Fabiana faz desabafo sobre momento do vôlei brasileiro



Capitã da Seleção Brasileira, a central Fabiana desabafou, via Twitter, na manhã desta terça-feira sobre o momento do vôlei brasileiro.

“Me causa preocupação a crise que se abateu sobre o vôlei brasileiro. Estamos a um ano dos Jogos, somos o esporte mais procurado, sempre com medalhas e vários atletas desempregados dá o alerta para o problema. As razões são inúmeras, desde a crise econômica, a negociação de contratos de TV, falta de visibilidade dos patrocinadores, ranking… A Superliga está mudando, mas queremos o melhor e o vôlei precisa se estruturar mais para que não se perca o legado e o lugar no coração do país”.

Fabiana é uma das jogadoras mais respeitadas do país, não apenas pelo que demonstra em quadra, mas sim pelo caráter, personalidade… É bom levar muito em considerações as palavras dela.



  • Marcelo

    Seu time é a favor do ranking querida, jogue mais e fale menos.

    • Kaio

      Pois é, além disso o SESI inflacionou o mercado pagando o dobro para tirar os atletas das equipes adversárias, fale menos no Twitter e participe mais das reuniões da CBV, ou será que sem o texto pronto da assessora não rola?

    • Mateus

      Estou de acordo, Marcelo. Só vejo lamentações de vários jogadores, mas atitudes, NADA. Organizem-se e façam greve, não entrem em quadra. Os times concordam com o ranking e todas as exigências da TV. Uma vez li uma entrevista do Luizomar dizendo que “o vôlei tinha batalhado muito pra conseguir ‘aparecer’ na TV e que arrumar briga agora, por causa da final em jogo único, seria desnecessário e prejudicial”. Então está aí, enquanto a postura de jogadores, treinadores e dirigentes não mudar, a situação continuará a mesma: debandada de jogadores, patrocinadores, público.

  • André

    Daniel, a Paula pequeno realmente sairá do Brasília e irá para o Maranhão?

  • Edu

    Fabizona apareceu em Saquarema para treinar essa semana contrariando seu pedido de dispensa de três meses.E preciso filtrar a sua declaração.Primeiro que ela esta bastante contrariada em aceitar a redução considerável no seu novo contrato pelo Sesi.Segundo , o que se comenta no mercado, e a jogadora brasileira que detinha o melhor contrato da Superliga e o Sesi colocou a seguinte definição ou aceita ou obrigado pelos serviços prestados.Outro boato da conta que pelo Talmo ela pode ir embora, sim senhora.Quanto a realidade de mercado ela tem muita razão em elencar o retrocesso da Superliga e a fragilidade corrente das equipes participantes.Não se houve nada a respeito da construção de elenco do Maranhão, do S.José(feminino), pouca coisa do S.Bernardo (feminino) e nada do masculino.Como do Brasilia se tem algumas confirmações verbais e quase nada de forma oficial.A proposito, Fabizona ainda não foi anunciada de forma oficial como renovada pelo Sesi. E a realidade internacional também tem demonstrado seus desajustes como a renuncia do Rabita Baku em disputar a CL por crise financeira para montar elenco.Justo o time que durante certo período pagou a maior folha salarial do voleibol feminino mundial e a dispensa coletiva enorme do Fenerbache das chamadas estrangeiras.Praticamente só preservando a Lucia Bosetti e a Kim em decorrência da forte crise financeira daquela agremiação que tem atrasado até salários de seus jogadores de futebol.

    • Marcelo

      Nossa, a Bosetti ficou e a Hildebrand foi dispensada? Segundo você a italiana era reserva da americana…

      • Edu

        Eu não disse isso jamais.Eu disse que a Hildebrand estava perdendo espaço tanto na seleção estadunidense que de capitã passou a nem ser mais relacionada pra banco.A Bosetti adquiriu lugar na equipe do Fenerbache entrando mais tarde na temporada por uma lesão parcial de ligamento cruzado na preparação da seleção italiana para o Mundial.Mesmo com seu 1, 74cm pouca estatura para as ponteiras atuais.A Hildebrand, por consequência, foi perdendo espaço também nem era também mais relacionada para banco do Fenerbache.Coisa impensável para uma jogadora estrangeira contratada.A Hildebrand foi convocada na lista das 25 jogadoras para treinamentos da seleção dos EUA ignorando, pela comissão técnica, essa fase adversa.E uma jogadora desempregada que serve a seleção como neste momento exato a libero da Turquia que esta jogando contra a Alemanha pelo Montreux e perdendo de 2 X 0 foi dispensada pelo Vakifbank após dois títulos europeus e dois mundiais e quatro anos de clube.Por favor, não confunda alhos com bugalhos.

        • Marcelo

          Se estrangeira não banca o que a Bauer fez durante as últimas duas temporadas? Kristin foi convocada após um temporada fraca, Easy e Dietzen também mesmo não tendo pisado em uma quadra de vôlei nos últimos meses.

          Karadayi não está desempregada, ela vai para o mesmo Fenerbahçe que você diz estar na pior.

          • Edu

            Eu não disse de forma peremptória.Não sou vidente ou dirigente daquela associação.Basta acompanhar o noticiário internacional e a ruína financeira do clube é publica na Turquia.Tenho minha opinião e desconsidero que ela esteja acima de qualquer outra. Prefiro exercer minha tolerância e respeitar outras opiniões como a sua.Hoje dia 28/05/15 ela esta desempregada já que foi oficialmente desligada do Vakifbank e não anunciada oficialmente pelo Fenerbache.Não seria leviano em afirmar que ela vai para o Fenerbache porque você é o agente dela.Passar bem.

  • Eron

    O time, não ela. Ela joga muito e isso lhe dá todo o direito de falar.

  • marcian

    Está certíssima ela. O clube dela e vários outros sao a favor do raking, o que mostra conivência, a crise está ai em todo os setores, e em outros lugares do mundo, e por ai vai, mas o que ela disse não há o que contestar, os fatos são esses e ponto! O vôlei Brasileiro caminha pra um patamar abaixo do que foi nos últimos anos, essa é a tendencia mais que evidente, não sei se irá ao fundo do poço, acho que não é pra tanto, mas é sim plenamente justificável a preocupação com o futuro do esporte.

  • Bernardo

    Infelizmente o vôlei só terá o respeito e organização que merece depois que estiver no fundo do poço. Agora que ainda estamos entre os melhores ninguém faz nada, quando não conseguirmos mais brigar por medalhas é que os cartolas irão se mexer.

  • Billy

    Prá mim a Fabiana é a Regla Torres(Cubana) aqui do Brasil.Central alta e muito eficiente (espero que continue assim por muitos anos ainda).Falando ainda das cubanas,acompanhei toda aquela geração(quase imbatível da década de 90)e prá mim a MAGALYS CARVAJAL era ainda mais superior que a Regla Torres.Além de craques,como elas eram briguentas…

  • aline

    Fabiana, a eterna CAPITÃ FABIANA, sempre guerreira, sempre focada, sempre atuante. Parabéns Fabiana por seu preocupar não só consigo mesma, mas com o voleibol em geral!
    É inadmissível que CAMPEÃS OLÍMPICAS como PAULA, MARI e CAROL ALBUQUERQUE estejam DESEMPREGADAS NO PAÍS QUE VAI SEDIAR AS OLIMPÍADAS!!!
    Eu me pergunto, pra quê sediar as Olimpíadas?
    Só para desviar dinheiro em obras mirabolantes que nunca acabam?
    Cadê a FORMAÇÃO DE ATLETAS?
    O RIO de JANEIRO,sede olímpica, nem tem sequer um time de vôlei na SUPERLIGA MASCULINA!!!
    É muito difícil a seleção feminina buscar o Ouro em 2016, em 2012, foi a união das jogadoras lideradas pela Capitã Fabiana que falou umas verdades para o Zé, que deu a volta por cima e conquistou o OURO. Claro que os EUA contribuiu ajudando o Brasil a se classificar…
    Não me entra na cabeça que a seleção BICAMPEÃ OLÍMPICA está fora da COPA DO MUNDO!!!
    FABIANA ESTÁ CERTÍSSIMA “causa preocupação a crise que se abateu sobre o vôlei brasileiro!!! Uma seleção BICAMPEÃ OLÍMPICA não disputar um TORNEIO DO NÍVEL DE UMA COPA DO MUNDO mostra sinais de EXTREMA FRAQUEZA DOS DIRIGENTES, DA CBV, e do VÔLEI NACIONAL!!!
    Vale sempre ressaltar que:
    1. Os EUA foram sede das Olimpíadas 1996 e disputaram a COPA DO MUNDO 1995.
    2. O Japão será sede das Olimpíadas 2020 e já é o primeiro país confirmado na COPA DO MUNDO 2019.
    E o BRASIL???
    RANKING??? Pra que serve o ranking??? Só serve pra deixar os clubes brasileiros em desvantagem no CAMPEONATO MUNDIAL DE CLUBES!!!
    Com tantas finais entre REXONA E MOLICO pra que serve o ranking? Só para deixar as jogadoras em situações constrangedoras como foi com a JAQUELINE e muitas outras.

    • Kaio

      Esse papo de novo? Fale mais sobre a participação da China na Copa do Mundo de 2007.

  • Lucas

    Toda profissão tem desemprego, inclusive a de atletas. Num ano em que a crise econômica apertou e o desemprego vem aumentando em todos os setores, normal que o desemprego aumente também no vôlei.
    Um fato que atrapalha muito a contratação de jogadoras é a indefinição de qual time vai se manter na elite. Por que são José, Maranhão e uniara não disputaram a permanência enquanto aconteciam os playoffs?
    Se a Fabiana está preocupada com suas amigas famosas(Paula pequeno, Mari, elisangela, erika e afins), saiba ela que se essas jogadoras compreendessem que já não jogam como antigamente e, por isso, devem reduzir suas pedidas salariais, todas elas estariam alocadas em algum time.
    Não dá pra ganhar como campeã olímpica pra sempre sendo que o rendimento é de jogadora mediana…

  • marcio couto

    Como capita da selecao ela tem todo direito de se posicionar sobre a realidade do volei brasileiro.

    • Kaio

      Você tem toda razão! Mas porque ela só faz isso nas redes sociais e não nas reuniões da CBV?

  • Marcos

    Grave também é a limitação por parte da CBV do numero de equipes para disputar a superliga.
    Se houver mais equipes, certamente não faltará emprego.
    A CBV deveria rever, pois aqui não é igual na Itália que pode se dar ao luxo de ter liga A,B,C,D.etc…

    Outro fato é que alguns atletas ficam na mão de poucos procuradores que mandam no mercado e até em algumas equipes.

MaisRecentes

Definidos os grupos do Mundial masculino de clubes



Continue Lendo

As quartas de final do Paulista masculino



Continue Lendo

Bruninho e Renan analisam conquista



Continue Lendo