E quase deu São Bernardo. Banco salvou o Sesi



O São Bernardo, sétimo colocado na fase de classificação da Superliga masculina, poderia ter protagonizado, neste domingo, a única zebra da primeira rodada dos playoffs.

Jogando fora de casa contra o poderoso e milionário Sesi, o time do ABC teve chances para fechar a partida em 3 a 0. Faltou manter o ritmo no fim do segundo set, quando já tinha 1 a 0 e vencia até o 18º ponto (na terceira parcial, fez 21 a 12). Mas faltou acreditar? Talvez. Faltou capricho do levantador Rodrigo no 2º set. No tie-break, faltou Leozão, grande nome da partida até então, que sentiu cãimbras e precisou deixar o jogo. Os tais detalhes em um confronto decisivo.

Pelo lado do Sesi, sobraram opções no banco para mudar o rumo do jogo. Thiaguinho foi importante para a virada no segundo set. Rogério e Mão entraram bem no quarto. O central marcou quatro pontos (dos sete) em bloqueio. O ponta anotou dez, sete deles no ataque.

E assim Lucão e Murilo, titulares não apenas no Sesi, mas também na Seleção Brasileira, viram do banco de reservas a virada. E com números impressionantes, que sinceramente raras vezes vi na vida. O central fez um ponto, de bloqueio, no primeiro set. E mais nada. Já o ponta, que vem da delicada cirurgia no ombro, zerou.

Para azar do São Bernardo (Peu merece aplausos pelo trabalho feito), dúvido que eles façam outra partida deste nível. E, assim, o Sesi, aliviado, deve confirmar sua vaga na semifinal.



  • Jairo(RJ)

    Uma pena, que ninguém do São Bernardo tenha ouvido no segundo set quando teve pedido de tempo do Sesi alguém gritando: “Isso é playoff, p….!!!

    Pena também o Leozão não ter aguentado, pois era o desafogo do Rodrigo. Faltou ao time acreditar que era possível hoje, bater o todo poderoso Sesi, mas sem banco não há como encarar um virada.

    Bom jogo.

    Daniel, alguma definição sobre o encerramento de projeto do RJ?

  • giorgio

    Boa noite Daniel!!! Desculpa minha ignorância,srsrsr!!!

    Me explica um dado técnico por favor!!!

    Cada equipo pode ter o elenco todo em um total de 32 pontos correto?

    Como o time inteiro do Sesi tem 32 pontos, sendo que Lucão,Sidão,Murilo cada um tem 21 pontos?

    Obrigado

    • Daniel Bortoletto

      existem jogadores formados em casa que não pontuam, repatriados do exterior… é uma conta não tão simples quanto somar o número que aparece no ranking

    • Iuri

      Repatriado conta como 0 (caso do Sidão e do Murilo) até que o jogador saia do time que o repatriou.

  • Bruno

    O Murilo vem jogando assim um bom tempo, e ainda é selecionável. não só ele como a turma da panela que nada vem jogando, há bom tempo, como Thiago Alves e cia…muda Brasil

  • Aline

    Daniel, na verdade não acredito que foi o banco que salvou o SESI. A contusão de LEOZÃO no quarto set(câimbras por excesso de esforço) foi que salvou o SESI.
    Não tenho dúvidas que se LEOZÃO não saísse do jogo o São Bernardo sairia vencedor.
    Leozão teve uma atuação heróica, se esforçou tanto que a musculatura sobrecarregada não aguentou.
    Mesmo saindo no quarto set, LEOZÃO terminou como maior pontuador da partida, até então ele estava sendo o melhor jogador da partida, sacando e atacando muito, além de ajudar no bloqueio e na defesa.
    Foi realmente uma pena para o São Bernardo, depois de vencer o terceiro set por 21×12, se não fosse a ausência de LEOZÃO, tinha tudo para vencer o SESI…
    Por outro lado, Renan Buatti é uma ÁGUA DE SALSICHA, quem salvou o SESI no quarto e no quinto sets foram LUCARELLI no ataque e o líbero SERGINHO com suas defesas espetaculares, esses sim são craques de bola!
    Serginho mereceu muito o VIVAVÔLEI, mesmo aposentado da seleção ainda é o melhor líbero do Brasil, que diferença do mascarado Mário Jr.!

    • newton carvalho

      Água de Salsicha foi demais! Mas ironias à parte, me dá um misto de raiva e ao mesmo tempo tristeza ver a forma como esse rapaz ataca! Parece que não consegue sair do chão! Giba, quando estava bem fisicamente atacava mais alto. Já li em outros lugares que o rapaz começou a ser mal trabalhado desde a categoria de base. Ele, canhoto, foi deslocado para ser central. Central canhoto, no mundo do vôlei, é um aborto da natureza. Mas enfim… uma pena

  • Luciano

    O meu ponto de vista talvez seja diferente para tal situação:

    Faltou coragem para vencer o SESI hj, faltou psicológico, pois era para ser 3 X 0 e com certeza derrubar um gigante e não matar é pedir para morrer em seguida.
    Outra pessoa comentou em uma passagem sobre o feminino e reparei nesse jogo, começar perdendo e com uma diferença grande o set no masculino, dificilmente o time se recupera.
    Esse jogo serve para o SESI chegar a final, pois todos amarelam para ele, até o CRUZEIRO em uma final.

    • Vivi

      O cruzeiro amarelou tanto que foi campeão da Copa Brasil em cima do Sesi.

      • João Paulo

        Acho que o Luciano está falando da final da SL 2010/2011, quando o Cruzeiro perdeu para o Sesi no Mineirinho. Mas não acho que tenha amarelado. Apenas o time do Cruzeiro não era tão bom quanto hoje, e o Sesi era superior.

        • Luciano

          Sim estou falando da Super Liga, porém no jogo da Copa Brasil, qualquer um poderia ter ganho aquele jogo, pois tiveram oportunidades mútuas..

  • Marcelo

    Alguem tem duvidas de Bruno no sesi na,proxima temporada? Lucao sem Bruninho é menos de um lcentral comum.

  • Osmar Cordeiro

    Parabéns ao São Bernardo Vôlei , com um investimento modesto revelando bons jogadores , um time muito consciente enfrentando de igual pra igual contra o Sesi . A equipe complicou muito jogos contra os grandes . Transformou este duelo num dos melhores dos play offs até agora com o Canoas e Campinas .

  • Aline

    Concordo com sua observação: Rodrigo, levantador do São Bernardo estava muito tenso no final dos sets e isso se refletia na precisão dos levantamentos.
    Quero salientar que considero o Rodrigo um excelente levantador, que fez uma partida muito boa, mas deve fazer um trabalho de relaxamento para jogar mais solto nos finais dos sets. Mas imagino a pressão que ele estava sofrendo, afinal de contas a partida era de mata-mata, eliminatória…
    Agora fiquei realmente impressionada com a vontade, dedicação e a fome de vitória do gigante Leozão.
    Nascido em Umuarama-PR, Leonardo Litwinczuk Alves é descendente de poloneses e em quadra lembra o estilo russo de jogar voleibol, bola de segurança em momentos decisivos, frieza e mão-pesada. Leozão estava sendo a “Tandara” do São Bernardo, antes de ter problemas musculares no quarto set.
    Tomara que na próxima partida Leozão esteja bem fisicamente para novamente fazer uma bela atuação.
    Acho que Leozão faria uma bela dupla de opostos na seleção junto com o Wallace, porque ele tem sangue nos olhos ao contrário de Vissoto e Renan que são umas moscas-mortas…
    Em contrapartida, Renan Buatti do Sesi só tem tamanho mesmo, pq se dependesse do ataque lento dele, o Sesi já era, parabéns ao Lucarelli que assumiu a tarefa de ser a bola de segurança do Sesi.

    • Fabio

      Aline,

      Perfeito o seu comentário em relação ao Renan. Só tamanho e mesmo assim só para participar no bloqueio, porque no ataque… Péssimo dos péssimos…

  • romano

    o São Bernardo jogou sério como equipe, o Sesi é um combinado de grandes jogadores, sem líder, sem espírito de equipe nem garra. o Lucão levando toco direto do Mateus e sumindo foi brincadeira, não está valendo o investimento feito. o Sandro está muito fraco, não consegue imprimir velocidade ou surpresa ao time, só faz o feijão com arroz. o levantador Rodrigo do SB deu show de distribuição, o Leozão jogou muito, assim como o líbero que defendeu demais, foi pelo menos tão bom bom quanto o Serginho. Só o Lucareli e o Evandro estavam bem, depois o mão resolveu jogar e ajudou muito. Foi legal ver o Michael sacando tão bem e jogando como oposto, ele tem muita força, mas parece que faltam golpes, como exploradas do bloqueio e outros. Parabéns ao SB pelo jogo e pela coragem, tomara que consigam pelo menos uma vitória em casa.

  • wms

    Vendo o jogo, estava me perguntando porque um time como o São Bernardo era o sétimo colocado da classificatória. Parecia meio incoerente com aquela organização eficiente do time. Mas aí veio o final do segundo set e tudo fez sentido…
    O problema físico do Leozão no quarto set foi parte do preço a se pagar pelo arrego do time no segundo set. Foi bom enquanto durou São Bernardo. Agora resta perder algumas promessas/revelações para os grandes times e recomeçar mais uma vez, como todo ano… ou fazer um milagre dessa vez.

    • Luciano

      Isso mesmo, muito bom comentário.

MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo