Definida a fase final do Grand Prix



Vejam só vocês.

A badalada Rússia entrou na terceira semana do Grand Prix invicta e à frente do Brasil. As duas potências, pela lógica da capacidade técnica, cairiam na mesma chave na fase final em Macau. Algo já comentado aqui antes: injusto, já que a outra chave beneficiaria a China, dona da casa.

Então a Rússia perde para a Coreia, ganha apenas no tie-break da Sérvia e leva uma lavada do Japão por 3 a 0, com Gamova & Cia. em quadra, e cai para o terceiro lugar, atrás dos Estados Unidos.

Assim, a chave brasileira (que a FIVB não nos surpreenda com alguma novidade) na próxima fase terá EUA, Itália e Japão. A Rússia, por sua vez, pegará China, Sérvia e Tailândia.

Pela lógica (ela novamente), será muito difícil Brasil e Rússia não avançarem à semifinal. Seriam duas zebraças. Mas é mais possível que elas se cruzem na disputa por vaga na decisão. E aí vocês podem chamar, sim, de final antecipada.

Deixarei minha aposta para os próximos dias, quando lançarei o bolão das finais.



MaisRecentes

Coluna: Temos de falar sobre Douglas Souza



Continue Lendo

Atualização do ranking mundial mostra caminhos do Brasil para Tóquio-2020



Continue Lendo

Douglas Souza desbanca Lipe e Tandara na escolha do melhor do ano



Continue Lendo