De 3 a 2 em 3 a 2, o Brasil enche o papo



Daqui a pouco vou começar a reaproveitar posts anteriores para falar dos jogos da Seleção Brasileira feminina na Copa do Mundo.

Nesta madrugada, mais uma vitória por 3 sets a 2, desta vez sobre a China, parciais de 25-23, 25-27, 21-25, 25-20 e 17-15, com erros bem conhecidos nesta instável campanha verde-amarela, mas também com a virtude de encontrar forças para conseguir uma reviravolta no placar.

Comemoram-se a virada e o quinto triunfo seguido, mas lamenta-se a perda de um ponto, já que três pontos na classificação são somados apenas em 3 x 0 ou 3 x 1. E do jeito que a briga pelas vagas olímpicas está equilibrada qualquer pontinho pode fazer falta lá na frente (bati na madeira três vezes). Um aspecto que explica a situação é o Brasil seguir atrás da China na classificação após a rodada.

O gesto da capitã Fabiana, ao fim do duelo, resume bem quem foi a melhor em quadra. A central foi eleita, mas entregou o prêmio simbólico para Sassá, que entrou no quarto set no lugar de Mari e deu a estabilidade que o passe brasileiro precisava.

Entre as maiores pontuadoras, Paula anotou 21 pontos, dois a mais do que Fabiana (sete deles no bloqueio) e três à frente de Sheilla.

Menção honrosa também para a entrada de Camila Brait para sacar e fazer o fundo de quadra. No tie-break, o placar chegou a mostrar três pontos de desvantagem para o Brasil (8  a 11). Naquele momento, a líbero teve importante participação para a virada.

Agora, o Brasil terá a líder invicta Itália pela frente. Se quiser sonhar com um fim de ano agradável, precisa vencer, de preferência, sem tie-break. A Azzurra tem 17 pontos, dois a mais do que os Estados Unidos. Na sequência, Alemanha tem 14, China, 13, e o Brasil aparece com 12.

O jogo será um divisor de águas pela vaga olímpica.

 



  • Paula

    Foi no tie break, mas desta vez enfrentamos um grande adversário. Essa vitória, mesmo sofrida, me dá mais confiança de que pelo menos a vaga olímpica o Brasil conquista. Só que gostaria de ver a Paula eleita como a melhor em quadra hoje. Os belos ataques, os bloqueios e defesas dela fazem diferença. Além, é claro, do principal que é a vibração, o grito de alegria a cada ponto conquistado. Vai Brasil!!! Eu acredito!

  • Mauricio

    Mais uma vez, digo: UFA!!!

    Ou o Brasil está realmente mal ou as outras seleções que gostam de jogar contra o Brasil. Qual o segredo?

    PP4 jogou o que não tem jogado há anos e + anos! POtência, velocidade e garra. Será que foi a Fabíola que conseguiu dar volume de jogo à ponteira?

    E a Sassá? Com esse problemão de recepção e problemas da Jaqueline, estará a Sassá ocupando, cada vez mais, o seu espaço no grupo? Pô, foi lindo vê-la chorar após ser homenageada pela equipe. Foi um choro nao apenas por causa do nervosismo do jogo. Acredito que tinha um desabafo ali ao receber o mascote da competição pelas mãos da capitã Fabizona.

    Uma coisa é perceptível: Brasil tá gostando de ser um reclamão com os árbitros e de comemoração ostensiva, quando o jogo aperta. Cada encarada e provocação que a PP4 fez para a Zwang.

    Vamos que a vaga vai ser no sofrimento…

  • Jairo (RJ)

    Paula Pequeno foi o nome do jogo. Afinal o que acontece com o Brasil? Sou hipertenso, caramba!!! (hehehehe)
    Mas se pensamos em cíclo olímpico, ZRG vai ter de rever muita coisa. Ainda bem que existem peças de reposição. Além lembra quantas trocas de jogadoras a China fez no jogo? Quantas vezes ela enfrentaram bloqueio? Quantas bolas caídas nas largadas? A linha de passe e o levantamento parecem ser os pontos mais vulneráveis no Brasil. Agora vamos que vamos encarar a desacreditada Itália. Esse jogo e também contra o Japão serão dos divisores de água.

  • Fernando Adilio

    Se ZRG colocasse sempre Fabíola desde o começo teríamos vitórias mais fáceis.
    Hoje o jogo engrossou não porque o Brasil deixou, mas sim pq a China cresceu.
    Estamos ganhando apenas 2 pontos pq ZRG demora pra fazer alteração.
    Jogadora que não passa e não pontua, não deve ficar em quadra. NUNCA!!!
    Se Sassá tivesse entrado no início do 3º set, teríamos vencido por 3×1
    Agora, acheu muita sacanagem a Paula Pequeno não ganhar o MVP da partida. Foi de longe a melhor jogadora. Sacou bem, passou e defendeu muito bem, bloqueou bem e no ataque… não precisa nem comentar.
    Quem acha que ela deve aposentar, fica aqui um: CALA A BOCA!!!!

  • Ana

    Análises, críticas, sugestões, elogios, pontos de vista…? BLOG!

    Isso aí tudo eu vi no jogo.

    Paula perfeita. Jogo memorável; Sheilla melhorou MUITO. Fez sua melhor partida na temporada; Fabi continua fraca demais no passe; centrais na média. nem boas nem ruins; Fabíola bem. Pode melhorar mas foi muito bem; Mari sofrível. Precisa de uma sessão de descarrego urgente. E Zé Roberto melhorou. Fez uma boa inversão, usou a Brait… Aos trancos e barrancos as coisas vão melhorando.

  • Vitor

    Esse sim foi um 3×2 que deve ser comemorado. Foi mais uma vez um jogo de altos e baixos da seleção brasileira, principalmente por parte de Fabíola e Sheilla, que quando estavam bem faziam o Brasil abrir no placar até com facilidade, mas a partida foi contra uma grande equipe. O jogo delas é muito veloz e realmente difícil de ser marcado. A levantadora Wei vem substituindo a altura a grande levantadora Feng. Wei fez uma grande distribuição (todas as jogadoras de ataque marcaram pelo menos 14 pontos na partida) e dificultou ao máximo a leitura do Brasil. O bloqueio brasileiro esteve bem. Os 7 pontos da Fabiana foram realmente impressionantes. E mais do que os incríveis 19 pontos diretos, as bolas chinesas foram amortecidas com frequência durante a partida. A defesa deixou a desejar, principalmente por parte da Fabi, que mais uma vez fez uma péssima partida sendo ofuscada pela Camila Brait novamente.

    O destaque individual fica por parte da Paula, que deu um show a parte. Atacou o que podia e o que não podia no jogo de hoje. Foi a ‘leoa’ que nos acostumamos a ver até 2008 e que andava sumida. E é sempre bom ver a Paula motivada assim, porque ela contagia a todos. Pula, grita, devolve provocação, se joga no chão.. Enfim, é bonito de ver.

    Agora, é um absurdo uma vitória contra a China valer o mesmo que uma vitória contra a Coréia. Mas também não dá pra jogar no regulamento a culpa pela situação difícil do Brasil na tabela. Mas, na minha opinião, esse sistema de pontuação desvaloriza os grandes jogos.

  • Felipe hiego

    Que Brasil é esse veii ? se eu que naum sou hipertenso quase infarto imaginee que tem esse problema !

  • daniel

    e agoraa kd o povoq falava mal da PAULA ,,oq estao pensandoo,, estao tds caladoss…nao estao questionando o ela mais,,.. agora é a vez da MARI né..agora chegoua vez dela ser julgadaaa..aff….. OLHA ACHOQ INVEZ DE CRITICAR,, FALAR COISAS AQUI,, PODERIAM PENSAR EM FAZER COMENTARIOS DE BOA SORTE.. DE COISAS POSITIVASS. Q QUEM REALMENETE CURTE VOLEI FEMININO,, NAO DESANMA ACREDITAA E DA E MANDA ENERGIAS POSITIVAS A ELASS,, ISSO Q TERIA Q FAZER MANDAR MENS DE APOIOO.. E NAO SÓ CRITICARR. E SIM INCENTIVAR,,, pois nao deve ser facil estar longe de casa da familia e de filhos..PRA PODER DAR ALEGRIA AOS BRASILEIROS…GRATO..

    • Afonso (RJ)

      Daniel: teu portugês pode não ser perfeito, mas suas opiniões são (perfeitas). Melhor assim. Parabéns. Concordo plenamente com você.

      • Daniel Bortoletto

        já que a pressa é realmente inimiga da perfeição, fui reler o post e achei alguns deslizes. Que o professor Pasquale e o dicionário Aurélio me perdoem!

        • Ismael

          Acho que ele falou do outro Daniel !!!

        • Joao Paulo

          Acho que ele estava falando do comentário do outro Daniel…rs

        • Afonso (RJ)

          Daniel (Bortoletto): eu estava me referindo ao outro Daniel.

          • Daniel Bortoletto

            hahaha… serviu pra mim… achei erros no meu texto

    • emanuella

      você falou um monte de asneira da Fernanda Venturine e agora quer que o povo respeite a Mari e reze por ela enquanto ela está jogando mal e finja que nada disso esta acontecendo??? muita cara de pau.

  • Léo

    E eu que achava que a SASSÁ era só a sacadora oficial de seleção hein?!
    Tá jogando pra caramba, até mais que a Mari.

  • graça

    O gesto da capitã FABIANA de repassar o prêmio de MVP da partida para a SASSÁ e de toda equipe homenagear a SASSÁ, que culminou nas emocionantes lágrimas dessa guerreira injustiçada, que sempre entra na fogueira e sempre dá conta do recado, para consertar a lambança que MARI faz. O grupo deixou claro com esta atitude, que não tolera mais ter uma MOSCA-MORTA em quadra, apática, que parece uma morta-viva, não vibra e não ajuda o time, ao contrário só dá prejuízo com sua extrema inabilidade de passar, deixa as levantadoras loucas sem opcao de ataque, deixa as centrais fora-de-jogo, deixa as líberos sobrecarregadas. Isso quando a equipe não leva bolada na lata quando o passe vai direto pro outro lado e o time adversario agradece com um coice. A equipe deixou um recado bem claro: SASSÁ: bem vinda, MARI: ADEUS!!!

    • Afonso (RJ)

      Meu Deus, quanto ódio!!!
      Lembra quando chamaram a Mari de “amarelona” depois de Atenas e ela esfregou na cara dos seus detratores o “amarelo” olímpico quatro anos depois?
      Você tem todo direito a opinar, mas eu também tenho o direito de discordar, e achar seu comentário no mínimo preconceituoso, sempre tentando usar a Mari como bode expiatório para os maus desempenhos da seleção. De onde vem tanto ódio, tanto despeito, a ponto de destilar tanto veneno contra ela a cada comentário?

      • Joao Paulo

        Afonso, não dê nem atenção para o que essa Graça ai fala… Se você procurar, certamente ela falou que a Mari é máximo em um comentário da semana passada… Ela é assim, nunca fala nada com nada!

        • Afonso (RJ)

          Obrigado pela dica, João Paulo. Acho que você tem razão, e o melhor é ignorar. Chego mesmo à conclusão que nem vale à pena.

      • Gustavo

        apartir do momento q se tem a Mari em quadra o brasil precisar jogar por dois, ela sempre sera cassada na saque e isso vem nos prejudicando muito.. ela adiciona pontos no ataque e diminui pontos na recepçao

        • graça

          Gustavo vc disse tudo, as outras jogadoras já estão de saco cheio, não suportam mais ter que ficar consertando a duras penas as cagadas da MARI, o time todo se esforça p/ conquistar o ponto e ela naquela apatia toda, nao vibra, nao tem energia e nem é humilde para assumir o erro… Nao foi à toa que a FABIANA deu um premio de MVP para a Sassá… Essa atitude foi um recado da equipe que não tolera mais ter uma ZUMBI escalada por um técnico LENTO DE RACIOCINIO como titular. Se o Brasil ainda consegue vencer os jogos aos trancos e barrancos, é devido a entrada de FABIOLA e SASSÁ, pq se DANI LINS e MARI jogassem a partida inteira o Brasil teria perdido p/ Alemanha, Korea, China e Sérvia. Não é à toa que Taisa e Sassá choraram no final das partidas, jogar tendo que desfazer as lambanças da MARI não é p/ qualquer um não.

  • Afonso (RJ)

    Já se tornou patente para a maioria, através de comentários em off, alguns desabafos de atletas, insinuações de jornalistas e, porque não, fofocas com algum fundo de verdade, que a seleção tem problemas internos. E esses problemas estão afetando o desempenho da equipe, com mais de uma atleta rendendo abaixo do habitual.

    Sem querer comparar as duas línguas, uma grande vantagem que o português tem sobre o inglês é a existência dos verbos ser e estar. Como todos sabemos, o primeiro significando permanência e o segundo transitoriedade. Nossos amigos de fala anglosaxã não dispõem de tal facilidade, condensando ambas as insâncias num só verbo – to be.

    No caso específico da Mari, não paira a menor dúvida sobre sua qualidade como atleta. Prova disso foi a sua participação decisiva na conquista do ouro olímpico. Mari É uma jogadora espetacular, imprescindível para qualquer seleção do mundo.

    Diferentemente de muitos que parece que só conhecem o verbo “to be”, com sua intrínseca conotação de permanência, creio que a Mari ESTÁ jogando aquém do seu verdadeiro potencial. Aparentemente é uma das que mais está tendo dificuldades dentro do grupo, o que ESTÁ claramente prejudicando o seu rendimento.

    Vejo na atitude do Zé Roberto em mantê-la como titular, uma louvável tentativa de recuperá-la, mas também tenho de concordar quando ele a substitui quando a situação assim o exige. Com isso realmente o rendimento da equipe tem melhorado.

    Com mais um ponto perdido nessa competição, dessa vez para a China, vejo distanciar-se um pouco mais a possibilidade da conquista da vaga olímpica, se bem que ainda não esteja definitivamente perdida. Mas na verdade, minha preocupação mais urgente deixou de ser com essa competição, e passou a centrar-se na recuperação desse grupo, que já de inúmeras provas de ser um grupo vencedor.

    Torço, e torço muito, no momento não mais por resultados imediatos, mas para que essas meninas, que considero maravilhosas, superem seus problemas e reencontrem a felicidade dentro e fora de quadra. Só assim os resultados virão e elas nos encherão ainda mais de alegria e orgulho.

    PS: E deixarão de quase nos matar de infarto a cada madrugada. 🙂

    • Jairo (RJ)

      Afonso, na sua opinião o que falta ao Brasil nesse momento?
      Qual atleta além das que estão no Japão pode ser o diferencial, quando falamos de Londres?
      Abs

      • Afonso (RJ)

        Honestamente, acho que o que falta é o grupo resolver/ultrapassar seus problemas internos. Desse grupo, acho que quem mais pode ser o diferencial seriam a Sheilla e Thaísa, vindo a Natália logo atrás, mas isso é “futurologia”, ciência que eu não gosto muito de praticar (vide minha contumaz ausência nos “bolões”).

    • Raimundo

      Não acho que a Mari seja uma jodadora imprescindivel, já postei um comentario da Mari, que tecnicamente ela é assim.
      Nas olimpidas foi feito um esforço conjunto para ajudar a Mari. Passados alguns anos e tecnicamente ela não melhorou. Qual sentimento dos outros atletas?
      Na volta ao Brasil a comissão tecnica terá que usar o verbo to be. Pois há muito tempo para as olimpiadas.

  • graça

    Os numeros nao mentem! Aproveitamento da SASSÁ: 55% no ataque e 66% no passe e MARI: ataque SOMENTE 19% e passe 31%, de novo a pior em quadra e sempre titular, ABSURDO! Assim como Zé insistiu com DANI LINS de titular, fica insistindo com a MARI. Tá na cara pq o grupo esta´desmotivado: ninguem mais aguenta jogar com esse trio: MARI, DANI LINS E ZÉ ROBERTO tem que sair o quanto antes da seleção. Basta a Sassá entrar no lugar da MARI que o semblante das jogadoras já muda, todo mundo fica mais animado, porque Sassá se multiplica dentro de quadra, defende muito, passa na mão e ainda saca e ataca com mais eficiencia. A diferença entre Sassá e Mari está principalmente na atitude! Fora: MARI, ZÉ ROBERTO e DANI LINS!

    • Joao Paulo

      FORA GRAÇA!!!!

    • Rafael

      Seu aproveitamento tb tá despencando graça. Só bola fora!!!
      Mudando de assunto. Acho q se a Garay não tivesse se machucado, a história poderia ser outra… Ela, Natália e Jaqueline tão fazendo falta! Nesta partida, um parabéns especial a Paula, Fabiana, Fabiola, Sassa e Brait!!!

  • Gustavo

    Eh visivel o desgaste de algumas jogadoras.

    O ze deveria comecar, com tandara no lugar de sheila e so no final caso precise, substituiria..
    dani lins no lugar de fabiola (errou pacas hj)
    e camila brait no lugar de fabi q ta errando muito..

    • Rafael

      Surtou Gustavo? Viu o mesmo jogo q eu? Desculpe falar assim, mas uma levantadora pra ser boa necessita ser precisa OU fintar bem o bloqueio. Uma levantadora fora de serie combina as duas habilidades, mas isso é para poucas.
      Pessoalmente, prefiro a jogadora q finta o bloqueio pois deixa os atacantes em bloqueios simples ou quebrados. Esta vem sendo a vantagem da Fabiola: ta deixando as atacantes na moral, ainda q em uma bola não mto precisa! Reveja o tie break e verá Paula, Fabiana e Sheila tomando bloqueio simples e isso é mérito do bloqueio. A nossa levantadora fez o papel dela! A Fabiola ESTÁ mto bem e deve seguir como titular nos campeonatos. Ela é como aquele time italiano, é jogueira!!!

  • emanuella

    a Mari esta mal e isso é real, não vejo nenhum problema em critica-la por isso, é uma das melhores jogadoras do Brasil, mas está péssima nesse torneio, e se falamos mal de umas porque a Mari tem que ser poupada?
    Pela frieza da Mari nunca pensei que ela deixaria tanto os problemas pessoais interferir no jogo dela. mas a culpa não é os outros, o que acontece é que ela esta mal e pronto, acho ridículo gente culpando até a Fabiana pela má fase da Mari.

  • Márcio Tame

    Não tinha visto os outros jogos da China, mas pela campanha, ela não vinha apresentando um jogo consistente, é um time bem novo e falha em momentos decisivos. O Brasil continua apresentando muita falha na recepção, a Fabi não dá volume de jogo e a Mari parece um pouco fora das suas melhores formas, o passe dela já era deficiente, agora o ataque ta falho também! Sheila melhorou muito coma entrada da Fabíola. PP4 foi a melhor do jogo, suas bolas precisam de velocidade e a Dani Lins não estava acertando. Contra a Italia talvez a Sassá deva começar jogando já q a Camila não conseguirá barrar a Fabi! Muitos questionavam a Jaqueline no ataque mas ela era fundamental no fundo de quadra. Tanto que muitos consideravam a linha de passar do Osasco a melhor do mundo (Camila-Jaque-Sassá). Temos duas delas, é só optar por coloca-las!!!

  • Felipe Hiego

    O que Ta matando o time do Brasil é a recepção #Fato

  • graça

    A melhor partida do CAMPEONATO nao será transmitida pela GLOBO!!! Quem não tiver TV por assinatura não poderá ver o BRASIL enfrentar a equipe mais técnica do MUNDO: ITALIA… Ainda teve gente que malhou a RECORD, independente de tudo a RECORD transmitiu na TV ABERTA todas as partidas do BRASIL!!! A GLOBO só transmite se a for no meio da MADRUGADA àS 04:00h, porque nos outros horários tudo é mais interessante que VOLEI, segundo a GLOBO! Um confronto BRASIL x ITALIA é imperdível, ainda mais com a ITALIA renovada com as irmãs BOSSETTI e COSTAGRANDE dando SHOW! Adoraria ver o duelo de duas ponteiras raçudas e vibrantes: PAULA X COSTAGRANDE. Mas pasmem: enquanto PAULA e COSTAGRANDE estiverem duelando em quadra, a GLOBO transmitirá aquela insonsa comédia pastelão “MACHO MAN”, que por sinal é de muito mau-gosto, e depois o JORNAL DA GLOBO, com as mesmas notícias repetidas do JORNAL HOJE e do JORNAL NACIONAL…. Bem vinda RECORD, já estou com saudades … Que a RECORD compre mesmo o direito de transmição de tudo, pq ela transmite de verdade… A GLOBO comprou os direitos da COPA DO MUNDO, p/ não deixar ninguém transmitir, mas ela mesmo não transmite nada. Se a COPA DO MUNDO fosse de FUTEBOL, A GLOBO deixaria de transmitir BRASIL X ITALIA???

  • Graca

    A ITALIA foi muito bem taticamente: simplesmente nao deixou o Brasil jogar! As meios italianas sao impressionantes: muito velozes, praticamente impossiveis de serem marcadas. O trio: ARRIGHETTI, GIOLI e LO BIANCO dominaram o jogo. Com passe na mao LO BIANCO jogava sempre com muita velocidade, com passe fora da mao a categoria das versateis ponteiras italianas: COSTAGRANDE, BOSETI e DEL CORE prevaleceu. Alem disso, a ITALIA foi bem mais efetiva no bloqueio que o Brasil, a melhor bloqueadora brasileira foi FABIOLA. O esquema bloqueio/defesa italiano funcionou muito bem: As bolas brasileiras dificilmente caiam. Todas as italianas estavam sacando muito bem, porem ARRIGHETTI com um estilo de SAQUE muito EXCENTRICO dificultou enormemente a recepcao brasileira, facilitando a retomada de bola italiana, ja’ LUCIA BOSETI com um estilo mais forcado terminou com 2 aces. LO BIANCO abusou do grande potencial de ataque de suas jogadoras e brincou com o bloqueio brasileiro, foi eleita MVP da partida. Enfim, nem tem como falar muito do Brasil, os erros de sempre, mas dessa vez encontrou um time em que a camisa nao pesou, pois ao contrario das SERVIAS, ALEMAS, COREANAS e CHINESAS, as ITALIANAS nao respeitaram o OURO OLIMPICO brasileiro e em nenhum momento tiveram medo de vencer, ao contrario sequer deixaram o Brasil jogar. O que falar do teimoso Ze’ Roberto? Depois de Sassa’ salvar a patria nas ultimas Partidas, o premio que o Ze’ da’ a ela e’ voltar ao banco de reservas, ele insiste com MARI novamente de titular e p/ variar ela nao faz nada, mas so’ que dessa vez a lentidao de Ze’ Roberto custou a derrota! A selecao na verdade deu foi muita sorte ate’ agora no campeonato, pois poderia estar numa situacao muito mais delicada, nao fosse as vitorias aos trancos e barrancos. Enquanto a ITALIA estava ligada a 220 volts, o BRASIL sofria principalmente do APAGAO de seu tecnico, totalmente perdido no banco de reservas, que com sua enorme LENTIDAO nao soube sair da armadilha que BARBOLINI preparou.

    • Afonso (RJ)

      Graça: Faz um favor para a gente: SE MUDA PARA A ITÁLIA…

      • Georgea

        Graça você está com toda a razão. Abraços.

  • Graca

    Procura-se um tecnico com urgencia! O maior culpado de tudo e’ ZE’ROBERTO. A COPA DO MUNDO e’ o torneio mais dificil do voleibol, a regra e’ muito simples, todos contra todos, vence o melhor. E’ muito mais dificil vencer uma COPA DO MUNDO do que uma OLIMPIADA. Na OLIMPIADA depende muito da sorte dos cruzamentos e tem como FUGIR DE AVERSARIOS, alem disso e’ mata-mata e o campeao e’ decidido em apenas um jogo. Ja’ na COPA DO MUNDO nao existe ZEBRA, ganha a equipe melhor TECNICA,FISICA E PSICOLOGICAMENTE, ou seja, a COPA DO MUNDO define quem e’ realmente a melhor do mundo.
    Ze’ nao pode continuar a frente da seleca: sao varias sequencias de erros de planejamento,convocacao, escalacao, substituicao etc… Errou ao desgastar a selecao as vesperas da COPA DO MUNDO, priorizando o PAN, por causa de uma revanche pessoal contra as cubanas que ganharam das brasileiras no RIO o PAN DE 2007. Perdeu Jaqueline com essa vinganca egoista e so’ serviu para cnasar as atletas. E’ teimoso: varias vezes FABIOLA conquistou a titularidade em quadra e ele insiste na LINS, MARI e’ a pior jogadora em rendimento desde da primeira partida contra os EUA e sempre comeca como titular, pq nao comecar com Sassa’ ou ate’ mesmo Tandara? Demora muito a substituir, ou substitui na hora errada, e’ lento, fica com o semblante perdido na beira da quadra, nao passa confianca p/as jogadoras, e’ inseguro e nao tem pulso suficiente para mudar atitudes durante a partida. E’ teimoso ao estremo, tem Venturini a disposicao e nao vai convoca-la? E’ egoista e vingativo, com essa BIRRA de revanche contra CUBA no PAN, evitou que SOLYS/OSASCO ou ate’ mesmo UNILEVER fosse campeao MUNDIAL…. Ele nao sabe administrar EGOS INFLADOS, esta’ acontecendo no FEMININO pos OURO/2008, o mesmo q aconteceu com o masculino pos OURO/1992: a selecao esta’ com problemas dentro e fora de quadra que o ZE’ nao sabe resolver! Digo e repito ta’ na hora do Ze’ dar lugar a outro!

    • Rafael B.

      Desta vez estou tão pessimista quanto você. Quando um time “inteiro” não vai bem, o problema extra-quadra fica evidente. Acho que é papel da comissão técnica extrair o que de melhor cada jogadora tem. E ter humildade para voltar atrás é uma virtude, coisa que tá faltando a esta comissão.

      Até entendo ter levado o time pro Pan. Como atleta, preferiria estar jogando a treinando. Esta história de jogadoras cansadas não me convencem. Se não estivessem no Pan, estariam em Saquarema treinando da mesma forma e longe da família também.

      O Brasil não conta com força máxima nessa Copa do Mundo e, assim tem sido, nos campeonatos anteriores, sempre com alguém lesionado. Mas é quando não há mais solução que o impossível acontece. Tandara jogou uma temporada inteira de Superliga como Ponteira e disputou a final da Yeltsin Cup na mesma função e o ZRG demorou de arriscar quando ainda era possível. O mesmo ele fez com Adenízia! Cansamos de ver Adenízia ofuscar Thaisa em jogos da Superliga e ele parece não acreditar em seu potencial. Vimos Tandara durante todo um campeonato ser a opção ofensiva mais eficiente em um time que contava com Paula Pequeno, Fabiana e Joycinha e ninguém da comissão parece se lembrar disso!
      Vemos Camila Brait ganhar merecidamente o prêmio de Melhor Recepção na Superliga e Fabi, talvez por consolo, ganhar a melhor defesa e isso parece não ser suficiente.

      O ZRG parece ter perdido a capacidade de fazer essas meninas jogar no altíssimo nível que estamos acostumados. Criar o estigma de superatletas intocáveis deixa parte do grupo em posição cômoda! Será que ele demora a tirar um atleta por pensar em não por uma outra na fogueira??? Desse jeito, quem é titular, errando ou acertando permanecerá titular e quem é reserva entrará quando o jogo já está ganho. Se for isso, acho que tá na hora de mudar a mentalidade do grupo. De deixar todas emocionalmente prontas para entrar e ser capaz de decidir um jogo.

      Minha esperança é ver a escalação titular do jogo contra o Japão. Será que Fabiana, Mari e Fabi sairão jogando???? Tomara que as mudanças que precisam acontecer, comecem de imediato!

  • Graca

    Pessoal ja’ se foram 7 partidas, e a MARI foi a pior jogadora da selecao em “TODAS” as 7 ate’ agora! O mais INACREDITAVEL de tudo e’ que ela sempre INICIOU as 7 partidas como titular. Fico imaginando o q se deve passar na cabeca de SASSA e de TANDARA que poderiam entrar no lugar da MARI como titulares: Como pode uma jogadara pior que eu, que nao faz nada no ataque, muito menos no passe ser titular e eu(Sassa’ e Tandara) ficar esquentando banco? A TANDARA entao foi ao JAPAO so’ para assistir aos jogos? o Ze’ Roberto pouco utiliza o potencial da Tandara, nao da’ oportunidade ‘a menina de mostrar seu jogo! E na cabeca das outras jogadoras: o que MARI ta’ fazendo aqui se ela nao ajuda e tem jogadoras no banco com muita vontade e com garra para entrar? O grupo esta’ irritado e nao esta’ de acordo com esse protecionismo ABSURDO! Isso foi exposto depois da partida contra a CHINA quando a capita FABIANA deu o premio de MVP para a SASSA’ e toda equipe aprovou a legitima contribuicao da SASSA’ para a suada vitoria contra as chinesas… Sera’ que com a MARI direto em quadra o Brasil venceria a ALEMANHA, KOREA, SERVIA E CHINA? Claro que nao, pois alem de MARI ser bombardeada com os saques adversarios, no ataque pouco produzia. Mas o maior culpado de todo esse clima ruim e’ acima de tudo o tecnico Ze’ Roberto, afinal de contas e’ ele que PLANEJA, CONVOCA, ESCALA e SUBSTITUI e esta’ se equivocando sempre!

    • mari diva

      E quem te falou q o GRUPO está isso ou aquilo em relação a Mari? Vc tá dentro do grupo? Deixa de graça, Graça. Nao tem uma que não goste da Mari no grupo, apesar de ela e sheilla ainda estarem estremecidas após tudo oq aconteceu.
      O problema agora é a comissão fazer com que o time renda oq sabe q pode render. É saber q errou na programação, estudar mais, ser mais humilde ou justo ou tecnico nas convocações, escalações, etc. e acima de tudo motivar um time q pode muito bem ser bi campeao olimpico.

MaisRecentes

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo