Europeu masculino entra na reta final



Bulgária, França, Rússia e Polônia são os quatro primeiros classificados para as quartas de final do Campeonato Europeu masculino.

O quarteto terminou a primeira fase na liderança dos respectivos grupos e agora espera a definição dos adversários, que sairão dos seguintes confrontos: Itália x Finlândia, Sérvia x Estônia, Holanda x Eslovênia e Bélgica x Alemanha.

Ontem, alguns jogos foram bons aperitivos para a reta final da competição. Em Turim, a Itália, já classificada para a Rio-2016, empolgou a torcida ao abrir 2 a 0 sobre a França. Mas a atual campeã da Liga Mundial reagiu e venceu no tie-break, parciais de 23-25, 21-25, 25-19, 25-17, 15-13. O ponta Ngapeth, com 21 acertos, liderou os Bleus, seguido pelo oposto Rouzier, com 17. Chama a atenção o desempenho francês no saque, com 11 pontos. Pela Azzurra, Juantorena e Lanza fizeram 16 pontos, um a mais do que Zaytsev. Já o central Piano anotou sete pontos no bloqueio.

Ngapeth festeja com torcida francesa em Turim (Divulgação CEV)

Ngapeth festeja com torcida francesa em Turim (Divulgação CEV)

Outro confronto de gigantes aconteceu em Busto Arsizio, também na Itália. A Rússia derrotou a Sérvia por 3 a 1, parciais de 25-23, 21-25, 25-18 e 25-20. Mikhailov e Muserskiy, com 19 e 18 pontos, respectivamente, lideram os russos. Já os sérvios, que haviam tido muita dificuldade contra a Eslováquia, tiveram o oposto Atanasijevic, com 13 pontos, e o central Lisinac, com 12.

Em Sofia, a Bulgária fez a alegria da torcida ao bater a Holanda no tie-break (29-27, 20-25, 28-26, 23-25 e 17-15). Parciais que mostram o equilíbrio do duelo, que teve o oposto búlgaro Vladimir Nikolov como maior pontuador (27 acertos).

Para encerrar, veja quem os classificados esperam na próxima fase:

Bulgária x Bélgica ou Alemanha

França x Sérvia ou Estônia

Rússia x Itália ou Finlândia

Polônia x Holanda ou Eslovênia

 



MaisRecentes

Brasil impõe primeira derrota à Turquia na Liga das Nações



Continue Lendo

Entrevista com Kerri Walsh, três vezes campeã olímpica



Continue Lendo

Vaivém: Oposto troca Sada/Cruzeiro por Ribeirão



Continue Lendo