Fabíola sai do banco para ajudar Brasil a bater a Alemanha



Foi mais difícil do que a estreia, mas o Brasil soube superar alguns momentos ruins e venceu a Alemanha por 3 sets a 1 (25-21, 23-25, 25-15 e 25-23),em Busan, na Coreia do Sul.

Com o triunfo do Japão sobre as donas da casa, a Seleção se isolou na liderança do Grupo C, com seis pontos, seguidas pelas asiáicas, que somam três, enquanto as alemãs seguem zeradas.

Sheilla, mais uma vez, liderou o time na pontuação, com 21 acertos. Ela e o técnico Zé Roberto elogiaram a levantadora reserva Fabíola, que entrou no quarto set, quando o placar apontava uma desvantagem brasileira de cinco pontos. Com vibração, Fabíola contagiou o time e liderou a virada.

O ponto negativo foram as falhas no passe em vários momentos do duelo, principalmente no segundo set, quando a Alemanha chegou a ter sete pontos de frente.

Além de dar chance para Fabíola, Zé Roberto usou Fernanda Garay no lugar de Mari para melhorar a recepção

Nas estatísticas, louve-se a atuação do bloqueio brasileiro, com 13 pontos, sendo três de Fabíola, o nome do jogo. Pelo lado alemão, Kozuch terminou com 16 pontos no total.



MaisRecentes

Coluna: O Brasil queria receber os Pré-Olímpicos de vôlei. Mas…



Continue Lendo

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo