Entregada? Cuidado ao criticar!



Já vejo muita gente comentando em redes sociais que a Itália entregou para o Irã, agora há pouco, (3 sets a 0: 25-18, 25-20 e 25-15) para prejudicar o Brasil na Liga Mundial.

Devagar com o andor porque o santo é de barro, já dizia a minha avó. Mas vamos aos fatos:

A Itália já está classificada e tem direito de jogar com seus reservas. Esta é a forma prática de encarar a escalação de um time B da Azzurra contra o até então lanterna do Grupo A.

A Itália está engasgada com o Brasil desde 2010 e uma hora iria se vingar. É a outra forma de ver o resultado. E aí teremos de lembrar que a Seleção escalou o oposto Theo como levantador na segunda fase do Mundial da Itália,  diante da Bulgária, em Ancona, já que Marlon estava fora de combate e Bruninho, gripado, acabou poupado. Os torcedores italianos presentes no ginásio xingaram, vaiaram, deram as costas para a quadra e acusaram o Brasil de perder de propósito para ter um caminho mais tranquilo naquela competição. O discurso verde-amarelo foi o da necessidade. E, para os pachecos, os fins justificaram os meios após a conquista do tricampeonato mundial, derrotando a própria Itália, na semifinal, e Cuba, na decisão.

Delicada essa situação. Foi vergonhoso ver in loco aquele Brasil x Bulgária, quatro anos atrás. E eu não duvido de um troco italiano, já que o resultado influenciou diretamente uma possível desclassificação brasileira ainda na primeira fase desta Liga Mundial.

 

 

 

 

 



  • Valdir

    Eu até to torcendo pro Brasil não passar a fase final, voltar pra casa e se preparar adequadamente pra defender o título no mundial.

    • Almir

      É doído, mas terei que concordar contigo…o time parece um catadão, daqueles campeonatos de fim de semana entre amigos…

  • Lilika

    E quem diria, o troco rsrs…apesar de achar aquele jogo absurdo, o Brasil não desclassificou ninguém naquela ocasião fazendo aquela entregada básica pra Bulgária, apenas se privilegiou de viajar menos…na verdade a Itália era a beneficiária principal daquele regulamento doido pq ia ter caminho fácil até a final, mas aí não esperavam encontrar o Brasil na semi né…essa birra dos italianos é por causa disso, convenhamos…de qualquer maneira, não se pode esquecer o discurso uníssono e ensaiado de todos depois daquela derrota pra Bulgária…e posterior, da entevista do Mario Jr depois da conquista do titulo, falando da entregada, e desmentida menos de um dia depois pelo mesmo (foi obrigado a desmentir haha)…então sei lá rsrs…mas se seleção brasileira não fez sua parte de forma decente nessa Liga Mundial, não vai querer esperar que a Itália e Polônia a façam, voltem pra casa e pode botar esse pessoal pra trabalhar melhor, pq a coisa tá feia…

    • Rodrigo

      e se não me engano a Rússia entregou para a Espanha no mesmo campeonato mas os italianos nunca engoliram a hegemonia do Brasil… tanto que foram em peso torcer para Cuba hehehehe

  • Felipe

    Acho pouco!!!
    Já passou da hora do Bernardo descansar, ele já fez muito pela seleção e deve dar lugar a outros treinadores.

  • Lilika

    Não há nada tão ruim que não possa ser piorado…a seleção perdeu para a Polônia por 3×1 agora….affffff.

  • klaus

    Acho uma hipocrisia a Itália e demais times se sentirem ofendidos com a derrota do Brasil perante a Bulgária.O Brasil jogou com o regulamento, aliás, esse feito pra beneficiar a Itália descaradamente, colocando somente ela de um lado da chave e os outros times fortes da outra.Até parece que a Itália nunca perdeu um jogo para se beneficiar.Quantas vezes vi time perdendo jogo para fugir de cruzamentos considerados difíceis.É certo isso?Pra mim não, mas daí a crucificar o Brasil como se fosse o único que fizesse isto, como adora fazer um blogueiro ressentido de um portal famoso, é injusto.O Brasil não está bem ,é óbvio que não, aliás como pode um time ganhar se não tem líbero em quadra.Que essas derrotas sirvam pra mostrar o quanto o time precisa evoluir.

    • Mister Volei

      Voçê quis dizer o quanto esse time precisa mudar(de jogadores principalmente)!

    • daniel

      Concordo. O último Mundial teve um regulamento nojento, feito exclusivamente para enfiar o modesto time italiano na final. Enquanto isso, Brasil, Rússia, Cuba e Sérvia teriam que se matar para ter a honra de enfrentar a Itália na final. O Brasil foi lá e acabou com essa palhaçada. É como a vítima que mata o assaltante e no fim é considerada culpada. Enfim, estamos no Brasil, o país da hipocrisia. Eu que estava revoltado com aquele regulamento absurdo, achei ótimo o Brasil ter se rebelado.

  • Lais

    Quem com ferro fere com ferro será ferido, se o Brasil tivesse feito sua parte não dependeria de outros resultados.

  • CCCP

    Aquele regulamento do campeonato de 2010 foi a coisa mais vergonhosa que eu já vi no esporte!
    Foi feito sob medida para prejudicar o Brasil e favorecer a Itália. Onde já se viu um regulamento onde o 1° colocado de grupo iria para uma chave com Russia, Servia e Cuba, enquanto o segundo enfrentaria Rep. Tcheca, Alemanha e Itália. Em um grupo estariam todos os vencedores de suas respectivas chaves e enquanto no outro Itália e refugos mundiais. VERGOGNA ITALIA!!!

  • Logan

    Essa é a famosa situação: pimenta no dos outros é refresco! Só que agora a pimenta está no do Brasil. Independente do que a Itália esteja entregando ou não, o fato é que o Brasil não ganhou seus jogos para depender só de si.

  • André Moreto

    O Brasil não merece a classificação. Tem que voltar para casa mesmo.

  • Mario

    Nada de culpar Itália ou quem quer que seja. Brasil perdeu e se deu mal na quadra, por não jogar o que deveria. Pior que isso, é ver a seleção titular, completa, perder deste modo, enquanto os outros dão espaço para novos, testam, se preparam para o Mundial. O que é Bruno permanecer e não colocar Rafa com Walace? O que é Murilo, fazendo um ponto, com os comentaristas tipo Marcos de Freitas absurdamente defendendo, dizendo que é jogador de composição e está voltando de cirurgia? Pelo amor… menos, muito menos…e ainda jogando responsabilidade para o único jovem, atacante de fato e maior pontuador – Lucareli. Cadê Lucas Ló? Cade os outros meios? Cadê o bom senso? Oras, não há nem o que dizer. Só a lamentar. E o feminino, aliás, caminha pelos mesmos trilhos. E não adianta depois vencer, às custas sei lá de quê, algum título. Porque título merece o melhor. Como Brasil feminino não mereceu ouro em Londres, o masculino, jamais merece qualquer coisa nesta Superliga.

  • marcian

    Brasil de 2016 Brasil das olimpiadas no Rio. Será vergonhoso.

  • iuri

    Arrasou, Daniel! Falou e disse! Enquanto isso , somos obrigados a ouvir Nalbert e cia falando abobrinha na tv, dizendo que a Italia é mau carater e obvio vai entregar. Bernardinho nao só fez aquela cagada no mundial 2010 como tb nas Olimpiadas de Atenas escalou o time reserva contra os EUA pra tentar nao cruzar com a Russia ou Servia em uma fase seguinte…ninguem lembra disso??? Eu lembro muito bem! Naquela ocasiao, Brasil ja estava classificado pras quartas e em 1o lugar.
    Ora pois, se a Italia ja tem a vaga garantida nas finais da Liga, porque raios nao pode descansar seus jogadores tambem????!!!!!!!! Dois pesos, duas medidas?!?
    Brasil tem que ganhar NA BOLA e depender de matematicazinha pra passar de fase num grupo em que 3 de 4 passam é vergonoso. Isso nao é a cara dessa selecao. A selecao esta totalmente descaracterizada, principalmente por conta de um levantador fraco e em franca decadencia (Bruninho) e de centrais que nao chamam o jogo nunca. Lucao parece infanto em alguns lances! Fora Bruninho, fora Lucao, fora Murilo!!!

    • Edu

      Eu vi três declarações do Nalbert em programas do Sportv.Primeira, falando que entregar o jogo não era incomum no vólei mas condenável do ponto de vista esportivo.Citando que a Itália poderia supostamente facilitar o jogo com a colocação dos reservas contra o Irã.Mas estava dentro do regulamento e poderia fazer isso.A última , que achei mais relevante, e o embaraço do Brasil não se classificar tendo a facilidade de ser até terceiro numa chave de quatro.Isso já foi um privilégio de regulamento.Facilitação, dependendo do ponto de vista.

    • perikito

      Em 2004, no jogo em que o Brasil enfrentou os Estados Unidos na primeira fase, a escalação não tem nada de absurda. Estávamos classificados, então Bernardo alterou a dupla de ponteiros e um dos centrais. Pôs Giovani e Nalbert – este último era titular antes de se lesionar, e, como estávamos garantidos na fase decisiva, precisava ganhar ritmo de jogo, assim como o outro ponteiro. O central “reserva” (já que nunca houve titularidade absoluta na vaga de segundo central) escalado foi Rodrigão, no lugar de André Eller, que fez dupla com o mais forte dos 3 centrais: Gustavo.

      Nas demais posições, a escalação foi a mesma: Ricardinho, André Nascimento na saída, Serginho. Com a perda do primeiro set, André Eller foi escalado para o set seguinte no lugar de Gustavo, e Dante reassumiu a titularidade no lugar de Nalbert, que não rendeu.

      Set perdido mais uma vez, nada mais natural do que trocar de levantador, e Maurício assumiu o time no terceiro set, assim como o Anderson, que vinha rendendo nas inversões. O time reagiu bem, venceu o set e, por essa razão, a mesma escalação foi mantida no quarto e último set, quando perdemos por um placar apertado.

      É importante ressaltar que vencemos essa olimpíada com uma dupla de ponteiros improvável, da mesma forma que aconteceu com o feminino quatro anos depois, com Mari e Paula. Tratavam-se de 2 ponteiros de definição, sem ter o passe como o principal fundamento, mas que viviam uma boa fase nele. Nada mais correto do que Bernardo tentar pôr o Nalbert em quadra, porque se começassem a quinar, ele era, teoricamente, o mais gabaritado para assumir o fundamento com o líbero.

      O que quero dizer com isso tudo é que, se houve uma farsa por parte da seleção, ela foi bem montada, porque a escalação estava bem fundamentada.

      http://www.fivb.org/vis_web/volley/mog2004/pdf/match030.pdf

  • Marcos Sorocaba

    Realmente o Brasil não tem méritos para chegar na próxima fase. Com esse passe e saque não dá.
    O Brasil foi o time da década passada, pois tinha na linha de passe excelentes jogadores (Murilo, Dante, Giba e Serginho). Isso fazia com que o time desse muita velocidade no jogo. Vejo muitas pessoas falando de panela, mas pelo visto Dante e Serginho estarão no Mundial. Caso contrário só vai passar vergonha. Há muito tempo eu não via um líbero ser coberto por outro jogador. Mário Jr deve ter seus méritos, mas hoje ele não está no nível de uma seleção.

  • Euri

    Deus não fez o mundo redondo à toa. Tudo que vai, volta. E normalmente volta com a força de um meteoro. E o Brasil não merece se classificar, mesmo que a Itália resolva agir de forma mais digna. Um grupo de quatro, com o primeiro colocado já classificado, e o Brasil não consegue nem ficar em terceiro? Não consegue ser melhor que o Irã? Aliás, sejamos justos, o Irã tem feito por merecer essa vaga.

  • Lukas

    Voltem pra casa. Reaprendam o caminho dos saques e da recepção. Se possível reformule a metade do time. Essa história de levar jogador lesionado já rendeu inúmeras derrotas pra Seleção Brasileira inclusive a última olimpíada. É preciso rever conceitos senão vai ser vergonha histórica no Mundial.

  • Jairo(RJ)

    Hoje, o Brasil não precisa se preocupar com a Itália. Tem que preocupar-se consigo mesmo.
    Não temos time, não temos líbero e por isso mesmo melhor será essa desclassificação na liga mundial.

    No jogo de hoje, com 14×10 para a Polônia, no segundo set, o Mario Jr parecia estar muito pouco preocupado com o jogo, e ria… Tomou uma bronca do Xupita. Como continuar e esboçar reação com um jogador sem entrega em quadra.

    Setembro está aí mesmo. Pelo visto o Brasil bem precisaria de um regulamento no Mundial, pois com certeza, como esse time, não passa da primeira fase.

  • Acontece que essa geração é infinitamente inferior àquela que tanto ganhou. Pode comparar Ricardinho e Marcelinho com esses? Giba e Dante com esses? O maior líbero da história, Serginho, com esse? Colocar só a culpa no Bernardinho é uma covardia, embora admita que o mesmo possui uma parcela de culpa.E quando deixar a seleção, certamente terá propostas de várias seleções! Podemos pedir um ou outro nome, mas o que tem é isso mesmo. A Russia já perdeu o Sivohzelez que não joga mais essa temporada, pode perder o Mickailov e o Spiridonov.Até o mundial muita coisa pode acontecer.Até o Brasil se recuperar.

  • Rodrigo Coimbra

    É aquele velho ditado: Aqui se faz, aqui se paga!
    O Brasil não merece mesmo está classificado, para mim, é uma pena Rússia ou Sérvia cair fora (dependendo de uma força da Bulgária quebrar a invencibilidade do seleção USA, que neste momento vai caindo, não sei o resultado final, caso a Bulgária TIVESSE jogado o que ta jogando hoje, o grupo estaria mais embolado), essas sim estam jogando o fino, a Rússia hoje principal potência NO MASCULINO, detalhe, a seleção russa só está passando por isso por ter começado a Liga Mundial com time B e C, foi só pôr o que tem de melhor que começaram a reverter a má fase!!!!!!

  • Aline

    Desde qdo o Iran precisa de ajuda p/ vencer?
    Que eu saiba o Iran venceu os times A de Italia, Polonia, Servia, Argentina etc… em torneios como a COPA DO MUNDO2011, COPA DOS CAMPEOES2013 e LIGA MUNDIAL.
    O vexame e do Brasil precisar de combinacao de reaultados p/se classificar!
    O Brasil nao fez o dever de casa, perdeu para Italia, Polonia e Iran jogando em casa, logo NAO MERECE A CLASSIFICACAO!!!

  • Mister Volei

    O Brasil virou saco de pancadas de todo mundo. Esse time atual é uma verdadeira piada: o líbero não sabe passar e defender, os centrais não bloqueiam, Leandro Vissotto acerta uma bola e era dez, o passe não chega nunca na mão dos levantadores que precisam a todo momento ficarem correndo pela quadra para pegar a bola, os jogadores desaprenderam a sacar(principalmente Murilo e Lucão) aliás diga-se de passagem tem muita jogadora do feminino que está sacando mais forte que eles. Além disso os ponteiros não conseguem fazer as suas funções, se um ponteiro recepciona não ataca e vice versa. Se Bernardinho pretende ao menos ser competitivo no mundial tem que mudar todo esse time urgentemente (pois esse time é uma verdadeira vergonha para o vôlei brasileiro) e convocar jogadores que façam a diferença a favor do Brasil e não contra. Ele tem que Chamar: Evandro(oposto), Líbero ( Serginho do SESI ou do Cruzeiro), ponteiros que desçam a porrada na bola (tipo mão), levantador que dê velocidade ao jogo e não o deixe previsível (William, não temos opção melhor no momento) e Dante que por incrível que pareça está fazendo falta, pois se formos analisar a única mudança do ano passado(onde chegamos a final da liga mundial) e esse ano que seremos desclassificados ainda na primeira fase é a ausência de Dante.

  • sueli marotte

    Quero saber quem escala esses péssimos sacadores porque não é possível que jogadores de seleção, saquem tão mal assim.Ou então o problema é falta de treino. Se não são treinados então, o tecnico deve sair.

  • CCCP

    O que realmente está acontecendo com o Brasil? Desaprenderam a jogar, por acaso?
    Desaprenderam a sacar? Desaprenderam a passar? Saque flutuante virou arma mortal contra o Brasil? Logo o Brasil que sempre se destacou pela excelente técnica de seus jogadores, exímios passadores. Difícil aceitar essa queda absurda de rendimento de nossa equipe e essa perda total de confiança. Com esse mesmo time fomos campeões da Copa dos Campeões em novembro passado. Fomos também vice na Liga Mundial. A exceção de Serginho e Dante, esse foi o time vice campeão olímpico de 2012, jogando um voleibol primoroso. Fomos tricampeões mundiais com Mário Junior titular, Bruninho, Vissotto, Lucão, Dante e Murilo. O único que não está mais no time é o Rodrigão. Não há a desculpa, como tenta nos enfiar goela abaixo Marco Freitas, de que esse time é renovado e inexperiente. Não é! Vejo sim, um abatimento geral e falta de brio nos jogadores. Não vejo Lucarelli e Wallace como jogadores que aguentem pressão. Pelo contrário, na hora da decisão eles somem, encurtam o braço. Vejo jogadores errando recepções e ataques e sorrindo em quadra. Vide Mário Jr. ontem. Um absurdo! (Saudades do Giba!) Falta garra, vibração, liderança, merecimento de vestir a camisa da seleção. Todo respeito construído durante mais de uma década de conquistas está indo por água abaixo nessa Liga Mundial. E é aí que reside o verdadeiro problema. Não é a perda de mais um título apenas que preocupa, mas sim a perda do respeito que as outras seleções tinham pelo “imbatível” Brasil e hoje, já arrisco a dizer, não tem mais. A camisa que pesava a favor, e amedrontava os adversários, passa agora, carregando todas conquistas passadas, a pesar contra. E como pesa. Pesa demais.

  • TEREZA

    Daniel mesmo sabendo que o nosso problema não é só os jogadores de meio você não acha que já passou da hora de Isaac e Éder serem testados

  • rapaz, o que é esse mário Jr????? tem vários liberos no Brasil melhor que ele, se é pra tá ruim desse jeito, tinha levado um libero novo ao menos, pq dava experiência..

  • Marcos Sorocaba

    A Itália pode fazer o que bem entender, mas o fato que USA e Rússia estão alguns degraus acima do demais. Não acredito que a Itália passe de um terceiro lugar, tanto na Liga quanto no mundial. Está no limite técnico.

  • Berlusconi

    Eu fico é admirado com o blogueiro “esquecendo” o que a Itália fez no mundial. Um regulamento absurdo, que favoreceu o time meia-boca italiano. Não era nem pra ter chegado nas semis. E o Brasil deu o recado e botou a Itália em seu devido lugar. OU SEJA, quem deu o troco foi o Brasil, que jogou com o regulamento feito para favorecer os próprios italianos. Mas, italiano é assim mesmo. NUNCA ESTÁ ERRADO. OS OUTROS É QUE ESTÃO. É só ver o comportamento da coxinhada paulista high society eterna emergente, que acha que tem sangue azul, mas esquece que a pobreza (de espírito) nunca saiu deles. Vem das terras pobres da Bota Antiga.

    • Daniel Bortoletto

      Nobre que não se identifica, quem faz regulamento é a FIVB, não o país-sede.

      • Berlusconi

        Como se a federação local não tivesse influência… Inclusive, naquela época, tinham os campeonatos mais fortes do mundo. A FIVB, com certeza, não ia dar moral para os italianos… #SQN

        • daniel

          Você tem razão quando critica o regulamento e aponta os verdadeiros vilões daquele Mundial. Mas perde a razão na forma de se expressar. Este é o melhor e mais sensato blog de voleibol, e essas críticas ao blogueiro não procedem. Também repudio sua crítica aos italianos, com um tom xenofóbico. De qualquer forma, a FIVB fez um regulamento lixo, com o único benefício de beneficiar de forma malandra a seleção italiana. O que o Brasil fez foi bem feito sim. Mas tenha mais respeito ao expor suas ideias.

  • Caco

    Apenas vamos saber se a Itália está entregando, se colocar os titulares contra o Brasil.
    Caso isso esteja acontecendo, isso é degradante, uma atitude pobre, que nos faz perder interesse pelo esporte.

    • lucoelho

      Ah, ela provavelmente vai dizer que colocou os titulares contra o Brasil para que estes ganhassem ritmo de jogo para a próxima fase da competição. Uma desculpa tão boa quanto a gripe do bruninho.

      Sinceramente, não é responsabilidade da Italia classificar o Brasil. Não estamos sendo prejudicados pelo regulamento – na verdade eles nos ajuda, uma vez que no grupo do Brasil somente um time fica de fora da próxima fase. Não tem o que chorar: jogamos muito mal os primeiros jogos e se ficarmos fora foi por incompetência própria mesmo.

      Como o foco é o mundial e não a liga, talvez seja melhor assim. Bernardinho vai ter tempo para colocar seus comandados para treinar saque e recepção e talvez esses fundamentos voltem a ser o que eram. Seria muito pior se o Brasil – por conta de uma atuação individual excepcional ou de uma zebra – chegasse a final e isso mascarasse as deficiências atuais.

  • Edu

    Foi a página mais negra do vólei brasileiro.Minhas diferenças com o Bernardo começaram de vez a partir daquele acontecimento.O jornalista Claúdio Abrahmo dizia que a ética das instituições é a mesma que rege a do cidadão comum.Ou seja, decência.O Brasil terá abreviado sua passagem para a fase final da liga, caso ocorra, por absoluta falta de mérito por fazê-lo.Caso isso ocorra que jogue com determinação, independente dos resultados,no confrontos finais contra a Itália .Lá, seguramente, os italianos colocarão o que tem de melhor diante da rixa declarada e exposta dos técnicos.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo