Definição do playoff da Superliga feminina



Molico/Osasco (1º) x Brasília Vôlei (8º)

Vôlei Amil (2º) x São Cristóvão/São Caetano (7º)

Unilever (3º) x Pinheiros (6º)

Sesi (4º) x Banana Boat/Praia Clube (5º)

Serão bem interessantes os playoffs. Não apenas nas quartas de final, mas principalmente no emparceiramento para a semifinal. Vejamos:

Nas quartas, creio que apenas Molico/Nestlé e Vôlei Amil não irão sofrer. Os demais duelos tendem a ser bem mais duros e, assim, mais imprevisíveis.

A Unilever segue com problemas sérios no passe. Na sexta, contra o Molico/Osasco, sem Fabi, poupada, ficou claro que Gabi e Mihajlovic não conseguem estabilizar a recepção a ponto de fazer a levantadora (Roberta ou Fofão) ter tranquilidade na distribuição. E isso pode deixar o confronto com o Pinheiros ainda mais equilibrado. O time liderado por Andreia já mostrou que pode incomodar os grandes.

Se eu fosse escrever este post semanas atrás, diria que o Sesi atropelaria o Banana Boat/Praia Clube. Hoje já não tenho esta certeza. As paulistas seguem muito bem após o título sul-americano, mas as mineiras reagiram. E têm, no elenco, força suficiente para transformar este duelo no melhor das quartas. Promessa de jogos muito equilibrados.

Se a lógica das posições for mantida, teremos Molico x Sesi e Vôlei Amil x Unilever. Mas isso merece um outro post…

 



  • iuri

    Com a contusão da Tandara, a final será Rio x Osasco. Pinheiros só vai incomodar um pouco o Rio nas quartas, mas não tem cacife pra vencer 2 jogos. A camisa vai pesar como sempre. E o Amil sem Tandara não vence o Rio por nada nesse mundo. Aliás, Amil sem Tandara corre riscos sérios até contra o São Caetano. Final previsível, como foi a Superliga inteira, infelizmente. Muita falação, muitos times “bons”, mas no fim das contas: nada muda.

  • Carlos Monteiro

    Daniel, lembrando que o SESI está muito bem depois do Sulamericano de Clubes.
    Também acredito que o jogo mais equilibrado será entre Sesi x Praia. Se o Pinheiros entrar confiante pode sim prejudicar o Unilever em algum jogo e quem sabe levar a disputa pro 3° jogo. Amil e Molico devem passar folgados.

    • Daniel Bortoletto

      verdade. vou corrigir lá.
      valeu

  • Saulo Osasco

    Concordo plenamente com voce, Daniel.
    So pra resultado o Molico/Nestle igualando o recorde que é da propria Nestle (Leite Moça). Que marca vitoriosa espero que continue apoiando o esporte, ja que algumas empresas estao saindo.

  • Rodrigo

    Olha Daniel, não acho q o Molico e o Amil terão facilidades contra Brasilia e São Caetano. O Brasilia pq tem Paula Pequeno que costuma crescer em decisões, já o outro confroto, se a Tandara tiver mesmo lesionada… vamos ver como o Amil vai se virar pois a Tandara joga praticamente sozinha, não é por mera coincidência ser a maior pontuadora!!
    O Unilever é uma incógnita, podemos esperar tudo, se acertar e disputar o título ou até mesmo ter a proeza de ficar nas quartas já q o Pinheiros não tá pra brincadeira. Agr Sesi-SP e Banana Boat/Praia Clube vai ser o jogão das quartas, com as paulistas tendo um leve favoritismo, já que as mineiras melhoram bastante!!

    • Edu

      O grande vólei da Paula se encerrou no retorno de Pequim , onde foi considerada ,com o maior mérito e justiça a maior jogadora de vólei feminino das olimpíadas.Depois,por razões físicas(problema cronico de joelho) e técnico teve uma queda vertiginosa amargando banco e bufando inconformada na campanha de Londres.No ultimo ciclo olímpico participou mais por experiencia e seu histórico.Teve passagem apagadissima pela Turquia onde amargou banco e departamento médico.Ao retornar para o Brasil tentou se alocar nas equipes de ponta e recebeu respeitosa recusa.Razão pela qual se engajou na formação do Brasilia que conta como patrocinador principal uma entidade de dinheiro publico.Para variar.Nas estatísticas da liga desse ano encabeça performance bastante mediana na posição.Mas esta na lista das melhores jogadoras da história do vólei brasileiro.Hoje em atividade, não mais.

  • Paulo

    Gabi entrou muito bem ontem, pena não ter o mesmo marketing da xará da Unilever.

    Sobre as semis, Molico e SESI tem tudo para ser um bom jogo, já Unilever e Amil, caso a Tandara não jogue, é vitória certa para o time carioca.

  • RLima

    Dr. Senise, o Sr. já sabe com quantas papeletas amarelas o ” framengo ” pagou pelo suicidio da Lu$a…

    promotor, promotor…

  • Edu

    Poderia se falar dos erros grosseiros da arbitragem que por pouco não conduziu
    vitória da Unilever no primeiro set.Na soberba do assistente técnico do Bernardo ao proclamar a covardia no saque da Adenizia, que realmente não vive fase boa.fase.A eficiência e grande jogo de Thaisa,Sanja Fabiola, Brait, Sheila e Gabi que deu conta muito bem do recado.As lagrimas comoventes de Juciely e a incógnita dos erros certeiros de saque de Sarah Pavin e o destino do seu jogo:principal responsável pelo titulo da virada da superliga para o Unilever em 2013.E o espanto de como um dos maiores orçamentos do vôlei feminino não ter libero reserva e a necessidade em colocar uma atacante de oficio,de bom passe,mas sem dna defensivo para a posição.Mas o que realmente me causou surpresa foi como o Sportv com o Odinei, Sergio Mauricio e o Jader a disposição deixa na mão do Antero Neto fazer uma narração tão despreparada e atrapalhada.

    • Paulo

      É claro que a Unilever tem líbero reserva, o problema é que a Juliana está voltando de lesão e o Bernardo decidiu não arriscar.

      • César Castro

        Não vi nada de menos na narração do Antero Neto, meu caro.
        Se não dermos espaço para os novos narradores, não despontarão novos talentos.

        • Edu

          Prezado sr., a narração do Antero, na minha opinião, foi grotesca.Ele simplesmente falhou , no inicio da partida e frequência no transcorrer dela a identificação das jogadoras que pontuavam e que participavam do jogo.Sendo corrigido de forma oportuna e continua pelo Marcos Freitas com um constrangedor “me desculpe, mas…”Pode ser que tenha sobrado para ele na última hora, pois ele e o Marcos Freitas fizeram a partida no ginásio, e a razão de não escalarem os profissionais mais entrosados com a liga como os que citei .O Sportv anda optando por fazer alguns jogos em estúdio na narração e posição de comentarista prejudicando até mesmo a aferição e confirmação precisa do placar O que não fazia na temporada passada.Que me lembre.Não sabia da contusão da libero reserva.Só confirma a importância absoluta da aparentemente eterna Fabi e como a maioria das equipes de elite preferem investir nos medalhões e deixar a base para os clubes considerados esportivos de finalidade mais recreativa.

  • Osmar Cordeiro

    As duas melhores equipes atualmente são Molico e Sesi , o Molico sem comentários calou a minha desconfiança no inicio da temporada e o Sesi ressurgiu e se encaixou , além disto contará com a presença das jogadoras que estavam machucadas . O Amil é um incógnita qdo acha que vai não vai e vice versa , a Unilever apesar dos trancos e barrancos conseguiu se manter em terceiro , algumas jogadoras não estão aparecendo tanto como no ano passado , não pode desconfiar da equipe até pq devem está com o sangue nos olhos para o retorno mas agora se for o Unilever da temporada deve ficar de fora da final . Das demais equipes o Praia e o Pinheiros podem complicar seus adversários provocando o 3º coisa que não aconteceu no masculino , o Praia não sei se a Kim está na melhor condição física , Mari deve ser mais utilizada já que a Herrera se machucou , o Pinheiros esse sempre complica , a equipe do Wagão sempre bem , São Caetano precisa melhorar o passe , é uma equipe que dificulta a vida das outras equipes tbem e o Brasília tem a experiência . Na minha opinião passa Molico , Amil , Unilever e Sesi .

  • Danyllow

    Olá, sinceramente não acredito mais em favorito. Tudo pode acontecer, “Todos” acham que o Unilever não passe, mas, quer saber eu não duvido nada que algo imprevisível ocorra. E lembrem-se as atletas tratam os playoffs como outro campeonato, então novamente ” Tudo pode acontecer”.
    bjus

  • Aline

    Amil sem Tandara nao vai a lugar nenhum! Se a contusao de Tandara for realmente grave e provocar seu afastamento da equipe, ja era pro Amil!
    E uma pena o classico SadaCruzeiro x VivoMinas ser na SEMIFINAL, pela grande rivalidade entre essas 2 grandes equipes, o confroto sera uma verdadeira final antecipada… Enfim, estou um pouco decepcionada pois queria ver esse classico na garande final!!!

    Foi um SUICIDIO a Unilever enfrentar o Molico sem a libero Fabi. A central Valeskinha,improvisada, ate q se esforcou bastante,porem esta longe de ter o grande potencial defensivo e a seguranca no passe da Fabi. Alem disso, Mihaijlovic foi mais cacada do q nunca pelo saque do Molico, dificultando muito o levantamento.
    Juciely chorou ao final da partida, mas claro pois o passe da Unilever foi mesmo de chorar, com isso Juciely foi subutilizada. A Unilever nao pode jogar sem Juciely no ataque, e para isso e imprecindivel q Fabi esteja em quadra.
    Herrera ja esta com artroscopia marcada e nao joga mais nessa Superliga e provavelmente o Praia nao renove seu contrato. Herrera se contundiu em 2012 e o Praia, mesmo assim renovou c/ela e bancou toda sua recuperacao, contudo Herrera pouco pode contribuir p/o time. Por sinal, essa posicao de ponteira-passadora estaa muito problematica para o Prai, ja que 3 jogadoras da mesma funcao passaram por graves contusoes seguidas de longos afastamentos: Mari, Kim Glass e Herrera.
    Mari vem aos poucos melhorando e mostrando evolucao e assumiu a posicao de titular que no inicio da Superliga foi de Kim Glass e depois de Herrera…
    Parece q agora, no final da fase de classificacao, o Praia, enfim, tem um time titular definido com Monique, Ju Carrijo, Michele, Mari, Mayhara, Natalia e Tassia.
    O Praia investiu pesado nas contratacoes, a central Natalia e a libero justificaram muito o investimento e vem rendendo bastante, e Mari esta melhor a cada partida. Creio q nas quartas-de-final o time vai estar melhor q na fase de classificacao e fara um belo confronto com o Sesi.

  • Aline

    A verdade eh q no volei feminino literalmente “TUDO PODE ACONTECER” devido ao fator PSICOLOGICO EXTREMAMENTE INSTAVEL FEMININO q muitas vezes se sobrepoe ao FATOR TECNICO. Alguns exemplos recentes:
    1.Diefernca entre o primeiro e o segundo turno do Campeao Sulamericano Sesi;
    2.O fatidico 24×19 BrasilxRussia;
    3.Em Londres o Brasil ficou com a ultima vagaz da fase de classificacao ainda com ajuda dos EUA e terminou Campeao Olimpico
    4. Polonia sequer se classificou para o Mundial 2014, apesar de contar com a base BICAMPEA europeia com Malgorzata Glinka e Katarzyna Skowronska.
    Isso dentre muitos outros exemplos. No volei feminino e muito mais facil DESANDAR A MAIONESE q no masculino e resultados surpreendentes acontecerem.

  • Em Relação ao Osasco, sinceramente, depois de tantos jogos, Percebo que das estrangeiras a Sanja foi a que mais evoluiu, não tá comprometendo no passe, no jogo contra o Amil e o Unilever segurou o passe mais que a Bosetti. Olha, vou te falar que, vi que a Bosetti ganhou do time do Brasil no mundial juvenil e jogou muito, colocou todas do Brasil no Bolso, mas agora, desde o começo da temporada, nunca vi ela melhor que a Gabi, a Gabi do Osasco está no mesmo patamar dela, saque consciente, passe e no ataque consegue levar menos tocos, a Bosetti leva muito toco, sério. Admiro o jogo dela, mas a Bosetti precisa evoluir muito, espero que o Osasco renove com a Sanja, para ter a Sanja e a Jaqueline como dupla de ponteiras.

  • Rodrigo

    Pelo o que tenho visto dos jogos o Unilever vai ter muuuuuuito trabalho mesmo com o Pinheiros e acredito sim na eliminação do time carioca. Elas estão muito instáveis e completamente desorientadas. Mesmo se a Fofão voltar ela não terá ritmo suficiente e nem condicionamento físico pra ficar correndo atrás das bolas por conta do péssimo passe do seu time. Acredito no Pinheiros!!! Agora, como todos disseram, Amil sem Tandara é outro time. Mas não podemos desmerecer a Kristin e a Gataz, sem contar na Natalia que é supercompetente. Não terão problemas com o São Caetano e darão sim muito trabalho nas semis. Que por sinal é a maior incógnita do campeonato (SESI ???? ) (PRAIA ???). Estou apostando muito numa semi completamente diferente dos últimos anos. Osasco X Praia. Amil x Pinheiros. E na final entre Osasco x Amil (espero que com a Tandara para ficar mais emocionante.

MaisRecentes

Agora líbero, Murilo volta a ser relacionado após 8 meses



Continue Lendo

E vem mais um Zenit Kazan x Sada/Cruzeiro por aí!



Continue Lendo

Após virada incrível no 3º set, Minas avança na Copa



Continue Lendo