O esporte como ferramenta de integração social



O esporte ensina. Mesmo quem nunca pisou em uma quadra esportiva sabe que esta afirmação é genuinamente verdadeira. E mais do que isso, o esporte pode ser também um grande aliado para os pais que se preocupam em ensinar aos filhos valores importantes como o respeito, responsabilidade, superação, preparando as crianças para os desafios da vida adulta. Por isso, investimos na ampliação da Copa NESCAU Jovem Pan. Nossa competição estudantil chega à terceira edição neste ano e reúne 5 mil jovens atletas, entre 10 a 14 anos, da rede pública, privada, ONGs e associações, clubes e demais instituições. Serão centenas de jogos até o dia 12 de novembro.

A Copa NESCAU Jovem Pan conta com disputas em cinco modalidades: os tradicionais futsal, vôlei, basquete, handebol e a novidade deste ano: atletismo – com corrida de velocidade e corrida de revezamento mista – com equipes compostas exclusivamente por meninos e meninas. Mas acreditamos que é preciso ir além. Por isso, incluímos a disputa de uma partida exibição entre o Vôlei Nestlé e a seleção brasileira feminina de vôlei sentado.

Integração entre vôlei e vôlei sentado (Divulgação)

Integração entre vôlei e vôlei sentado (Divulgação)

A ação fez parte da cerimônia de abertura e teve um grande impacto no público presente. Na Copa NESCAU, unimos meninas e meninos, a seleção paralímpica e o Vôlei Nestlé, além de diferentes modalidades. É muito gratificante ver que, no esporte, não há barreiras e todos aprendem.

Ver os olhos das crianças brilharem ao assistir o jogo, perceber as dificuldades, criar empatia e, depois, praticar o vôlei sentado, pois todos foram convidados a vivenciar a modalidade após a exibição dos times. Isso faz a gente voltar para casa com sentimento de gratidão e a esperança de ajudar a formar uma geração mais confiante e inclusiva.

A realização da Copa NESCAU Jovem Pan faz parte das ações desenvolvidas pela marca NESCAU® para estimular a prática de esportes, destacando a sua importância como ferramenta fundamental para fortalecer a autoconfiança de crianças e adolescentes, preparando-os de maneira essencial para o futuro.

Para nós, isso vale para todas as crianças. Por isso, já estamos trabalhando para que na competição de 2018, tenhamos equipes inscritas em modalidades paralímpicas e possamos oferecer, de forma cada vez mais ampla, esporte para todos. Porque o esporte ensina.

Rodrigo Lopes, gerente de marketing de NESCAU e bebidas Nestlé



MaisRecentes

Dia de aplaudir o Zenit Kazan



Continue Lendo

Praia x Minas e Sesc x Vôlei Nestlé. Quer mais?



Continue Lendo

Agora líbero, Murilo volta a ser relacionado após 8 meses



Continue Lendo