uma vitória para cada finalista, a definição do título acontecerá no golden set, uma parcial extra após o término do segundo confronto.

Foi um meio termo entre o que pediam os clubes (melhor de três ou até cinco partidas, correndo o risco de não ter transmissão pela maior emissora do país) e o que a CBV negociou com a Rede Globo, defensora da manutenção da decisão em jogo único.

Sada/Cruzeiro defenderá o título (Divulgação)

Sada/Cruzeiro defenderá o título (Divulgação)

Perder a exposição na Rede Globo era um temor enorme dos patrocinadores. Apesar do aumento das transmissões da RedeTV!, estudos de exposição de mídia comprovam ano após ano a diferença que o jogo único na Globo faz no resultado final, mesmo não citando o nome dos investidores em suas transmissões.

Não deixa então de ser um avanço em uma relação que se mostrava cada vez mais delicada entre os clubes e a entidade máxima do vôlei brasileiro. A Globo vai seguir com a final da Superliga em sua apertada grade, garantindo a transmissão do segundo jogo, mesmo que ele necessite do golden set.

Com a mudança, cada finalista passará a receber uma das partidas finais. Até a última temporada, a CBV era a detentora da sede da decisão em jogo único, escolhendo a cidade sem obrigatoriamente beneficiar o time de melhor campanha.

A reunião também confirmou o restante da fórmula de disputa da próxima Superliga. Os 12 times jogarão em dois turnos, com os oito melhores se classificando para as quartas de final. A primeira série de playoffs será disputada em melhor de três jogos. Já as semifinais acontecerão em melhor de cinco.



  • Alan Fernandes

    Daniel, mas algumas coisas não ficaram claras pra mim:
    – Haverá determinação de capacidade mínima para os ginásios que irão receber as finais?
    – Foi discutido alguma coisa sobre o desafio eletrônico?
    – E sobre as transmissões pela internet? Essa era uma das exigências dos clubes.

  • Valdir

    Título decidido no golden set? Que ideia imbecil.

  • Tiago De Melo Araujo

    Pq isso só vale para o masculino? As mudanças deveriam ser para as duas categorias.

    • Daniel Bortoletto

      por enquanto sim

MaisRecentes

Praia x Minas e Sesc x Vôlei Nestlé. Quer mais?



Continue Lendo

Agora líbero, Murilo volta a ser relacionado após 8 meses



Continue Lendo

E vem mais um Zenit Kazan x Sada/Cruzeiro por aí!



Continue Lendo