Crise na Itália. Zaytsev, Travica e mais dois cortados por “excessos” no Rio



Pelo jeito as belezas da Cidade Maravilhosa tiraram os italianos, finalistas a Liga Mundial, da linha neste fim de semana.

Quatro jogadores foram cortados pelo técnico Mauro Berruto da fase decisiva, que começará nesta quarta-feira, no Ginásio do Maracanãzinho.

E não estamos falando de quatro reservas. Mas sim do ponta Zaytsev, craque desta geração, do levantador e capitão Travica, além do bom oposto Sabbi e do ponta Randazzo.

Caiu a casa para Zaytsev (FIVB Divulgação)

Caiu a casa para Zaytsev (FIVB Divulgação)

Segundo a mídia italiana, o quarteto foi desligado do grupo por motivos disciplinares. Eles teriam se excedido na noite carioca no sábado, causando a revolta do técnico no domingo. Não está descartada uma punição ainda maior para os jogadores, levando em consideração a participação da Azzurra na Copa do Mundo, competição classificatória para a Rio-2016.

Três jogadores estão viajando para o Rio para substituí-los:  Davide Saitta, Iacopo Botto e Gabriele Nelli. Nem de perto possuem o mesmo nível dos titulares. Vale lembrar que a Itália está no Rio desde o início da semana passada. Como o time enfrentou o Brasil em Cuiabá, já permaneceu no país para as finais, treinando diariamente no Tijuca Tênis Clube.

Segundo o site Volleyball.it, o time titular agora deve ser formado por Giannelli, Vettori, Birarelli, Anzani, Lanza, Antonov e Colaci.

Sérvia e Polônia, rivais da Itália na busca por duas lugares nas semifinais, devem estar rindo de orelha a orelha com tais informações.



MaisRecentes

Vaivém: Oposto troca Sada/Cruzeiro por Ribeirão



Continue Lendo

Vaivém: Sesc confirma “substitutas” de Fabi



Continue Lendo

Vaivém: Leal, Solé, Grebennikov e Bartsch de casa nova



Continue Lendo