Duas seleções seguem 100% na Liga das Nações



A primeira semana da Liga das Nações feminina terminou com duas seleções ainda invictas após três rodadas: Holanda e Turquia.

As holandesas são as únicas com pontuação máxima (nove pontos), após dois triunfos por 3 a 0 (Tailândia e Rússia) e um por 3 a 1 (Argentina).

Por mais que as russas não estejam com força máxima, o resultado da Holanda neste confronto direto deve ser comemorado, ainda mais sem a utilização da oposto Sloetjes.

As turcas, com uma das vitórias no tie-break (Estados Unidos), acabaram ficando com oito pontos, na vice-liderança.

Na sequência, um batalhão de participantes com dois triunfos e um revés até aqui na Liga das Nações: Estados Unidos, Sérvia, China, Brasil, Rússia, Coreia do Sul e Bélgica.

As americanas, com a derrota acontecendo no tie-break diante da Turquia, ficaram com sete pontos, um a mais do que sérvias, chinesas, brasileiras e russas. Coreanas e belgas, por terem precisado de cinco sets em uma das vitórias, somaram cinco pontos.

Na parte inferior da tabela, a surpresa é a renovada Itália, com apenas um ponto, na penúltima posição, após três derrotas.

Plak marcou 18 pontos na vitória da Holanda sobre a Rússia (FIVB Divulgação)

Na próxima semana, alguns bons duelos estão previsto: a Turquia receberá o Brasil em Ankara, em um confronto que pode vale a liderança geral. Outro duelo interessante será Holanda x Estados Unidos, além da reprise da final olímpica no Rio de Janeiro entre China e Sérvia.

LEIA TAMBÉM

+ Modificada, Seleção vence segundo amistoso contra a China



MaisRecentes

Veja como seriam hoje os grupos do Pré-Olímpico para Tóquio-2020



Continue Lendo

Itália, Sérvia, Holanda e China nas semifinais do Mundial



Continue Lendo

Sérvia e China mais perto das semifinais do Mundial



Continue Lendo