E também foi um jogaço em Uberlândia!



A segunda-feira foi ideal para quem gosta de um ótimo jogo de vôlei. Depois do clássico dos clássicos, em Osasco (leia mais aqui – Vôlei Nestlé x Rexona-Ades), Dentil/Praia Clube e Camponesa/Minas fizeram mais um duelo empolgante em Uberlândia.

E o time da casa, para delírio do torcedor local, venceu de virada o principal rival por 3 a 2, parciais de 22-25, 25-15, 21-25, 25-22 e 15-12.

Foi a sexta vitória da equipe comandada por Ricardo Picinin sobre o Minas em seis jogos na temporada. Agora, o time do Triângulo terá a chance de se classificar para uma inédita decisão de Superliga já no sábado, caso vença em Belo Horizonte. Para o time da capital será preciso vencer para forçar um confronto final novamente em Uberlândia.

Deu Praia na abertura dos playoffs (Divulgação CBV)

Deu Praia na abertura dos playoffs (Divulgação CBV)

Claudinha foi eleita a melhor em quadra. Mas gostaria de destacar a atuação da ponta Michelle. Além de virar bolas importantes a partir do quarto set, ela realizou várias defesas e teve passagens decisivas pelo saque. Em um time que costuma ter Alix e Ramirez como protagonistas, Michelle foi a surpresa agradável do Praia.

Pelo lado do Minas, Mari Paraíba começou de forma arrasadora, fazendo nove pontos apenas no primeiro set. Mas um fundamento que oscilou bastante acabou pesando no decorrer do jogo: o passe. Para piorar, a líbero Léia, que vinha fazendo uma excelente partida principalmente na defesa, sentiu um problema muscular na coxa e saiu de quadra numa cadeira de rodas, no terceiro set. E um desfalque como esse faz diferença em uma série de playoff tão equilibrada e que vai ser decidida nos detalhes.

 



MaisRecentes

Passe virou a dor de cabeça do Brasil



Continue Lendo

O vice deixou algumas boas notícias para o Brasil



Continue Lendo

Coluna: Significados da volta de Sheilla e Fabiana



Continue Lendo