Derrota para hermanos complica vida do Brasil no Mundial sub-23



A Seleção Brasileira masculina sofreu a segunda derrota no Mundial sub-23, em Dubai, nos Emirados Árabes.

Nesta sexta-feira, o revés aconteceu diante da arquirrival Argentina, no tie-break, parciais de 25-18, 25-18, 31-33, 23-25 e 15-13. E olha que o Brasil esteve à frente na última parcial até o 12 a 10…

O oposto Alan marcou 22 pontos, dois a mais do que o ponta Douglas Souza. Pelo lado argentino, o oposto Koukartsev anotou 34.

O resultado deixa o Brasil com sete pontos, na terceira posição. Os líderes são Rússia e Turquia, com 10. Os hermanos estão em quarto, com seis.

Amanhã, na última rodada da primeira fase, a Seleção irá encarar a Turquia, precisando de vitória por 3 a 0 para somar três pontos e avançar nos critérios de desempate (o primeiro deles é o set average). Atualmente, a Seleção tem nove sets vendidos e sete perdidos. Iria a 12/7. Os turcos estão agora com 11/4 e iriam para 11/7, ficando atrás do Brasil. Para eles basta vencer uma parcial.



MaisRecentes

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo

As duas formas de ver o novo Sesi



Continue Lendo