“Está ficando sem graça”. Milton Leite resume a vitória da Unilever



O narrador Milton Leite, do SporTV, resumiu bem a vitória incontestável da Unilever sobre o Vôlei Futuro por 3 a 0 (25-17, 25-13 e 25-15), em Araçatuba, na abertura do playoff semifinal.

A declaração foi dada na reta final do terceiro set, após um sequência de três bloqueios das cariocas. No total, foram 19 acertos neste fundamento, uma marca incrível para um jogo de apenas três sets, ainda mais contra um rival do mesmo quilate.

Para quem não viu o jogo, um resumo. O Vôlei Futuro pecou no passe, no saque, no ataque, na defesa, no levantamento, demonstrou abatimento e nenhum poder de reação.  Já a Unilever sacou com eficiência, desperdiçou poucos contra-ataques, jogou quase sempre com o passe na mão, o que é fatal para quem tem Fernanda Venturini no levantamento, e ainda defendeu com muito volume. Por fim, bloqueou horrores.

Venturini levou o Viva Vôlei, mas eu daria para Regiane, talvez a menos badalada das titulares de Bernardinho.

Vale lembrar também que o Vôlei Futuro ainda não havia perdido em casa na competição. Escolheu uma péssima hora. Pior. De uma forma até vergonhosa.

Depois do que vi hoje, diria que o time carioca tem uma mão e meia na vaga na decisão.



MaisRecentes

Brasil bateu recordes no Pan. Mas os vôleis ficaram devendo



Continue Lendo

Coluna: Brasil precisa aprender a perder



Continue Lendo

Passe virou a dor de cabeça do Brasil



Continue Lendo