Especial Superliga masculina



Cinco times, 12 jogadores da Seleção Brasileira que foi terceira colocada na última Copa do Mundo, dois cubanos bons de bola e muita gente que seria titular em 90% das seleções mundo afora.

Sem bola de cristal, vejo o título da Superliga masculina nas mãos do quinteto Sesi, Sada/Cruzeiro, RJX, Vôlei Futuro e Cimed/Sky. Fiz questão de colocar os times-base para mostrar a força de cada um (confiram abaixo).

Se tivesse de escolher apenas um favorito hoje, votaria no Sesi. Atual campeão, manteve a base da última temporada e contratou muito bem. Além da força dos titulares, possui um banco que dá boas opções para Giovane Gavio, um técnico cada vez mais amadurecido e competente.

No papel, o RJX é uma seleção. Mas teve muito pouco tempo de treino com toda a base. Deve demorar um pouco mais para deslanchar e isso é perigoso em um torneio que promete ser tão equilibrado. A dupla Marlon/Dante será o ponto de equilíbrio dos cariocas.

Vice na última temporada, o Sada/Cruzeiro manteve quase toda a base, trocando apenas Léo Mineiro pelo cubano Yadier Sanchez. Gosto muito do estilo do “Mago” William e cada vez mais vejo o oposto Wallace como o maior talento da nova geração.

O Vôlei Futuro, por sua vez, trocou vários figurões da última temporada por apostas pontuais, como Lorena, Tiago Brendle e Maurício. É o único do quinteto que não tem jogadores da Seleção Brasileira e por isso teve tempo para treinar e jogar. Se melhorar o aproveitamento de passe que teve no Paulista, vai possibilitar que Ricardinho seja o diferencial.

Por fim, a Cimed/Sky é a junção do time catarinense com o Pinheiros do ano passado. Ambos ficaram devendo, mas tem um time titular de respeito, que pode dar liga. Giba voltou a jogar bem pela Seleção e será o pilar mais importante para o time deslanchar.

Sesi: Sandro, Wallace, Murilo, Léo Mineiro, Sidão, Rodrigão e Escadinha.

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Filipe, Yadier Sanchez, Douglas Cordeiro, Acácio (Rogério) e Serginho.

RJX: Marlon, Théo, Dante, Chupita, Lucão, Riad e Alan.

Vôlei Futuro: Ricardinho, Lorena, Camejo, Bob, Maurício, Michael e Tiago Brendle.

Cimed/Sky: Bruninho, Rivaldo, Giba, João Paulo (Renato), Gustavo, Eder e Thales.

Um degrau abaixo, Vivo/Minas, BMG/Montes Claros e Medley/Campinas completam os meus escolhidos para os playoffs.

 



  • Adriano

    Esse ano acho que a disputa está menos equilibrada que nos dois últimos anos, interessantemente.

    Vejo Sesi, RJX e Cimed como os três grandes favoritos. O Sada, embora tenha se reforçado, vem como quarta força, e precisará surpreender de novo pra chegar à final. O VF contratou mal (ao invés de dois líberos muito bons, um monte de centrais meia boca e alguns ponteiros que se equivalem, podia ter investido em mais algum estrangeiro de alto nível, que fizesse a diferença, fosse ponta ou meio), e dificilmente entra na briga por título.

    Acho também que a tendência é que as outras três vagas sejam preenchidas por Minas, Montes Claros e Medley (a menos que o São Bernardo surpreenda), então, em termos de classificação, não vejo uma disputa muito equilibrada pela frente.

    Ano passado, o campeonato estava mais interessante, em termos de briga por classificação. Esse ano, tenho a impressão que as forças ficaram mais concentradas em menos equipes, então espero disputas emocionantes mesmo só a partir das semifinais.

  • Diogo Márcio

    Sesi – Tem uma verdadeira arma de ataque e defesa, podemos ver os reservas atuando no paulistão que iram manter o nível técnico dos titulares.
    Craque do Time: Murilo /// Ficar de Olho: Wallace

    Cruzeiro – Com uma arma nova na ponta, Yadier Sanchez, pode ser a surpresinha que o time vai usar para essa temporad, que ainda conta com apoio da torcida fanática.
    Craque do Time: Wallace /// Ficar de Olho: Yadier Sanchez e William

    RJX – Novo só no papel, pois o time já montou uma grande equipe tirando o central do Trentino e ponteiro do Dinamo Moscow.
    Craque do Time: Dante /// Ficar de Olho: Riad

    VF – Um dos principais levantadores da história do Brasil vai precisar correr muito, pois o time não se caracteriza pela boa recepção. Em contra partida, o time não deixa a desejar no ataque e ainda tem 2 grandes liberos.
    Craque do Time: Ricardinho /// Ficar de Olho: Thiago Brendle e Mário Jr.

    Cimed – Tradicional time da SL, aposta em um levantador que conhece bem os seus atacantes, que possuem passagem pelo seleção.
    Craque do Time: Giba /// Ficar de Olho: Gustavo e Bruno

    Minha aposta ao titulo: Sesi

    P.s. Parabenizar o time do Minas que aposta em 6 juvenis, sendo 2 titulares, Lucarelli e o Otávio.

  • Carlos Eduardo BH

    Aposto numa final entre Cruzeiro e Cimed.

  • Elcio

    Esperem uma grata surpresa nessa Superliga…. na final a gente vai se encontrar…

  • emanuella

    acho que o Sesi é o favorito, o time desse ano ainda é melhor que o do ano passado, e tem um banco bom, só descordo que o técnico Giovani é bom, acho ele fraco demais, só tem mesmo é capacidade de arrecadar dinheiro, isso não se pode negar.
    VF também é um melhor time que o do ano passado, Brendley é o futuro libero da seleção, a posição que enfraqueceu em relação ao ano passado foi o central, a troca de Vini por Lucão é muito diferente. tem uma bomba relógio no time, o Lorena, aguardo muito por brigas entre ele e Ricardinho, isso será o melhor de se ver no VF esse ano. Acho que não chega na final novamente, se ano passado não deu esse ano será mais difícil.
    RJX chegou com tudo, e já tem o entrosamento da seleção, fora que tem o Allan de libero, o repatriado e reserva no melhor time do mundo no ano passado, Riad, e o Chupita, uma surpresa para muitos no Pan. Acho que será o outro finalista.
    Cimed, ganhou uma sobrevida com a fusão com a SKY, que de brinde trouxe Giba e Gustavo. O time que sempre teve jovens e revelações no time, hoje aposta por um time de velhos, com vários jogadores acima dos 30 anos. Tem que ver em que estado todos eles estarão até maio para alçar voos maiores.
    Cruzeiro, perdeu um especialista em passe, para trazer um cubano, que normalmente não são muito bons nisso, esse ano o Willian terá um pouco mais trabalho no passe, já que no ano passado estava fácil para ele nesse quesito.

  • Rubens

    Eu não acho o time do Volei Futuro no mesmo nível de Sesi, RJX, Sada e Cimed, principalmente por causa dos centrais. É um ótimo time, assim como acho Vivo e Campinas também incomodarão muito, mas não acho que esteja exatamente no mesmo nível dos 4 primeiros.

  • GRACA

    Daniel so’ discordo de uma coisa: nao acredito que o VOLEI FUTURO MASCULINO esteja entre os favoritos, no feminino o VOLEI FUTURO e’ um timaco, mas no masculino acredito que esteja atras do VIVO/MINAS e do BMG/MONTES CLAROS.

  • Bruno

    Galera, SADA Cruzeiro vem muito forte de novo.Apesar de nao ter em seu elenco jogadores de midia, possui excelentes atletas. Sesi favorito. Cimed, Giba e Gustavo não jogam em altíssimo nível. RJX pode levar tempo pra entrosar, classificar mal e pegar uma pedreira nas quartas.Volei Futuro, bem mais fraco esse ano.

  • juliana

    fato cimed sky por ter um elenco vide ontem o time tem uam caracteristica sutestanta pelo alcerce do trio renato eder e bruno

MaisRecentes

Os duelos da Copa Brasil feminina



Continue Lendo

Lances do clássico Vôlei Nestlé x Sesc



Continue Lendo

Coluna: O maior desafio do Sada/Cruzeiro no Mundial



Continue Lendo