Em jogo das viradas, China deixa Brasil com vice na Copa Yeltsin



O domingo dourado do Brasil no vôlei ficou no quase na Rússia.

Depois de estar vencendo a China por 2 a 1, a Seleção femininas de Novas/B sofreu a virada na decisão da Copa Yeltsin, parciais de 37/35, 19/25, 25/27, 25/23 e 15/10.

A oposto Joycinha foi a maior pontuadora da partida ao lado da atacante chinesa Yang, com 22 pontos. As centrais Adenízia e Natália Martins também se destacaram, com 16 e 15 acertos, respectivamente.

Comandado por Claudinho Pinheiro, o time brasileiro teve uma mescla de jovens talentos com jogadoras que costumam ficar na reserva da Seleção principal. Ele manteve o time titular com Ana Tiemi, Joycinha, Priscila Daroit, Sassá, Natasha, Adenízia e a líbero Camila Brait. Claudinha, Naty Martins, Tandara e Ivna entraram durante o duelo.

Resultado à parte, o importante foi poder testar algumas jogadoras em nível internacional, aumentando o leque de opções para José Roberto Guimarães.



MaisRecentes

Vaivém: Site crava volta de Hooker ao Osasco



Continue Lendo

Brasil não toma conhecimento da Argentina



Continue Lendo

Termina a parceria campeã olímpica de Alison e Bruno Schmidt



Continue Lendo