Dante diz que confusão com Riad já foi superada



Por intermédio de sua assessoria de imprensa, o ponta Dante, do RJX, fez um balanço da temporada e explicou a confusão com o central Riad, na derrota para o Vôlei Futuro, na terceira partida da semifinal da Superliga.

Na ocasião, o ponta chamou o companheiro de moleque, ao vê-lo se dirigir para o vestiário.

– Conversamos depois do jogo e está tudo bem como sempre esteve. Conversamos dentro do grupo e esse tipo de discussão acontece, é coisa de jogo, ainda mais numa decisão. Foi um jogo muito nervoso, todo mundo estava muito tenso, concentrado e é até normal que haja esse tipo de discussão. Quando vi o Riad saindo da quadra, achei que ele estivesse largando o grupo, por causa da discussão com o Marlon, aquilo seria inadmissível. Não foi nada disso. Ele apenas foi ao vestiário e retornou. Pedi desculpas após a partida porque fiz um julgamento errado dele naquela hora, por causa da emoção, do nervosismo e do momento da partida. Fomos companheiros de quarto a temporada toda, nos conhecemos há muito tempo, somos amigos. Ficamos sob pressão o tempo todo, jogamos atrás no placar durante todo o jogo e não deixamos de lutar, de buscar a vitória. O Vôlei Futuro fez um grande jogo, venceu com méritos, mas saímos da cabeça erguida, com a certeza de que fizemos o nosso melhor. Chegamos à semifinal e mostramos que tínhamos condições de lutar pelo título também. O RJX teve um primeiro turno muito irregular, vários jogadores com problemas de lesão, nos recuperamos ao longo do campeonato e chegamos fortes aos playoffs. O campeonato foi muito equilibrado e fiquei feliz de ver a maneira como jogamos a partir do returno, vencendo jogos importantes, eliminamos os então campeões brasileiros, fomos campeões cariocas, conquistamos a torcida do Rio de Janeiro, enfim, essa primeira temporada do projeto foi muito boa.



  • Luiz

    Como eu disse antes. Passou. O Riad não pode ficar marcado por esta bobeira. E o Dante é aquilo, né: grande cara, grande jogador. Gosto muito dele.
    O que fica para mim daquele jogo foi a maneira como a equipe do RJX foi aplaudida de pé. Os jogadores do RJX fizeram questão de retribuir os aplausos. Fica como exemplo para um certo time mineiro que quando os jogos não são transmitidos fazem questão de dar dedo, e fazem e acontecem em quadra. Em especial o líbero deste time, que fez um gesto obsceno para o técnico do Vôlei Futuro e ainda disse que não foi ele, deixando o levantador de seu time levar a culpa e o cartão. Vôlei tem que ser exemplo.

MaisRecentes

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo