E o Chile endureceu um jogo com o Brasil



O título acima é um daqueles que eu nunca imaginei escrever em um blog de vôlei. Ainda mais em uma partida entre seleções adultas.

Mas, nesta quinta-feira, o Chile jogou, pelo menos em dois sets, de igual para igual com o Brasil, em Maceió, pelo Sul-Americano masculino. Teve até a chance de levar a decisão para o tie-break, algo ainda mais surreal ao levar em conta que a maioria esmagadora dos jogadores chilenos atua de forma amadora.

Vou destacar uma sensata frase de Nalbert, que comentou o jogo para o SporTV, após a partida:

– Os jogadores brasileiros e a comissão técnica do Brasil devem estar constrangidos.

Bernardinho orienta o time em Maceió (Alexandre Arruda/CBV)

Bernardinho orienta o time em Maceió (Alexandre Arruda/CBV)

E deveriam mesmo.

O Wallace não jogou. O Sidão também se recupera de lesão.  O Escadinha ficou no banco. Lucão também não entrou em quadra. Lucarelli foi outro a ver o jogo do banco por opção de Bernardinho. Você poderia me apontar uma série de motivos. Mas ainda assim não é normal tal cenário contra o Chile, 30º colocado no ranking da FIVB, próximo de Marrocos, Argélia, Paraguai na lista.

Os chilenos fizeram o jogo da vida, é verdade. Defenderam demais, foram eficientes no contra-ataque em boa parte do jogo e não se intimidaram com a camisa do outro lado da rede. Possuem méritos pelo resultado e talvez nunca mais esqueçam deste dia 1 de outubro de 2015. Apesar de tudo isso o Brasil deixou muito a desejar. Entrou em quadra desconcentrado e pagou um alto preço. Errou demais em vários fundamentos. Uma atuação assustadora de quem se acostumou a vencer gigantes com autoridade, mas que atualmente sofre até com coadjuvantes do vôlei mundial.

E a preocupação não é o Sul-Americano, que fique claro. É daqui a pouco mais de 300 dias, no Rio de Janeiro.



  • Murilo

    O lado masculino da CBV, virou uma pocilga facista, bem ao estilo Bernardinho. Desde Londres q, nada mas, nada mesmo funciona no masculino.
    Todos, repito, todos os técnicos de todas as categorias são ridiculous, ultrapassados, paneleiros … se preocupam apenas como a altura do atleta e a porrada q ele dá, no ataqe.
    Acabou.
    Técnica?
    Virou palavrão ou, insulto. Só imbecíl não aceita isso.
    Preparo físico?
    Piada! Idéias ultrapassadas, métodos velhos, conceitos perdidos no tempo …
    Condição psicológica?
    Xapralá … é só liberar o sambão no ônibus e/ou no alojamento, e aqeles absurdos palavrões ditos durante as partidas q, tá valendo. Isso quando não aparecem enrolados na bandeira nacional, fazendo bizarras rodinhas prá rezas constrangedoras, inexplicáveis, indefectíveis.
    Curioso é: qdo Lucão e Sheila escrevem/falam merdas facistas em público, tanto a CBV qto o COB fazem aqele silêncio vergonhoso.
    Etc …
    Bem, os resultados falam por si.

  • Josenei Silva

    Anseio tanto pra que essa geração do Bruninho saia. Ele agora vai entortar a coluna e os ombros do Lucas Loh e do Kadu. O rapaz não conseguiu virar nada na ponta pois as bolas não chegavam corretamente. o Rapha teve que entrar para normalizar o jogo. Eu quero ver quando o Bruno vai para o banco em um jogo qualquer e quando vai ser dito que ele tá jogando mal e o time tá perdendo por causa dele.

  • Maria

    saindo de Recife agora para Maceió para prestigiar a seleção vou acompanhar as semifinais e a final no domingo o que vimos contra o Chile foi realmente desanimador mais temos que levar em conta que esse é um ano de preparação estamos longe do nível físico e técnico que com certeza estaremos o ano que vem na RIO 2016 eu confio no trabalho que esta se fazendo

  • Josenei Silva

    Anseio tanto pra que essa geração do Bruninho saia. Ele agora vai entortar a coluna e os ombros do Lucas Loh e do Kadu. O rapaz não conseguiu virar nada na ponta pois as bolas não chegavam corretamente. o Rapha teve que entrar para normalizar o jogo. Eu quero ver quando o Bruno vai para o banco em um jogo qualquer e quando vai ser dito que ele tá jogando mal e o time tá perdendo por causa dele.

  • João

    criticas, critica e criticas por acaso o Brasil não esta se preparando para as olimpíadas de que vale esse campeonato, como diz o texto muitos são os desfalques, mesmo achando que já deu para o Sidão.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo