Fabíola pede dispensa da Seleção



Uma baixa na Seleção algumas horas depois da convocação.

A levantadora Fabíola pediu dispensa, alegando problemas particulares, e não vai defender o Brasil em 2015.

– Fico muito feliz de ter sido mais uma vez lembrada para a seleção e isso é sempre motivo de muito orgulho. Mostra que mesmo longe meu trabalho vem sendo acompanhado e que estou no caminho certo. Mas, neste momento, preciso cuidar de algumas questões pessoais e somente por isso estou pedindo dispensa. Já conversei com o Zé Roberto e em breve espero estar de volta e quem sabe ajudar na caminhada rumo a mais um ouro olímpico – explicou Fabíola.



  • klaus

    Que pena.Mas se tem uma jogadora que tem todo o direito de se ausentar da seleção é a Fabíola.Que tudo corra bem e que ela volte o mais rápido possível.Gosto muito dela

  • Aline

    Assim como Sheilla e Fabiana, Fabíola merece muito descansar! Afinal de contas, a temporada na Rússia está sendo muito desgastante. 1. A Rússia é o maior país do mundo, de dimensões continentais, as viagens são muito longas e desgastantes;
    2. O Krasnodar não tem um bom passe, Fabíola quase nunca joga com passe A. Isso faz com que tanha que correr muito mais pela quadra.
    3. O que adiantou Fabíola servir à seleção durante todo o ciclo olímpico passado, se na hora “H” ela foi cortada? Ela queria muito sim estar nas olimpíadas de Londres-2012, ela deu sangue pela seleção, disputou todos os campeonatos com dedicação e foi cortada. Logo, Fabíola fez muito bem em pedir dispensa da seleção.

    • Raffy

      É isso aí, concordo com tudo Aline.

    • Edu

      O maior ressentimento de Fabíola durante o corte de Londres foi , nas palavras dela, que após o mundial de 2010 ela já havia afirmado a comissão técnica que sendo a unica mãe de todo o elenco era pra ela muito sofrida a distancia da filha única então pequena.Decidiram ,depois de um tempo, que ela poderia levar a criança, por alguns períodos,em Saquarema um ambiente distante de um berçário ideal.No entanto,as viagens e as longas excursões nos torneios internacionais para ela havia muita dificuldade em lidar com a ausência da criança e suas necessidades.A justificativa da comissão técnica era que a Olimpíada compensaria o sacrifício.Passado os jogos e a forma fria, impessoal onde faltou coragem do ZRG em anunciar o corte na face das jogadoras ele pede de forma pessoal que ela reconsidere a declaração que para ela “seleção acabou”.Volta em 2013, com o pedido de dispensa da Dani, vence todos os torneios da temporada com as companheiras numa campanha de 15 vitórias e uma derrota.Vem o mundial e surge a noticia do desentendimento na parte final da disputa da fase da Liga Mundial.Agora após uma mega temporada exaustiva foi convocada enquanto a Sheilla e a Fabizona que jogaram uns 30% a menos de tempo em quadra na temporada tem dispensas pré aprovadas e convocação garantida quando concordarem em voltar.Que critério é esse?.

      • Billy

        Edu adoro todos os seus comentários(são sempre lúcidos e voce escreve muito bem…parabéns!!!).Eu adoro a Fabíola e toda a seleção(mas ela em especial).ZRG é um boboca e vaidoso(pensa que todas as jogadoras pré-convocadas estão DOIDAS prá trabalharem com ele na seleção) Pensa que as jogadoras são MARIONETES NAS SUAS MÃOS ,onde ele manda e desmanda a hora que quer) Esse treinador já não consegue mais manter a sua MÁSCARA…

      • daniel

        Acho que é o critério técnico mesmo…. Sheila e Fabiana estão entre as melhores do mundo em suas posições, tanto na atualidade como em todos os tempos. Fabiola teve um corte sofrido em 2012, com o qual ela lidou de forma elegante e admirável, entretanto, tecnicamente é uma levantadora boa, mas com limitações. Na bola, é inferior a Dani Lins e ganha das demais concorrentes pela experiência. Torço para que ela volte logo e esteja no Rio-2016.

    • Rafael Pais Fernandes

      concordo, mas, se ela continuar se ausentando, não vai pro Rio.

      • Edu

        Sim, principalmente se os critérios que você mesmo jogando uns 30% a mais de partidas que suas companheiras não fez por merecer uma folga de três meses de convocações como reivindicaram e receberam Sheilla e Fabizona.

  • Billy

    Que pena essa dispensa da fabíola(mas pensando bem é um saco ter que aturar o ZRG no período da seleção)Penso que o Brasil não alcançara nenhum título a nível mundial nesta temporada de 2015…se com o elenco completo esta cada vez mais difícil,imagine com algumas titulares fora.A menos que elas se superem e joguem muito bem.Depois veremos a cara de BONACHÃO do ZRG após alguns fiascos neste ano e aí talvez passe a valorizar mais a convocação da Fabíola rumo aos jogos olímpicos 2016(coisa que ele não fez em 2012 cortando-a injustamente em 2012 para levar aquela levantadorazinha baixa e inexpressiva que ganhou uma medalha de ouro sem merecer-a Fernandinha)MISTER VOLEI DE ARAQUE…olhe aí tem uma vaga em aberto prá posição de levantadora em 2015.Eu se fosse você botaria uma sainha dava um make-up(trato)visual e tentaria essa vaga restante.Não desista dessa tentativa MISTER VOLEI DE ARAQUE,senão o LUIZ pode querer tomar essa sua vaga.Se ele vier a concorrer com voce,que seja uma briga sadia(não vão querer se digladiar arrancando os cabelos uma da outra-voce e o Luiz-a briga tem que ser na quadra,no domínio de bola) Vê lá,héin!!?

  • Edu

    A convocação da Fabíola foi próxima da desumana ou com algum sentido perverso de queimar a jogadora.Citar que a Sheilla e a Fabizona tiveram temporadas pesadas é ignorar que a Fabíola e consequentemente a Garay tiveram menos de 24 horas para se adaptar a Russia e nenhum descanso depois do encerramento do Mundial.Sheilla e a Fabizona tiveram mais de 3 semanas de descanso ambas nessas datas.Fabíola e Garay tiveram viagens pela Cev Cup ao mesmo da disputa do campeonato Russo com itinerários de mais de 12 horas de viagem de trem, dos antigos,não trem bala, de ida e a mesma na volta.Não tiveram Natal e Ano Novo já que a disputa da Copa Russa aconteceu nas datas de final de ano e a Russia adota o calendário ortodoxo de festas natalinas.Enfim também sua situação pessoal de mãe, esposa e a volta do convívio com os familiares.Faltou um contato da supervisão da seleção e principalmente observar toda essa extensa temporada que se alonga com o mundial de clubes. Uma conversa via skype para conversar a respeito de uma convocação mais tardia como fizeram com a Sheilla e a Fabizona e acatar o pedido das dispensas da convocação.Garay até falou que precisava de um respiro( não estimou o tempo) mas aceitava a convocação.Tem uma situação um pouco mais acomodada por não ser mãe ainda.Fabíola tem o trabalho missionário que foi deixado de lado e que se dedicava nos seus períodos de folga semanal.Agora com a renovação antecipada para nova temporada eles precisam ter andamento.Enfim,ZRG parece ter uma relação dificultosa com a Fabíola muito pela teimosia do treinador.Numa recente entrevista ao UOL lembrou o corte de Londres e afirmou que a levantadora deveria ter mais personalidade.Sonegou que pessoalmente se desculpou posteriormente pela atitude e pediu que reconsiderasse a volta.Parece que ele detesta saber que ainda precisa da levantadora no elenco já que por enquanto não existe uma dupla – em associação com a Dani Lins – melhores que ambas na posição de levantadora no voleibol brasileiro.Não existe jogadora , por melhor que seja, insubstituível num grupo.Enquanto na situação de treinador tenho mais certeza ainda sobre a situação do ZRG.

    • Raffy

      Ótimo comentário Edu. E as duas frases finais são de total verdade.

    • Billy

      Edu os seus comentários são perfeitos.Parabéns por escrever tão bem.Um abraço…

      • Edu

        Meus comentários são tão pertinentes como os seus e de todos os outros companheiros.Sorte nossa que o Daniel franqueia esse valioso espaço para troca sadia e civilizada de informações e livre palpitagem.Retribuo o abraço.

        • Raffy

          Sorte mesmo. Só temos que agradecer o Daniel porque em outro blog aí, se você tem opinião contrária ao do blogueiro e expõe sua indignação contra o mesmo você não é muito bem visto não, isso quando seu comentário não passa de jeito nenhum pela moderação… E ainda tem gente sem noção que comparou o Daniel com esse outro blogueiro aí.

          • Billy

            Isso mesmo Raffy eu já frequentei muito aquele blog e tive inùmeros comentários meus bloqueados pela moderação de lá(confesso que escrevi algumas coisas pesadíssimas que acho que até aqui também não passariam)Ás vezes eu escrevo algumas abobrinhas,mas não sou uma má pessoa(podem discordar de mim pois aqui é um espaço democrático e que bom que tem muitas pessoas com opiniões diferentes,mas que no fundo todos somos fãs de vôlei e eu me identifico com todos vocês aqui do blog) Não sei escrever muito bem e admiro os que sabem.Grande abraço á todos.

          • Raffy

            Billy, falo por mim, não sei pelos outros mas naquele blog mesmo expondo de forma respeitosa sua opinião, se for contrária ao do blogueiro já basta pra não ser aceita pela moderação. Um abraço.

  • jose herbert arujo

    Acho que Fabíola ainda está ressentida com o corte dela em 2012.

  • Bela

    Que estranho. Espero que o ZRG lembre disso no futuro, principalmente nas olimpiadas de 2016.

  • Raffy

    Sacanagem viu, queria tanto ver a Fabíola jogando pelo Brasil pós temporada no exterior. Enfim, agora se o ZRG não convocar a Naiane, larga mão viu!!! Só espero que não me venha com uma da “panelinha”, tipo a Fernandinha. Aí eu chuto o balde de vez rs

    • Billy

      Raffy eu também queria ver a Fabíola em ação pela seleção.Quanto ás convocações do ZRG pode-se aguardar de tudo pois ele além de injusto é incoerente também.

      • Raffy

        Pois é Billy. Mas no fim a “panelinha” segue firme e forte.

  • daniel

    Mesmo com a dispensa, ainda é a mais provável segunda levantadora no Rio-2016, mas quem abre espaço para a concorrência pode perder o lugar.

  • Fabricio

    A Fabiola está certa de pedir dispensa da seleção, depois do que o Zé Roberto fez com ela em 2012, vem querendo fazer media chamando-a agora para treinar e depois cortar ela denovo. Ela tem que descansar e voltar a treinar paro o Mundial

  • Kleber Alves

    Tá mais que certa. E a Dani Lins devia fazer o mesmo. Quero o Brasil nessa temporada com Macris, Roberta e Juma.

  • Gostei da atitude e elegância da Fabiola, uma jogadora que sempre batalhou, nunca foi estrela em time e foi cortada da seleção por birra do senhor JOSÉ ROBERTO GUIMARÃES,escrevi o nome dele em letra maiúscula porque o tal sente-se o poderoso. Fabíola se fosse mais esperta pediria cidadania Russa e com o tempo seria levantadora titular da seleção Russa junto com Calderon e mais algumas novas promessas russas que ao passar dos anos colocara outros times para sambar. Imagino a cara do Zé caso Fabíola e Calderon jogassem pela seleção Russa com Gamova? Pena não ser possível no momento.

    • Aline

      Você tocou num assunto MUITO SÉRIO!!! Os russos adoraram tanto a FABÍOLA que não acho difícil oferecerem a CIDADANIA a ela…
      As levantadoras russas sempre foram o ponto fraco, o calcanhar de aqulies do time.
      Logo, um time russo ALTO E FORTE, com Fabíola, UMA LEVANTADORA QUE ESTÁ TREINANDO COMO NUNCA CONSERTAR PASSES NO KRASNODAR, seria um TIMAÇO!!!

      • Billy

        Aline eu adoro a Fabiola(assim como voce).Se Deus quiser ela fará parte novamente da seleção em 2016 e conquistará o ouro olímpico também(apesar que esses próximos jogos prometem ser muito equilibrados mesmo) Nenhum time considerado grande terá vida fácil na olimpíada.Um abraço Aline.

    • Edu

      Improvável, ia ter uma chiadeira danada aqui como lá também e a Gamova lidera um grupinho forte de jogadoras do Kazan e do Dínamo Moscou dentro do elenco.Ultimamente andou tentando até derrubar o Marichev que conseguiu se equilibrar mas foi tirado meio a contragosto de técnico do Dínamo Moscou na ala masculina.Agora o treinador esta tentando angariar simpatia e apoios falando que se consultara com outros técnicos russos como o lendário Anatoli Karpol que obteve o terceiro lugar da Liga Russa.Se classificando em sexto nos playoffs e uma preciosa vaga para a CL com o Uralochka na melhor de cinco partidas.Outro fator que a Startstesva esta no mesmo nível da Fabíola como levantadora é seis anos mais jovem e do grupinho cativo da Gamova.

      • Billy

        Edu…falando da Gamova,como voce acha que será a recepção para ela ela jogando diante da grande torcida do võlei aqui dentro do Brasil(ela ainda é uma ótima jogadora,mas é TÃO METIDA e já deu inúmeras declarações que não gosta(simpatiza)com as brasileiras).Voce acha que a nossa torcida brasileira se portará adequadamente(de forma educada) ou grande parte vai VAÍA-lA???(eu particularmente acho que a vaiaria para desestabilizá-la…mas se bem que os verdadeiros craques jogam até melhor com a torcida contra).E ela jamais deixara de jogar essa próxima olimpíada(pois é a sua última chance de tentar se sagrar finalmente uma campeã olímpica também.Qual é a sua opinião EDU !!??

        • Aline

          Desculpe-me eu me intrometer nessa polemica, mas vaia-la vai ser combustivel p/Gamova sentar a marreta. Ela costuma ser do tipo q cresce e ate gosta de torcida contra…

          • Billy

            Aline pode dar os seus pitacos em qualquer comentário.Eu adoro voce e todos os seus comentários.É o que eu disse…têm craques que adoram jogar com torcida contra e ao invés de jogarem mal,passam a jogar melhor.E a Gamova com aquele tamanho todo não costuma se intimidar com nenhum bloqueio adversário.Ela é metida e arrogante sim(mas em compensação ainda é uma ótima jogadora e muito temida por todo mundo).Um abraço ALINE.

        • Raffy

          Também vou me intrometer kkk Acho que nem vai precisar vaiá-la não Billy. Ela não tá essa coca-cola toda mais não. Tá na descendente. No Mundial deu pra ter uma certa noção disso. E com esse time que a Rússia atualmente tem, dependendo do grupo que ficar, se bobear nem para as quartas vão se classificar. Depois do Brasil em Londres, com a equipe que tinha quase ficar de fora não duvido de mais nada.

          • Billy

            Deus te ouça Raffy e que você esteja certo.Em compensação a CHINA(com jogadoras rápidas e cada vez mais altas e experientes poderão ser a grande surpresa aqui no Brasil no ano que vem) Os Eua então,nem se falam…Ninguém terá vida fácil no vôlei na próxima olimpíada.Com certeza muita emoção estará reservada para todos os amantes do vôlei.Acho melhor assim…em que nenhum time é favorito disparado,pois a emoção das partidas será maior.Acho que teremos um grande número de perde e ganha entre os considerados favoritos.Será que estou certo!!???

        • Edu

          Eu tenho certa desconfiança que a Gamova não vem para jogar a Olimpiada.Ela ainda é importantíssima no voleibol russo e tem tratamento diferenciado da federação até por desenvolver carreira exclusivamente dentro da Russia.E referida nas transmissões locais como ” a maior jogadora do mundo” e uma atleta que a Fê classificou eufemisticamente como “absurda” mas naquele tom de bater o dedinho do pé descalço na quina da parede.No entanto, e a Fê também reafirmou, ela tem caído de nível temporada por temporada.Organizou um tentativa de derrubada do Marichev mas não foi feliz porque o técnico queria alicerçar o trabalho nas jovens jogadoras que venceram o campeonato europeu.Agora o técnico esta tentando se equilibrar dizendo que precisa da Gamova e a Sokholova no grupo e ignorando indiretamente jovens jogadoras, de no máximo 20 anos, jogaram o play off final entrando tanto no Kazan com no Dinâmo Moscou.Gamova mesmo com todo aquele tamanho tem problemas naturais de uma mulher de formação genética de mais de dois metros de altura.São problemas articulares ,fisicos e respiratórios, tamanha a quantidade de inalações que faz a cada partida, que se agravam de forma mais acelerada depois da passagem dos 35 anos.

  • Li atentamente a entrevista do Bernardinho sobre a convocação dos jogadores e o mesmo cita possível duas mudanças para o próximo ano de olimpíadas, e analisando acho que, ele está poupando o Dante este ano e dando oportunidade para alguns sabendo que estes mesmo não tem condições de render na hora H e não conseguem jogar bem na seleção e sendo já dada oportunidade e sabendo que não renderam , a imprensa e fanáticos não poderão cobrar nada por convocar jogadores de sua confiança ou que o mesmo é paneleiro, uma vez chamando Dante jogador velho em termos de idade e não convocar a molecada ou este ou aquele.

  • Sergio Roberto Santos

    As pessoas se esquecem mas o Zé Roberto convocou a Carol Albuquerque como reserva da Fofão preterindo a Dani Lins que havia sido campeã com o Rexona.
    Até aí passa, mas depois que a Fofão se aposentou da seleção qual foi a chance que a Carol teve?
    Mais absurdo ainda foi a convocação da Fernandinha no lugar da Fabíola.
    Até hoje não entendi. Não quero acreditar que foi porque o Zé Roberto a contratou pelo Campinas. Ela foi convocada para uma olimpíada e depois nunca mais, o mesmo que aconteceu com a Claudinha.

  • Lu

    Fabíola para JRG: “Não estou disposta, com licença”.

    • Neide

      Kkkkkkk! Perfeito e eleganterrimo, ao mesmo tempo!

    • Raffy

      Boa! kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Mário

    Totalmente digno este gesto e seria maior ainda se ela não tivesse aceitado sequer ter participado do Mundial Foi cortada de modo asqueroso, dentro de aeroporto, pra dar lugar a uma levantadora que fazia parte de time treinado por ZRG – o arrogante que não teve ética nem com Fabíola. nem com a Mari, nem com a Brait. Então, quando precisou da pastora, não pestanejou. Corretíssima, Fabíola. Estava sendo novamente desvalorizada e ridicularizada, pois também tem uma temporada pesada, aliás, muito mais eficiente no exterior do que a queridinha Sheilla – e esta pode descansar, que tem o lugar garantido – , enquanto você, novamente, entrava pra tampar buracos, podendo ser cortada novamente lá na frente. Se valorize, pela Glória de Deus!

    • Billy

      Concordo com o seu ponto de vista Mário.Não sei se essas levantadoras que foram convocadas(exceção da Dani Lins)darão conta do recado á nível internacional(tomara que sim0Mas se os resultados forem um FIASCO em 2015 aí o ZRG terá que rever os seus conceitos vaidos e ultrapassados(ele pensa que todas as jogadoras são MARIONETES nas suas mãos e que ele pode mandar e desmandar na hora que ele quiser).Eu se fosse jogadora da seleção(e craque)iria AFRONTÁ-lO muito(vide a Ramirez de CUBA quando jogava no falido time dele de campinas).Voce se lembra do ESPORRO que ela deu nele durante um jogo em que ela estava lesionada e ele queria por que queria que ela jogasse assim mesmo??? Alguém mais se lembra!!??

  • Paulo

    Achei estranho esse pedido de dispensa da Fabiola, mas analisando mais friamente podemos tirar algumas conclusões:
    1 – A temporada dela e da Garay no clube ainda não acabou, assim como a das convocadas do Rexona, entretanto a temporada Russa foi muito mais longa e desgastante. Como alguém lembrou aí, elas tiveram pouco menos de uma semana de folga entre o mundial e a estreia no clube.
    2 – É uma pena ela não jogar agora pela seleção porque está num melhor momento que a Dani Lins. Seria uma oportunidade de botar uma pulga atrás da orelha do ZRG, embora ele seja apegado às suas confusas convicções.
    3 – Talvez esteja temerosa com o que aconteceu em 2012: também estava num momento muito melhor que o da Dani e foi cortada de forma extremamente desumana por uma levantadora que não tinha o menor entrosamento com a equipe. Ou seja, ela pode estar pensando “se ele não me levar, pelo menos dessa vez não me dediquei tanto.”
    4 – Vale lembrar que Dani Lins não segurou a peteca em 2010 e nem 2014 quando entrou nos dois Mundiais como titular da posição. Como ela vai se comportar em 2016, com a pressão do Maracananzinho? É a dona posição pelos 4 bons jogos que fez em Londres, mas de lá pra cá só caiu de nível. Qual das convocadas poderá apagar o incêndio que a Pane por fazer?
    5 – Ou ainda, a dispensa da Fabíola pode ser sim por algum problema pessoal mais grave.

    Nunca tinha pensado num processo de naturalização da Fabíola, se fosse a algum tempo atrás seria terminantemente contra, mas hoje penso que o atleta pode e deve defender as cores da seleção daqueles que lhe dão oportunidade de brilhar e enquanto o ZRG estiver a frente da SFV Fabíola não terá espaço.

    • Carlos

      Paulo, interessante seus comentários, mas a Fabiola não estava em melhor momento que a Dani Lins em 2012, não, vamos ser justos….

      ela começou de titular na fase final do Grand Prix e só fez cagada, perdeu a titularidade no primeiro set do primeiro jogo da fase final e não recuperou mais.

      • Paulo

        Falo em relação à temporada que ela fez. No ano passado Dani só jogou a fase brasileira do Grand Prix, depois foi só jaca. Mas como é a protegidinha do Zé não pode bancar pra ninguém.

      • Paulo

        Aí entra a falta de critério do treinador. 1º Set, do 1º jogo é parâmetro pra avaliar algum jogador? Era a primeira grande competição que Fabíola entrava de cara como titular. Em 2010 ela começou no banco tanto no Grand Prix como no Mundial. Em 2011 do mesmo jeito. Em 2012 foi titular no pré-Olímpico, mas o nível das outras seleções sul-americanas é de colegial. Não jogou na fase classificatória do Grand Prix e entrou de cara na fase final. Então, 1º Set, do 1º jogo não é parâmetro para tirar uma atleta que participou de todo ciclo para levar uma outra que seria treinada por ele no clube.

    • Edu

      Tiveram exatamente a folga das 13 horas de vôo entre Brasil e Moscou.Chegaram na quinta, na sexta treinaram e no sábado abriram o campeonato contra o Dinâmo Kazan numa vitória de virada após perderem os dois sets iniciais.

    • Edu

      Eu também tenho concluído que para a Fabíola seleção já deu.Ainda mais com o privilégio de três meses de folga concedidos a Sheilla e a Fabizona que jogaram uns 30% a menos na temporada.Ela foi diplomática que se existir alguma perspectiva de convocação para 2016 ela aceita.Mas sabe que abriu espaço para novas pretendentes a sua posição.Mas segue a vida.Talvez tenha chegado a essa conclusão.

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo