Dia repleto de notícias: RJX, patrocínio no vôlei de praia



O RJX apresentou o fortíssimo time bancado por Eike Batista. Marlon, Dante, Théo, Lucão, Alan, Riad… Base para brigar pelo título da Superliga. Que o investimento (pesado) seja duradouro no vôlei.

Em São Paulo, a ex-jogadora Virna anunciou o projeto de patrocínio da dupla de vôlei de praia Taiana/Vivian, além do seu projeto social, no Rio. A Hypermarcas, com o produto Cenoura & Bronze, bancará o investimento. Ela ainda sonha em tirar do papel a montagem de um time feminino de vôlei para a temporada 2012/2013.

Com o tempo escasso, vou mandar os links da cobertura do LANCENET nos eventos:

www.lancenet.com.br/mais-esportes/RJX-lancado-oficialmente-Rio_0_520748009.html

http://www.lancenet.com.br/minuto/Ex-jogadora-Virna-vira-madrinha-VivianTaiana_0_520748067.html

www.lancenet.com.br/multimidia/?vid=2c9f94b631203778013148a87dd82455&tit=V%C3%8DDEO%20Virna%20explica%20lan%C3%A7amento%20de%20projeto%20social%20no%20v%C3%B4lei



  • O RJX tem jogadores de muito potencial em TODAS AS POSIÇÕES, depois do SERGINHO, ALAN é o segundo melhor LÍBERO DO BRASIL, MARLON tem vasta experiência na seleção brasileira e THEO, ao lado de WALACE são os melhores opostos do BRASIL, mas o que mais me agradou no projeto RJX foi o investimento na DISSEMINAÇÃO DO VOLEI NAS COMUNIDADES CARENTES. Vale lembrar que WALACE, o MVP da SUPERLIGA é oriundo da comunidade da MANGUEIRA. DANIEL, Quantos WALACES não podem ser descobertos nessas comunidades?

  • Marcelo Almeida

    Investimento pesado realmente! A única coisa que tem de se reclamar é o contraste de investimentos, consequentemente o das competições, como já acontece no Feminino. Enquanto RJX, Sesi, Cimed/Sky e Volei Futuro detém, provavelmente, os maiores investimentos, outros como Londrina, São Caetano e Santo André penam para se manterém ou simplesmente acabam. A prática de investimentos por parte das empresas devem ser melhor vistas e isso só vai acontecer no dia que a CBV se mover para que os jogos passem em TV Aberta, negocie melhor outras formas de exposição dos patrocinadores e os clubes comecem a se organizar para terem vida mais longa, peitar o calendário “horroso” que temos e profissionalizar ainda mais o esporte. Infelizmente ao que parece a CBV parece ter um contrato com o “diabo” com a Globo, assim como a CBF. E outra, exposição de torcida não leva muita coisa nessa não, já que sou de Montes Claros, lotamos o Ginásio todo jogo, digo todo jogo mesmo, menor público aqui é 2 mil pagantes, média é 6 mil e mesmo assim a equipe beirou o fim por falta de patrocínio.

    • tigrao

      Marcelo vc tem razao, atitudes da CBV como nao liberar jogadoras do UNILEVER para disputar um CAMPEONATO MUNDIAL afasta muitas empresas interessadas em patrocionar o esporte, devido ao fato de nao poderem contarem com as ESTRELAS DE ALTOS SAL’ARIOS EM CAMPEONATOS IMPORTANTES COMO O MUNDIAL. Se a UNILEVER quisesse abandonar o VOLEI amanha COMO IRIAMOS REPROVA-LA??? Se eu nao pudesse contar com as minhas estrelas para disputar o mundial eu cessaria com o patrocinio do meu time de volei.

MaisRecentes

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo