Favoritos abrem quartas de final em vantagem



Os quatro melhores times da fase de classificação da Superliga Cimed Masculina mostraram força na abertura das quartas de final.

Sada/Cruzeiro, Sesc, Sesi e Funvic/Taubaté jogaram em casa e venceram a primeira partida da série em melhor de três contra Lebes/Canoas, Vôlei Renata, Corinthians/Guarulhos e Minas, respectivamente.

E nos quatro jogos apenas um dos favoritos perdeu set. Foi o Sesc, no Rio de Janeiro, ao vencer o Vôlei Renata por 3 sets a 1, parciais de 25-19, 25-22, 13-25 e 25-17.

Comemoração do Sesc no Rio de Janeiro (Marcelo Piu/Divulgação)

– Estávamos vindo de uma série de derrotas, mas no jogo passado contra o Sesi-SP fizemos uma boa partida. Colocamos tudo em quadra, demos uma vacilada no terceiro set, mas conseguirmos colocar a cabeça no lugar na quarta parcial. Fizemos um bom jogo e sacamos muito bem. Treinamos bastante saque para isso. Agora é pensar no jogo de quarta-feira – disse João Rafael, que marcou 13 pontos na partida e ganhou o Troféu VivaVôlei Cimed.

Nos demais jogos, o 3 a 0 mais “enganoso” foi o Sesi sobre o Corinthians, na Vila Leopoldina, neste domingo. Todas as parciais terminaram pela diferença mínima: 26-24, 28-26 e 25-23. Não surpreende pelos últimos resultados entre eles, até então, terão sido tie-breaks.

Sesi mostrou força em casa contra o Corinthians (Helcio Nagamine/Divulgação)

– Sabíamos que seria um jogo difícil e conseguimos controlar a partida dentro de casa com o apoio da torcida. O Corinthians-Guarulhos é uma equipe que erra pouco. No segundo set ainda cometemos alguns erros, mas conseguimos no recuperar no terceiro e fechamos o jogo – analisou o oposto Alan, vencedor do VivaVôlei Cimed no confronto.

Já Sada/Cruzeiro e Funvic/Taubaté tiveram partidas semelhantes, com mais facilidade no primeiro e terceiro sets e um segundo muito disputado. Em Contagem, no sábado, os mineiros fizeram 25-19, 26-24 e 25-15 no Canoas.

Sada/Cruzeiro, de Isac, não deu chances ao Lebes/Canoas (Divulgação)

– O nosso saque entrou muito bem e assim conseguimos atacar e bloquear com eficiência. O Isac sacou muito bem e fez alguns aces. É bom que cada partida é um jogador diferente que está sacando muito bem. Isso faz um grande diferencial para nossa equipe – analisou Evandro, maior pontuadora da partida.

Neste domingo, o Taubaté passou pelo Minas. em casa, parciais de 25-21, 28-26 e 25-12. Dante, que durante a semana anunciou a aposentadoria, foi eleito o melhor do jogo:

Dante se destacou na vitória do Taubaté (Rafinha Oliveira/Divulgação)

– Chega uma hora que o corpo pede e esse é o meu momento. A minha recuperação está sendo mais difícil do que antes. O bom é que estou vivendo cada dia como se fosse o último. Todo o atleta sonha em encerrar sua carreira dentro do seu país com um título, mas ainda temos muito o que evoluir e precisamos pensar jogo a jogo – comentou Dante.

VEJA TAMBÉM

+ A tabela das quartas de final da Superliga masculina



MaisRecentes

12 anos. Mas parece que foi ontem em Pequim



Continue Lendo

Unir concorrentes mostra o tamanho de Rodrigo Rodrigues



Continue Lendo

O indispensável fair play precisa evoluir



Continue Lendo