Em grande estilo, Banana Boat/Praia Clube iguala playoff



Na abertura do playoff entre Banana Boat/Praia Clube e Sesi, o assunto mais discutido foi a levantadora. Talmo usou Carol Albuquerque no lugar de Dani Lins, surpreendeu e venceu. No segundo jogo, o tema principal pode ser o mesmo. Desta vez, a jovem Juliana Carrijo deu um show na distribuição e deixou o placar da série empatado em 1 a 1, após o 3 a 0 (26-24, 25-20 e 25-22). O tira-teima que decidirá a semifinalista acontecerá na segunda-feira, às 18h30, novamente em Uberlândia.

A boa atuação de uma levantadora, às vezes, pode ser comprovada pelo equilíbrio na pontuação das demais jogadoras do time. Na sexta-feira, as centrais Angélica e Dani Scott lideraram a pontuação do Praia, com 11 acertos cada. Cada uma recebeu 16 bolas no ataque, com a americana colocando oito no chão, uma a mais do que a companheira. Logo atrás delas na pontuação apareceram Monique e Dayse, com nove pontos, e Michelle, com oito.  Números muito próximos.

Era algo bem difícil ver algo semelhante com Herrera em quadra, por exemplo. Com essa divisão quase perfeita, o técnico Spencer Lee conseguiu superar a ausência de sua principal atacante.

A temporada mostra a evolução de Juliana. No ínício da Superliga, a levantadora Camila Torquete era a capitã do time de Uberlândia, que ainda contratou a experiente Camila Adão. E a titular não se abalou com a concorrência e faz uma Superliga de afirmação no cenário nacional. Olho na garota!

Pelo lado do Sesi, Tandara fez 15 pontos. A jogadora deu um susto no segundo set, após ter uma queda de pressão. Ficou um tempo fora, voltou no terceiro, mas sem a mesma força no ataque.

No outro jogo de sexta, nenhuma surpresa. Sollys/Nestlé 3 a 0 na Usimimas/Minas, carimbando o passaporte para a semi. Com exceção do segundo set, o único que foi equilibrado, domínio total das paulistas.

Sheilla e Jaqueline foram bem no ataque e terminaram com 17 pontos cada. A ponta, porém, teve um aproveitamento bem melhor: 56% x 42%.

O Minas, surpresa na temporada passada, fica nas quartas, algo já “previsto” pelo tamanho do investimento. Nos bastidores, comenta-se uma mudança de patamar para a próxima temporada. A fanática torcida mineira merece,

O time de Luizomar de Moura agora espera o vencedor da série entre Amil Vôlei x Pinheiros.



MaisRecentes

Atuação ruim tira Brasil da final da Copa Pan-Americana



Continue Lendo

Vôlei Renata anuncia novidades para a temporada



Continue Lendo

Jaqueline anuncia aposentadoria da Seleção



Continue Lendo