Derrota surpreendente do Sesc. Bom para Sada/Cruzeiro e Sesi



Mesmo jogando em casa, o Sesc foi derrotado pelo Montes Claros por 3 sets a 1 (25-23, 18-25, 26-24 e 25-19), na noite de terça-feira, alterando o cenário pela disputa dos primeiros lugares da Superliga Cimed Masculina.

O resultado fez a equipe carioca estacionar nos 49 pontos, após 20 jogos. Segue dois atrás do Sada/Cruzeiro, que encara o Vôlei Renata, em Contagem, na próxima quarta-feira, e pode disparar na liderança. Com 46 pontos, em terceiro, o Sesi agora vê uma chance concreta (porém difícil) de buscar o segundo lugar no fim da primeira fase.

Vale lembrar que Sesc e Sesi terão um confronto direto, no Rio, na última rodada. Antes, os cariocas jogarão em Campinas contra o Vôlei Renata, enquanto os paulistas receberão o Sada/Cruzeiro.

O ponta Maurício Borges e o oposto Renan foram os maiores pontuadores do Sesc, com 15 pontos cada. O oposto Alemão fez 25 pelos Montes Claros e foi eleito o melhor em quadra. Quem também atuou bem foi o levantador Cristiano. A dupla substituiu Lorena e Sandro, respectivamente. Pelo Sesc quem atuou pouco foi o ponta João Rafael, entrando apenas no último set.

montes claros

Lance do jogo entre Sesc e Montes Claros (Erbs Jr./Divulgação)

– Viemos um pouco mais soltos para jogar, mas sabíamos que, para ganhar, teríamos que jogar muito. Nos preparamos muito forte e o Sul-Americano nos deu ritmo e confiança com os resultados positivos. Hoje, enfrentamos um time forte e a melhor maneira de respeitar uma equipe como essa é jogando ao máximo. Demos tudo que podíamos e deu certo – disse Alemão, citando a medalha de bronze no torneio continental.

O Montes Claros subiu para 16 pontos, em décimo lugar, afastando qualquer chance de rebaixamento. Com oito e sete pontos, respectivamente, Juiz de Fora e Copel Telecom/Maringá não podem mais alcançar os mineiros e estão rebaixados.



MaisRecentes

O adeus do genial genioso Ricardinho



Continue Lendo

Fernanda Tomé é novidade em nova lista para o Mundial



Continue Lendo

Vaivém: Mais uma estrangeira na próxima Superliga



Continue Lendo