E caiu mais um invicto na Superliga



O Vôlei Nestlé perdeu, de forma categórica, a invencibilidade na Superliga feminina, na noite desta terça-feira.

O time de Osasco foi derrotado pelo Terracap/Brasília, no Distrito Federal, por 3 sets a 0, parciais de 25-22, 25-20 e 25-23.

O resultado colocou o Brasília, comandado pelo campeão olímpico Anderson, na terceira colocação, derrubando o adversário de ontem para o quarto posto. Ambos somam 12 pontos e estão atrás do Rexona-Sesc e do Dentil/Praia Clube, líderes e invictos, com 15 pontos.

A central Vivian marcou 18 pontos (13 no ataque, 3 no bloqueio e 2 no saque). Na sequência, o jogo coletivo de Brasília apareceu: Paula Pequeno e Andreia marcaram dez pontos, enquanto Roberta e Amanda fizeram nove. Ainda assim a líbero Silvana foi eleita a melhor em quadra. Pelo lado de Osasco, nenhuma jogadora chegou aos dois dígitos de pontuação. Paula liderou o time com 9 acertos.

– Apesar da vitória por 3 a 0, sabemos das dificuldades que passamos, mas conseguimos obedecer às táticas do Anderson. O Osasco não jogou bem, mas nós conseguimos nos impor e fomos mais felizes – analisou Silvana

– Nada deu certo nesta noite. Erramos o passe, perdemos contra-ataques. Agora é colocar a cabeça no lugar – resumiu a levantadora Dani Lins do Vôlei Nestlé.

O atual vice-campeão Praia perdeu um set diante do jovem e valente Sesi, mas manteve a invencibilidade na Superliga. Com a cubana Ramirez poupada, o time mineiro teve na ponta americana Alix (22 pontos) e na central Fabiana (20) seus pontos de desequilíbrio. Lorenne anotou 17 para o Sesi. Já o Rexona teve quatro atletas com dois dígitos de pontuação na vitória em sets diretos sobre o Pinheiros: Gabi (15), Monique e Anne Buijs (12) e Carol (11).

Já o Genter/Bauru, ainda com Mari como opção no banco, passou sem sustos pelo Fluminense por 3 a 0.  Thaisinha e Bruna Honório fizeram 13 pontos cada. O time do interior paulista agora é o quinto colocado, com nove pontos. O Camponesa/Minas, sem Hooker, caiu para sexto, após perder um ponto em Santa Catarina ao vencer o Rio do Sul no tie-break. Rosamaria marcou 23 pontos.



MaisRecentes

Esperava um jogo tecnicamente melhor no Mineirinho



Continue Lendo

Reflexão sobre o momento da Seleção é necessária



Continue Lendo

O novo capítulo de uma relação conturbada entre Brait e Zé Roberto



Continue Lendo