“Esse Lorena joga muito”



A frase acima é do meu sogro, que assistiu comigo à grande vitória do Vôlei Futuro sobre o RJX, por 3 a 1, neste Domingo de Páscoa.

Ele conheceu um pouco mais hoje do oposto Lorena, melhor jogador na vitória dos paulistas em pleno Maracanãzinho, principal responsável pela realização do terceiro confronto para definição do segundo finalista da Superliga, na próxima sexta, no Plácido Rocha, em Araçatuba.

– É aquele de Montes Claros?

– O que ele está jogando é brincadeira.

– Ele vira bola de todos os cantos da quadra. Mas também erra algumas, hein!

Na verdade, centenas de milhares de pessoas que pararam à frente da TV puderam ver que o vôlei brasileiro é muito maior do que os conhecidos atletas da Seleção Brasileira. E muitos novos fãs do esporte devem ter feito alguns comentários semelhantes aos descritos acima sobre Lorena.

Apagado no primeiro set, que terminou com vitória do RJX, ele se ligou no jogo após um bate-boca na rede, até bem exagerado e que terminou sem qualquer punição, com Theo na segunda parcial. A partir daí parece ter adquirido a energia que precisava para comandar a virada. Naquele momento, um erro da arbitragem que permitiria o Vôlei Futuro abrir 19 a 15 quase custou a reação. Mas o time visitante não se abalou e usou aquilo como outro combustível.

– Estamos jogando contra tudo e contra todos – foi possível ouvir os jogadores falando durante um tempo técnico.

Para quem não conhecia Lorena, é assim que ele gosta de jogar. Pressionado pelo torcida, vibrando como se cada ponto fosse o último, chamando a responsabilidade. Muitas vezes exagera na dose, passa a errar demais, mas não é o maior pontuador da competição à toa.

A energia contagiante do oposto canhoto contagiou outros jogadores, como o central Vini, destaque na reta final do quarto set no saque e no ataque. Outro jogador que o “grande público” não conhecia tão bem, mesmo tendo sido campeão da Superliga na temporada passada pelo Sesi, com atuação marcante na decisão.

Esse é o bem que a TV aberta faz para o esporte. Levar figuras conhecidas por um público restrito para outro patamar. Não duvido que a próxima pergunta que ouvirei do meu sogro será:

– O Lorena vai ser convocado pelo Bernardinho, né?



MaisRecentes

Fernanda Tomé é novidade em nova lista para o Mundial



Continue Lendo

Vaivém: Mais uma estrangeira na próxima Superliga



Continue Lendo

Simon veste camisa do Civitanova. Vem novela judicial aí!



Continue Lendo