Decepção em parte de BH



A sonhada vaga no Mundial de Clubes escapou mais uma vez da mão do Vivo/Minas.

Pelo segundo ano consecutivo, o time mineiro decepcionou sua fanática torcida. Na noite de sábado, perdeu para os argentinos da UPCN, no tie-break, na semifinal e terá de se contentar com a disputa do terceiro lugar com o Boca Juniors.

Pouco para quem organizou o evento. Se tivesse vencido, já teria carimbado o passaporte para a principal competição de clubes do calendário da FIVB, pois o Sada/Cruzeiro, atual campeão do mundo e organizador do próximo, é o outro finalista. Este, por sua vez, com autoridade, fez 3 a 0 no Boca e conseguiu a incrível marca de 14 finais em 14 torneios disputados. Números pra lá de expressivos.

Na final deste domingo, com transmissão do SporTV, o Sada/Cruzeiro é favorito. A UPCN, atual campeã sul-americana, é mais fraca em relação à temporada passada. Conta com o oposto Theo, o romeno Olteanu, mas a ausência de Bengolea pesa.  E o time argentino já fez sua parte, que era garantir um lugar, pelo segundo ano seguido, no Mundial.



  • klaus

    Fiquei bastante decepcionado com o Minas, principalmente no 3º set quando o time ganhava de 19×16 e com erros sucessivos de passe do Maurício o time acabou cedendo pontos sucessivos ao adversário.O bloqueio do Minas foi explorado o jogo inteiro e não conseguiu mudar esse panorama.A frustração fica pelo fato do Minas ser muito mais time e mesmo assim não ter vencido.Daniel, existe a possibilidade de um outro time brasileiro ser convidado para o Mundial?

    • Daniel Bortoletto

      como já disse sobre o feminino, sempre há chance, ainda mais quando critérios políticos são usados

      • ana maria

        Não gosto desses critérios políticos. Se o Minas quer ser uma equipe de nível internacional tem que jogar como uma. É simples assim! É a segunda chance que vem de bandeja e não foi aproveitada.

  • Luciano

    Como eu já disse, o Maurício é um jogador feito pela mídia e não responde em quadra. O sesi não daria chance a ele, ou melhor o técnico percebeu que teria problemas no passe. O Murilo operado é melhor que ele inteiro.. heheheh

  • ana maria

    Eta tristeza! Põe tristeza nisso! Mas a gente tem que conformar. Apesar da luta de alguns jogadores, a equipe não tem força pra segurar e olha que até teve chance de fechar o jogo em 3 x 1. Mas, superior no saque e bloqueio, o UPCN venceu novamente. Não sei o que acontece com o Minas pois esse time que jogou ontem é diferente do que jogou em 2013 contra o UPCN. Mas a mentalidade me parece a mesma. No ano passado tinha até Lucarelli e o Maurício (central e ótimo bloqueador). Eu comentei que havia lições a serem aprendidas e, me parece, elas não foram. Eu sigo resignada na torcida!

MaisRecentes

A dor de Gabi e de quem estava ao lado



Continue Lendo

Duas gratas surpresas na Superliga



Continue Lendo

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo