Esqueçam o que eu disse



“Nesta semana, pela primeira vez, estarão sentados na mesma mesa, em São Paulo, os vários lados envolvidos nas discussões. Entidade, representantes dos clubes, treinadores, a recém-formada Comissão de Atletas, além da Rede Globo, detentora dos direitos da Superliga e também da palavra final para que várias sugestões se transformem em decisões tomadas”.

Esse foi o segundo parágrafo da minha coluna publicada no LANCE!, no domingo. Mas ela ficou desatualizada mais rapidamente do que eu imaginava. Segue o link para quem não leu ou quem quiser relembrá-la: http://blogs.lancenet.com.br/volei/2013/04/21/coluna-de-domingo-volei-brasileiro-e-a-chance-unica-de-mudar/

A tal reunião que discutiria novos rumos para o vôlei brasileiro foi cancelada pela CBV. Antes de uma nova opinião sobre o acontecido, já que eu estava otimista com o encontro de todos os lados envolvidos na história, darei um tempo para entender os bastidores. E olha que eles estão quentes, muito quentes, meus nobres internautas.



MaisRecentes

Brasil leva virada dos Estados Unidos em terceiro amistoso



Continue Lendo

Vaivém: Fronckowiak anunciado por clube polonês



Continue Lendo

Entrevista Skowronska: “Estou apaixonada pelo Brasil”



Continue Lendo