E olha o Vivo/Minas aí de hoje!



– Nossa equipe não era das primeiras favoritas. Ninguém apontava no Minas como um dos favoritos. Mas estamos surpreendendo somente aos de fora porque, aqui dentro, sempre trabalhamos com respeito e seriedade. Sabemos que assim vamos longe.

O desabafo acima é do levantador Marcelinho, após a vitória do Vivo/Minas sobre o Vôlei Futuro, do então líder da Superliga Masculina, em Araçatuba, por 3 a 2 (17-25, 25-21, 25-23, 24-26 e 17-15).

Realmente, a campanha mineira surpreende. 13 vitórias e cinco derrotas, na briga para ficar no G4, sempre na cola dos favoritos Sesi, Sada/Cruzeiro, Vôlei Futuro e Cimed/Sky.

No jogo de ontem, alguns números chamam a atenção. Orestes marcou oito pontos de bloqueio, apenas um a menos do que todo o time paulista. Ganhou com mérito o VivaVôlei.

O ponta Lucarelli, maior pontuador do Minas com 18 pontos, colocou no chão, 17 dos 23 ataques que tentou, um altíssimo aproveitamento de 74% em um jogo tão equilibrado. E vale comentar também o excelente momento de Marcelinho, um levantador que muita gente neste blog massacrou quando anunciado pelos mineiros.  Quietinho, o Minas vai chegando.

 

 

 

 



MaisRecentes

Sesi joga melhor, bate Sada/Cruzeiro e fatura Supercopa



Continue Lendo

Seleção do Mundial não premiou destaques da final



Continue Lendo

Título coloca a Sérvia no topo após frustração olímpica



Continue Lendo