“É uma aposta. Vem pra brigar”, diz Zé Roberto sobre Fernandinha



No programa Arena SporTV, o técnico José Roberto Guimarães falou sobre a convocação de Fernandinha, maior surpresa na lista para Grand Prix e Pré-Olímpico.

– Fernandinha não é alta. tem 1,73m, mas é muito veloz de perna e tem precisão nas mãos. Apesar de ser baixa, tem duas qualidades – disse o comandante da Seleção, que enalteceu também a experiência internacional de Fernandinha, principalmente pelo Busto Arsizio, da Itália, para justificar a presença na lista divulgada ontem.

Na Seleção, ela disputa lugar com Fabíola e Dani Lins.

– É uma aposta. Vem pra brigar

Zé também confirmou que tentou fazer Walewska mudar de ideia para convocá-la novamente para a Seleção. Mas ela, que se aposentou da Amarelinha após o título olímpico em Pequim, não aceitou.



  • Rafa

    Fernandinha e Fabíola pra mim seria q dupla perfeita pra posição. Simplesmente porque acho que Dani Lins não tem a ousadia necessária pra posição. Já Fernandinha além de ousada, é experiente. E Fabíola fez uma temporada de tirar o chapéu. Estou muito confiante com a seleção pra esse ano!

  • lucas

    Pelo menos agora sabemos que ZRG soube da superliga espetacular da Walewska e quis trazer ela de volta… pena ela não ter aceitado. Continua sendo de longe a melhor meio-de-rede do Brasil na atualidade.

  • Vilma

    Olá Daniel, gostaria de saber de acordo com a FIVB para o gran prix tb poderia inscrever 25 jogadoras o zé não vai fazer isso ou não vai valer pra esse ano. Vc ja me respondeu uma vez mas esqueci pra olimpiadas são 14 ou 16 jogadoras. Desde de já agradeço.

    • Daniel Bortoletto

      normalmente são inscritas 20 no GP. Em breve o site da FIVB publicará todas as listas
      na olimpíada são 14

      • Vilma

        Obrigada, Daniel

  • Fabiano

    Waleswska está correta. Aposentou-se da seleção no maior feito do voleibol feminino. Obvio que ela faz falta em qualquer time do mundo, mas sabe das limitações do atual time.

    Qto a Fernandinha, sinceramente tenho minhas dúvidas qto a escolha da mesma para as Olimpíadas. Acho que vem somente para a fase de preparação e devido ao apelo “popular” dos amantes do voleibol. As duas levantadoras quase que com 99% de chances de ir a Londres serão Fabíola e Dani Lins.

  • Mauricio

    Me parece que o ZRG quer de volta o jogo veloz da nossa seleção. A Walewska seria ideal, mas é uma escolha que só cabe a ela.

    Se nos anos 1990 a gente chorava por centrais mais altas, com mais de 1,90 e que tivessem físico contra as cubanas, hoje nos falta levantadora e ponteira-passadora!!!

    Será que a CBV investiu tanto em meios-de-rede altas, na formação de base, e se esqueceram das outras posições??

    Que venha Fernandinha para mexer nesse grupo.

  • TIGRAO

    Daniel que tal uma materia sobre o nosso campeonissimo VOLEI DE PRAIA?
    1.Se o RIO DE JANEIRO sera sede OLIMPICA, possui belissimas praias , onde a maioria das duplas treinam, pq o circuito MUNDIAL esta sendo em BRASILIA???
    2.A dupla mais GATA DO CIRCUITO, as fenomenais italianas CICOLARI e MENEGATTI acabaram de derrotar as campeas mundiais JULIANA e LARISSA em BRASILIA!!!
    3.Quero ver uma final BRASILxITALIA.
    Sou brasileiro, mas sou fanatico por essas italianas lindas e seu estilo de jogo quente!!!

    • TIGRAO

      Em relacao a FERNANDINHA, que seja muito bem vinda, talento e bom, a gente gosta e a selecao precisa. A dupla p olimpica deve ser FERNANDINHA e FABIOLA, duas levantadoras de talento e personalidade. FERNANDINHA tem uma enorme experiencia internacional com as melhores jogadoras do mundo e nos melhores campeonatos do mundo, que vai ser muito util na seleçao brasileira. Basta de DANI LINS e ANA TIEMI> inseguranca em pessoa!

    • Danilo

      Qual o problema de ser em Brasília??Grandes jogadores de vôlei sairam daqui.
      O público sempre lota os jogos independente de quem joga, o principal esporte em Brasília é vôlei.

  • klaus

    Daniel, como fica a questão da regra que impediria o Zé Roberto de dirigir um time feminino no Brasil?Acho essa regra muito ruim e não vejo em que ela seria prejudicial aos outros times.

    • Daniel Bortoletto

      não é regra. é um acordo

  • Danilo

    Walewska jogou muito esse ano, se a Thaísa sair do meu Osasco tem que ir atras dela de qualquer jeito.
    Daniel, há chance da Sheilla aparecer no Osasco para o lugar da Hooker??
    Abs

  • susana

    Daniel, não entendo esse ranking, se o Osasco conseguisse a Sheilla, como há especulações, teria que se desfazer de quantas jogadoras? Se ela entrasse no time do Osasco, do jeito que está no lugar da Hooker , que tem propostas impensáveis na realidade do voley brasileiro, o Sollys ficaria muitíssimo forte para a próxima superliga.

    • Eduardo Araujo

      Eu também não entendo esse ranking não, eu acho que deveria ser assim, toda jogadora de seleção tinha que ter pontuação maxima, assim não poderiam jogar juntas e seria quase impossivel eu acho de formar seleções como aconteceu esse ano com o Sollys tinha 6 jogadoras da seleção e mais uma americana.

      O campeonato seria mais disputados, se elas estivessem espalhadas nos times, claro que entra o problema do salário também, mas ficaria mais legal a SL.

  • farael casta

    bortoletto porfavor me fale onde a minha deusa MARI vai jogar!!!

    • Daniel Bortoletto

      ainda não sei

    • mari diva

      Zoropa, Campinas ou VF.

  • Luciano

    Bem que eu falei, a convocação da Fernandinha para a seleção tem tudo a ver para ela ser a levantadora do Amil/Campinas. Se o técnico for Zé Roberto e está convocando ela para a seleção, ela será jogadora dele também no Clube.

MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo